Mais
    AgoraMT Economia Prévia da inflação tem maior alta para setembro desde 1994
    INFLAÇÃO

    Prévia da inflação tem maior alta para setembro desde 1994

    Salto de 1,14% faz IPCA-15 acumular variação superior a 10% no período entre outubro de 2020 e setembro de 2021, aponta IBGE

    A prévia da inflação de preços no Brasil saltou 1,14% em setembro. A variação é a maior para o mês desde 1994, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (24) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

    Em agosto, o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que indica os rumos da inflação oficial, havia avançado 0,89%, o que correspondeu à maior alta do indicador para o mês desde o salto de 1% apurado em 2002.

    Com a nova aceleração, o indicador acumula alta de 10,05% nos últimos 12 meses, patamar acima do teto da meta perseguida pelo governo, de 5,25%. Já em 2021, a inflação soma alta de 7,02%.

    Mais uma vez, os preços da gasolina e da energia elétrica foram aqueles que, individualmente, tiveram o maior impacto no índice, ambos com 0,17 ponto percentual. As variações fizeram com que os grupos de transportes (2,22%), alimentação e bebidas, (1,27%) e habitação (1,55%) representassem os maiores impactos no bolso das famílias no período de coleta.

    De acordo com o IBGE, a gasolina subiu 2,85% e acumula alta de 39,05% nos últimos 12 meses. Os demais combustíveis também ficaram mais caros, com destaque para o etanol (4,55%), gás veicular (2,04%) e óleo diesel (1,63%). No grupo, destaca-se ainda a alta nos preços das passagens aéreas, que subiram 28,76% em setembro, terceiro maior impacto no resultado final da prévia da inflação do mês.

    Já o grupo habitação foi puxado mais uma vez pela alta na energia elétrica (3,61%), apesar da alta em ritmo menor do que a de agosto (+5%). A nova valorização leva em conta a adoção da bandeira tarifária de Escassez Hídrica a partir de 1º de setembro, que acrescenta R$ 14,20 para os mesmos 100 kWh.

    Alimentação
    A prévia da inflação mostra ainda que a alimentação no domicílio ficou 1,51% mais cara em setembro, resultado que corresponde a uma aceleração em relação a alta de 1,29% do grupo apurada no mês de agosto.

    O principal vilão para as refeições dentro de casa foi a carne, que ficou 1,1% mais cara no período. Também subiram os preços da batata-inglesa (10,41%), do café moído (7,80%), do frango em pedaços (4,70%), das frutas (2,81%) e do leite longa vida (2,01%). Por outro lado, houve queda pelo oitavo mês consecutivo nos preços do arroz (-1,03%) e pelo sexto mês consecutivo nos preços da cebola (-7,51%).

    Já no campo da alimentação fora do domicílio, a alta foi de 0,69%. Enquanto a refeição subiu 1,31%, frente à alta de 0,1% registrada em agosto, o lanche registrou ficou 0,46% mais barato, após disparada de 0,75% no mês anterior.

    Importantes

    BOLETIM

    Mato Grosso tem 436 novas confirmações de casos de Covid-19 nas últimas 24h

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.10), 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    AFASTADO DO CARGO

    Oposição articula comissão que pode resultar em cassação de Emanuel

    Vereadores de oposição na Câmara de Cuiabá já articulam a apresentação de um pedido de abertura de comissão processante contra o prefeito afastado da...
    ESTAVA DISTRAÍDA

    Mãe com bebê no colo despenca em bueiro enquanto fala ao celular

    Uma mãe com um bebê no colo despencou em um bueiro enquanto conversava ao celular. O incidente foi registrado por uma câmera de vigilância...
    COVID-19

    Mato Grosso registra menor taxa de internação em UTIs desde maio de 2020

    O Painel Interativo Covid-19 nº 589, divulgado nesta segunda-feira (18) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), registra a menor taxa de internação em...
    IMAGEM IMPRESSIONANTE

    Avião cai no Texas e todos os 21 ocupantes sobrevivem

    Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira (19) ao decolar perto de Houston, no Texas, e todos os passageiros e a...
    “ATRAPALHOU INVESTIGAÇÕES”

    Chefe de gabinete de Emanuel pede prisão domiciliar; desembargador analisará

    Alvo da operação Capistrum, deflagrada na manhã desta terça-feira (19), o advogado e chefe de gabinete da prefeitura de Cuiabá, Antônio Monreal Neto, pediu...
    PRESO EM OPERAÇÃO

    “Braço-direito” de Emanuel impediu servidores de prestarem informações ao MPE

    A prisão do chefe de gabinete do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o advogado Antônio Monreal Neto, ocorreu em razão de tentativas de atrapalhar às...
    56 MEDALHAS

    Brasil é campeão sul-americano de atletismo sub-23 com ajuda de mato-grossenses

    O campeonato Sul-Americanos Sub-23, realizado em Guayaquil, Equador, dias 16 e 17 de outubro, destacou a hegemonia do Brasil na competição. A seleção canarinho...
    ILEGALIDADE NO “PRÊMIO SAÚDE”

    Justiça sequestra R$ 16 milhões em bens de Emanuel, Marcia Pinheiro e mais 3

    Na decisão em que afastou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), do cargo, a Justiça ainda determinou o sequestro de bens no valor...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais