Mais
    Agora MT Política Deputado pede que Aprosoja preste contas à ALMT sobre recursos do Fethab
    R$ 100 MILHÕES

    Deputado pede que Aprosoja preste contas à ALMT sobre recursos do Fethab

    A Aprosoja teria recebido em torno de R$ 100 milhões por ano, correspondentes a 1,15% do que os produtores recolhem para o Fethab

    FONTE
    VIA

    Imagem: barranco
    O deputado Valdir Barranco quer saber detalhes sobre o destino dado pela entidade aos recursos do Fethab e do Iagro – Foto: assessoria

    O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou um requerimento na manhã desta quinta-feira (9) para que o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore, preste contas à Assembleia Legislativa (ALMT) sobre os recursos arrecadados por meio do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) nos últimos 12 meses.

    Segundo o parlamentar, a associação receberia “valores milionários” oriundos de fundos e verbas públicas. Apesar de ser uma instituição privada recebe verba do Fundo de Apoio à Cultura da Soja-FACS (atualmente IAGRO). A Aprosoja teria recebido em torno de R$ 100 milhões por ano, correspondentes a 1,15% do que os produtores recolhem para o Fethab.

    “Fomos todos surpreendidos com essa decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, com relação à essa situação. Isso é um escândalo para Mato Grosso, que está utilizando a máquina pública para recolher 1,15% do valor do Fethab e transferindo esse valor, sem qualquer explicação, para o caixa da Aprosoja”, afirmou Barranco.

    “Toda a falcatrua era feita da seguinte maneira, cada associado tem, de maneira obrigatória, o seu recurso recolhido juntamente com a guia do Fethab, mas o que o Estado nunca disse e nunca diria é que esse valor ‘à mais’ de 1,15%, que totaliza 100 milhões de reais por ano, era repassado, sem pudor nenhum, direto para a conta da Aprosoja”.

    O deputado requer ainda que a entidade informe todos os valores oriundos de recursos públicos, através de qualquer meio (repasse/convênio/parceria, etc) durante o ano de 2020 e 2021, seja Fethab, IAGRO ou qualquer outro fundo, relacionando mês a mês os valores recebidos e a base legal de ingresso do recurso público na entidade privada.

    Ainda conforme a proposta, a Aprosoja deverá informar se existe alguma prestação de contas desses valores, para qual órgão ela é apresentada e quando foi feita. Também deverá ser esclarecido qual o percentual que esses recursos públicos representam na arrecadação anual da associação ou no patrimônio dela.

    “Diante disso, os recursos de fundos instituídos por lei estadual com características de exação tributária são repassados à entidade representativa, sem a existência de mecanismos de transparência e controle do emprego desses recursos”, justificou Barranco.

     

    (com informações da Assessoria)

    Relacionadas

    Operação da PF mira ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

    O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro é um dos alvos da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (22). O ex-chefe da pasta e...

    “A pauta é a segurança, mas a reincidência passa por um contexto maior”, diz Coronel Assis, pré-candidato à federal

    Pelo União Brasil (UB), o coronel Jonildo Assis, ex-comandante da Polícia Militar de Mato Grosso, se lançou como pré-candidato a deputado federal nestas eleições....

    Após caso em hospital de Sorriso, deputada transforma rede social em canal de denúncia

    A deputada estadual Janaína Riva (MDB) abriu um canal online para colher relatos de mulheres que possam ter sido vítimas de violência obstétrica nas...

    Rodrigo da Zaeli fala em “novos horizontes” no PL e ensaia candidatura a federal nesta segunda-feira (20)

    O ex-vereador por Rondonópolis, Rodrigo Lugli, o “da Zaeli”, lança nesta segunda-feira sua pré-candidatura a deputado federal nestas eleições. O evento está marcado para...

    Proprietários de imóveis tem até dezembro de 2022 para regularizar situação na Receita e escapar do novo IPTU

    Os rondonopolitanos cujos carnês do Imposto Predial e Territoial Urbano constem como “territorial” no cadastro da Prefeitura têm até o dia dezembro deste ano...

    Wellington celebra Ferronorte e prevê lançamento com presença de ministro

    O senador da República, Wellington Fagundes (PL), confirmou à reportagem avanços na implantação da ferrovia Ferronorte, malha ferroviária que abrange a cidade de Rondonópolis,...

    Conselho da Petrobras aprova Caio Paes para a presidência da estatal

    O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta segunda-feira (27) a indicação de Caio Mário Paes de Andrade para a presidência da companhia. Na...

    Aumento do IPTU desagrada mercado imobiliário em Rondonópolis

    Uma equipe de corretores de imóveis participou de reunião na Câmara Municipal de Rondonópolis na terça-feira (21) para discutir o aumento do IPTU encaminhado...

    Se Brasil for para a esquerda, vai acabar como a Colômbia, diz Bolsonaro

    O presidente Jair Bolsonaro (PL), que disputa a reeleição ao Planalto, afirmou neste sábado (25) que, se o candidato da esquerda vencer as eleições...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas