Mais
    AgoraMT Economia Receita libera consulta a último lote de restituição do IR 2021
    IMPOSTO

    Receita libera consulta a último lote de restituição do IR 2021

    A partir de outubro, só serão liberados pagamentos da malha fina

    O contribuinte que entregou a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 (ano-base 2020) poderá saber, a partir das 10h de hoje (23), se acertou as contas com o Leão. A Receita Federal liberará a consulta ao último dos cinco lotes de restituição deste ano.

    Ao todo, 358.162 contribuintes receberão R$ 562 milhões. Além dos contribuintes que entregaram a declaração no prazo, até 31 de maio, a Receita pagará restituição aos que entregaram a declaração com atraso, até 15 de setembro, e não caíram na malha fina.

    O restante tem prioridade legal, sendo 4.955 contribuintes idosos acima de 80 anos, 47.465 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.927 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 19.211 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

    A partir do próximo mês, o Fisco só liberará as restituições a contribuintes que tenham caído na malha fina em 2021 ou em anos anteriores e tenham retificado a declaração, corrigindo inconsistências ou erros de informação.

    O dinheiro será pago em 30 de setembro. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Consultar Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

    A consulta no site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

    Calendário
    Inicialmente prevista para terminar em 30 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi encerrado em 31 de maio por causa da segunda onda da pandemia de covid-19. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

    A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

    Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

    Importantes

    BOLETIM

    Mato Grosso tem 436 novas confirmações de casos de Covid-19 nas últimas 24h

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.10), 543.838 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    AFASTADO DO CARGO

    Oposição articula comissão que pode resultar em cassação de Emanuel

    Vereadores de oposição na Câmara de Cuiabá já articulam a apresentação de um pedido de abertura de comissão processante contra o prefeito afastado da...
    ESTAVA DISTRAÍDA

    Mãe com bebê no colo despenca em bueiro enquanto fala ao celular

    Uma mãe com um bebê no colo despencou em um bueiro enquanto conversava ao celular. O incidente foi registrado por uma câmera de vigilância...
    COVID-19

    Mato Grosso registra menor taxa de internação em UTIs desde maio de 2020

    O Painel Interativo Covid-19 nº 589, divulgado nesta segunda-feira (18) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), registra a menor taxa de internação em...
    IMAGEM IMPRESSIONANTE

    Avião cai no Texas e todos os 21 ocupantes sobrevivem

    Um avião com 21 pessoas a bordo caiu nesta terça-feira (19) ao decolar perto de Houston, no Texas, e todos os passageiros e a...
    “ATRAPALHOU INVESTIGAÇÕES”

    Chefe de gabinete de Emanuel pede prisão domiciliar; desembargador analisará

    Alvo da operação Capistrum, deflagrada na manhã desta terça-feira (19), o advogado e chefe de gabinete da prefeitura de Cuiabá, Antônio Monreal Neto, pediu...
    PRESO EM OPERAÇÃO

    “Braço-direito” de Emanuel impediu servidores de prestarem informações ao MPE

    A prisão do chefe de gabinete do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o advogado Antônio Monreal Neto, ocorreu em razão de tentativas de atrapalhar às...
    56 MEDALHAS

    Brasil é campeão sul-americano de atletismo sub-23 com ajuda de mato-grossenses

    O campeonato Sul-Americanos Sub-23, realizado em Guayaquil, Equador, dias 16 e 17 de outubro, destacou a hegemonia do Brasil na competição. A seleção canarinho...
    ILEGALIDADE NO “PRÊMIO SAÚDE”

    Justiça sequestra R$ 16 milhões em bens de Emanuel, Marcia Pinheiro e mais 3

    Na decisão em que afastou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), do cargo, a Justiça ainda determinou o sequestro de bens no valor...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais