Mais
    Agora MT Mato Grosso Lúdio Cabral propõe PEC para obrigar entidades do agronegócio a prestarem contas
    TRANSPARÊNCIA

    Lúdio Cabral propõe PEC para obrigar entidades do agronegócio a prestarem contas

    Deputado alega que atualmente, tributos como o Fethab são destinados a entidades privadas em Mato Grosso sem qualquer controle da aplicação do recurso

    FONTE
    VIA

    Imagem: LUDIO CABRAL
    O deputado Lúdio Cabral considera impróprio permitir que entidades privadas administrem recursos públicos sem fiscalização – Foto: assessoria da AL

    O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) apresentou ontem (15), o projeto de emenda constitucional (PEC) nº 15/21, para obrigar as entidades privadas que recebem dinheiro público em Mato Grosso a prestarem contas da aplicação desses recursos.

    Entre as entidades que atualmente não prestam contas do recurso público que recebem estão a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Instituto Mato-grossense do Agronegócio (Iagro), Instituto da Madeira de Mato Grosso (Imad), entre outros.

    “Diversas entidades do agronegócio recebem recursos de tributos como o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). As entidades privadas têm que ter transparência e mostrar como aplicam o recurso público que recebem”.

    “A prestação de contas é uma exigência que já existe na Constituição Federal, mas não existe na Constituição Estadual. Nossa PEC é para corrigir o texto da Constituição Estadual e adequá-lo ao texto da Constituição Federal”, explicou Lúdio.

    Lúdio criticou a existência de fundos privados alimentados com recursos públicos. Conforme ele é preciso dar mais transparência e avaliar a conveniência de permitir que entidades privadas controlem parcelas significativas dos recursos públicos.

    “Mato Grosso tem uma aberração que é a existência desses fundos, que são contrapartida para renúncias fiscais e são administrados por entidades privadas, são extra-orçamentários, não estão no orçamento do Estado e não seguem qualquer regra de contabilidade pública. Isso é absolutamente inconstitucional”, afirmou.

    O deputado apresentou ainda um requerimento de informações ao governador Mauro Mendes (DEM), ao secretário de Fazenda, Rogério Gallo, e ao controlador-geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, sobre as providências adotadas pelo Estado para cumprir as recomendações feitas pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em dezembro de 2018 sobre as irregularidades e ilegalidades na transferência de recursos públicos a entidades privadas e a penalização dos responsáveis.

    Relacionadas

    Total de casos de varíola dos macacos no Brasil sobe para 37

    O número de casos de varíola dos macacos (monkeypox) no Brasil chega a 37, segundo informações do Ministério da Saúde e da Secretaria de...

    O tiro no pé!

    Um outdoor chamou muito a atenção em Rondonópolis esses últimos dias. Nele, via-se uma arte dando publicidade, a quem passasse ali pela Av. Governador...

    Conheça 4 vitaminas para unhas fortes e brilhantes

    Atividades diárias como lavar as mãos, lavar louça e exposição constante a sabonetes, detergentes ou outros produtos de limpeza podem causar estragos em suas...

    Profissional da Santa Casa é escolhido o melhor do Brasil na sua área de atuação

    São 20 anos exercendo a profissão de biomedicina. Destas duas décadas, 12 anos atuando como perfusionista, área que Fábio Murilo é referência e foi...

    Com mortos e feridos, aumentam os prejuízos da invasão da Ucrânia

    Em quatro meses desde a invasão da Ucrânia pela Rússia, os dois lados perderam um grande número de soldados. No dia 11 de junho, o...

    Conselho da Petrobras aprova Caio Paes para a presidência da estatal

    O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta segunda-feira (27) a indicação de Caio Mário Paes de Andrade para a presidência da companhia. Na...

    Aprenda a fazer um suculento churrasco na air fryer

    Não se deixe enganar, um churrasco na airfryer bem-feitinho fica tão gostoso quanto um tradicional! Perfeito para quem não tem churrasqueira em casa, ele...

    Criminosos se passam por integrantes do Proerd para pedir patrocínio a empresários

    Ousados, criminosos tentaram se passar por policiais que integram o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), para pedir dinheiro a...

    Rondonópolis é apontada como uma das cinco melhores cidades de Mato Grosso para se viver

    Acolhendo cerca de 239.613 habitantes, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2021, e ocupando o segundo lugar no ranking...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas