Mais
    AgoraMT Mato Grosso Justiça Federal diz que índios devem ser consultados em Mato Grosso
    LICENCIAMENTOS

    Justiça Federal diz que índios devem ser consultados em Mato Grosso

    Decisão da Justiça Federal atende pedido feito pelo Ministério Público e visa garantir direitos dos indígenas

    Imagem: indios mt Justiça Federal diz que índios devem ser consultados em Mato Grosso
    Decisão da Justiça Federal obriga Governo do Estado a comunicar povos indígenas sobre processos novos ou em andamento – Foto: Secom/MT

    A pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal em Mato Grosso (JFMT) determinou que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema/MT) exija de todos os empreendedores a realização de consulta prévia, livre e informada com os indígenas interessados, tanto nos processos de licenciamento já existentes quanto nos que irão iniciar. O pedido faz parte da Ação Civil Pública nº 1012598-33.2021.4.01.3600.

    A exigência também deverá ser feita nos casos de recomendação ao Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) para dispensa de Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) e nos casos previstos na Ordem de Serviço nº 07, de julho de 2019, “sempre com boa-fé e segundo os protocolos de consulta dos povos respectivos, apresentando-lhes os estudos e informações técnicas suficientes para que possam expressar sua opinião, independentemente da fase do processo de demarcação do território”, ressaltou o juiz federal Hiram Armênio Xavier Pereira.

    Ordem de Serviço nº 07/2019 – De acordo com o MPF, na Ordem de Serviço nº 07, de 2019, a Sema/MT admitiu a existência jurídica do dever de realizar a consulta prévia, livre e informada nas comunidades indígenas interessadas e que serão afetadas por empreendimentos, conforme previsto no artigo 6º da Convenção nº 169 da OIT. Com a OS, a Secretaria também passou a exigir que os interessados no licenciamento ambiental de obras que venham a afetar direta ou indiretamente as terras tradicionais indígenas, ou ao longo de seu entorno em um raio de 10 km, realizassem a consulta prévia, livre e informada.

    Mas, a exigência serviria apenas aos empreendimentos que não foram dispensados de elaborar o EIA/Rima e àqueles que irão impactar apenas terras indígenas homologadas. Com isso, 21 terras indígenas, cujo processo de demarcação ainda não está concluído, serão excluídas da exigência de serem ouvidas.

    CONSEMA
    Outro fato mencionado pelo MPF no pedido feito à Justiça Federal diz respeito a Resolução Consema nº 102 de 2014, que deu a possibilidade à Sema recomendar ao Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) a dispensa de elaboração do EIA nos casos de licenciamento de atividades ou obras com baixo potencial de causar significativa degradação ambiental, para projetos públicos ou privados que incidam direta ou indiretamente em terras de ocupação indígena, com processo demarcatório concluído ou não, ou ao longo do seu entorno perimétrico num raio de 10 quilômetros de largura.

    De acordo com a manifestação do MPF no processo, “a consulta prévia, livre e informada em processos de licenciamento de empreendimentos que causam impactos socioambientais sobre comunidades indígenas, ou mesmo para a dispensa da produção de EIA/Rima, é dever do Estado e direito das comunidades afetadas, não podendo ser excluída por norma infraconstitucional ou, muito menos, por entendimento equivocado do ente licenciador”.

    O MPF também ressaltou que, tanto a resolução quanto a ordem de serviço, ao serem comparadas com o que consta na Convenção nº 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), não passarão no controle de convencionalidade, que nada mais é que a verificação da compatibilidade entre as leis de um Estado ou País com as normas dos tratados internacionais firmados e incorporados à legislação do país.

    Importantes

    MUDOU

    Presidente sancionou lei que amplia tolerância para pesagem de transporte de carga

    O presidente Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a Lei 14.229/21 que aumenta, de 10% para 12,5%, a tolerância para o excesso de peso por...
    LEI ORÇAMENTÁRIA

    Deputados federais terão até R$ 17,6 milhões para emendas, prazo começa amanhã

    A Comissão Mista de Orçamento (CMO) começará nesta segunda-feira (25) a receber emendas ao projeto de lei orçamentária para o ano que vem (PLN...
    AUMENTO

    Frio e seca deixam frutas e legumes mais caros nos supermercados

    A Apas (Associação Paulista de Supermercados) trouxe más notícias na sexta-feira (22) para os consumidores que têm o hábito de se alimentar de forma...
    CONTROLE DAS EMOÇÕES

    Confira seis dicas práticas e fáceis para combater a ansiedade

    A pandemia não alterou apenas as rotinas das pessoas no dia a dia – também interferiu de maneira decisiva, e negativa, nas suas emoções...
    CERVEJA

    Conheça a origem de uma das bebidas mais antigas do mundo

    A cerveja é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, inclusive no Brasil, país em que 68,6% de sua população consome tal...
    NA CONVENIÊNCIA

    Funcionário leva choque elétrico e perde a consciência ao fazer limpeza de freezer

    O funcionário de uma conveniência no centro de Rondonópolis foi socorrido pelo Samu na noite deste sábado (23) após levar um choque elétrico e...
    MENOR TAXA

    Rondonópolis chega a dez dias sem óbitos decorrentes da Covid-19

    Com o avanço da vacinação, Rondonópolis tem registrado cada vez menos casos de Covid-19. A notícia foi dada pelo secretário de Saúde, Vinícius Amoroso...
    SOCORRIDA PELO SAMU

    Motociclista faz cruzamento proibido e acaba ferida em batida com carro

    Um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro foi registrado neste sábado da Vila Operária. A batida foi no cruzamento da rua Claudemiro dos...
    A PARTIR DE 2022

    Áustria apresenta proposta para legalizar o suicídio assistido

    O governo austríaco apresentou neste sábado (23) sua proposta para legalizar o suicídio assistido a partir de 2022, em resposta a uma decisão judicial,...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais