Mais
    AgoraMT Brasil Estados, DF e municípios podem decidir vacinação de menores acima de 12...

    Estados, DF e municípios podem decidir vacinação de menores acima de 12 anos

    STF esclareceu que para efetuar a imunização os entes federados devem considerar as situações concretas, observar cuidados sanitários e as recomendações dos fabricantes das vacinas

    Imagem: Adolescentes tomando vacina Estados, DF e municípios podem decidir vacinação de menores acima de 12 anos
    Ministros do STF reconheceram competência dos entes na definição de imunização de adolescentes – Foto: Reprodução

    O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) referendou decisão liminar do ministro Ricardo Lewandowski no sentido da competência dos estados, do Distrito Federal e dos municípios para imunizar adolescentes de 12 a 17 anos contra a covid-19. O entendimento, unânime, foi tomado na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 756, na sessão virtual encerrada em 8/10.

    De acordo com a decisão da Corte, para efetuar a imunização, os entes federados devem considerar as situações concretas que vierem a enfrentar, sob sua exclusiva responsabilidade, e observar as cautelas e as recomendações dos fabricantes das vacinas, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e das autoridades médicas, bem como a ordem de prioridade de vacinação.

    A ADPF 756, ajuizada em outubro de 2020, questiona atos do governo federal sobre a aquisição de vacinas e o programa de imunização contra a covid-19. Em setembro deste ano, o Partido Socialista Brasileiro (PSB), um dos autores da ação, juntamente com o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e o Cidadania, apresentou pedido de tutela de urgência em relação à vacinação dos adolescentes.

    Segundo o partido, a nota técnica do Ministério da Saúde que restringiu a vacinação desse grupo aos jovens com comorbidades está pautada em premissas equivocadas e contraria frontalmente o posicionamento da Anvisa, do Conselho Nacional de Saúde (Conass) e da Câmara Técnica do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. A liminar foi deferida pelo relator em 21/9 e submetida a referendo do Plenário.

    No julgamento virtual, o ministro Lewandowski reiterou que o Plenário do STF já definiu que os entes federados têm competência concorrente para adotar as providências necessárias ao combate da pandemia. Para ele, a mudança de regra do Ministério da Saúde, que passou a não mais recomendar a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades, não tem amparo em evidências acadêmicas ou análises estratégicas.

    Segundo o ministro, a aprovação do uso da vacina da Pfizer em adolescentes, pela Anvisa e por agências da União Europeia, dos Estados Unidos, do Reino Unido, do Canadá e da Austrália, aliada às manifestações de importantes organizações da área médica, “levam a crer que o Ministério da Saúde tomou uma decisão intempestiva e, aparentemente, equivocada”.

    VOLTA ÀS AULAS
    O ministro destacou, também, a relevância da imunização para garantir a volta dos adolescentes às aulas presenciais. Segundo ele, caso as autoridades sanitárias locais decidam vacinar adolescentes sem comorbidades, adequando o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação às realidades locais, devem dar a necessária publicidade à determinação, que deve ser acompanhada da devida motivação e baseada em dados científicos e avaliações estratégicas, sobretudo as concernentes ao planejamento da volta às aulas presenciais nos distintos níveis de ensino.

    A decisão foi unânime, com ressalvas do ministro Nunes Marques. Segundo ele, estados e municípios podem alocar as vacinas da forma que melhor entenderem, mas sem que o governo federal tenha de suprir eventual uso fora do total destinado

    Importantes

    PERRENGUE

    Simaria faz show de óculos escuros após levar picada de abelha no olho

    Simaria, da dupla com Simone, passou um perrengue neste sábado (16). A cantora contou que levou duas picadas de abelha nos olhos. Com show...
    NÃO SABE O MOTIVO

    Virginia Fonseca é banida do TikTok e lamenta: ‘Maior do Brasil’

    Virginia Fonseca teve a conta do TikTok banida. A influenciadora disse não ter entendido o motivo do bloqueio e lamentou. "Eu nunca postei nada lá,...
    ATUALIZAÇÃO

    Em MT, taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid-19 está em 28,3%

    A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (17.10), 543.072 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados...
    IMEA

    Agricultores pisam no freio e vendas antecipadas da safra de soja perdem ritmo

    As vendas antecipadas de soja perderam ritmo no último mês em Mato Grosso. É o que revela o novo levantamento da comercialização divulgado esta...
    SAÚDE

    Cronograma de vacinação inclui segundas doses de Astrazeneca, Pfizer e Coronavac

    A Secretaria Municipal de Saúde divulgou neste domingo (17/10) o cronograma de vacinação contra a COVID-19 dessa semana. Amanhã (18) está programada a segunda...
    ALTERNATIVAS

    Direito à saúde mental será tema de Roda de Conversa nesta segunda (18)

    Promotores de Justiça que atuam em Mato Grosso, na defesa da criança e do adolescente e da cidadania, participam nesta segunda-feira (18), às 9h,...
    TRAMITAÇÃO

    Mesa Diretora define calendário do PLOA de 2022

    A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), por intermédio da Mesa Diretora, definiu o calendário para a tramitação do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA...
    AGRICULTURA

    Falta de insumos para a safra já preocupa autoridades nacionais

    O risco da falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022 é real e pode comprometer os resultados do agronegócio brasileiro no próximo...
    RELATORA NA CÂMARA

    Rosa Neide defende aprovação de projeto contra incêndios florestais; votação será na terça

    A Câmara dos Deputados deve votar na próxima terça feira (19) o Projeto de Lei 11276/18, que institui a Política Nacional de Manejo Integrado...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    Nova cidade do Mato-Grosso oferece oportunidade de empreendimentos e investimentos

    O Mato Grosso é o pilar do agronegócio no Brasil e tem este setor como responsável por 50% do Produto Interno Bruto (PIB) da...
    AMOR E SOLIDARIEDADE

    Projeto ‘Jardim de Deus’ atende crianças carentes e se mantém através de doações

    Um lugar para as crianças se alimentarem, conversarem e se sentirem acolhidas. Assim é conhecido pela vizinhança o salão em que funciona o ‘Projeto...
    CONHEÇA SANTIAGO DO NORTE

    No coração de Mato Grosso, Santiago do Norte é cenário de investimentos e desenvolvimento

    Em meio a uma das maiores crises sanitárias e econômicas de sua história, o Brasil procura alternativas para seguir crescendo economicamente. Na região central...
    FUTURO PROMISSOR

    Distrito planejado atrai empreendedores para interior do Mato Grosso

    O impacto do Mato Grosso na economia brasileira já não é novidade e cada vez mais o estado se torna parte fundamental no PIB...

    Editoriais