Mais
    Agora MT Editoriais Brasil nos Trilhos Ferrovia estadual trará benefícios ao produtor e impacto positivo na economia do...
    BRASIL NOS TRILHOS

    Ferrovia estadual trará benefícios ao produtor e impacto positivo na economia do Mato Grosso

    FONTE
    VIA

    Imagem: Capa 1000px de largura Ferrovia estadual trará benefícios ao produtor e impacto positivo na economia do Mato Grosso

    Mesmo com os desafios impostos pela pandemia, o agronegócio em Mato Grosso manteve-se alta no último ano. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostram que a última safra de grãos (2019/2020) teve crescimento de 9,3%, chegando a 74 milhões de toneladas, volume muito superior à média da produção nacional, que registrou aumento de 3,8%. Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a projeção é chegar a 120 milhões de toneladas até 2030.

    Uma das principais opções para o escoamento desta demanda crescente na região Centro-Oeste, o transporte ferroviário foi o protagonista neste segundo semestre de 2021 com o anúncio da construção da primeira ferrovia Estadual de Mato Grosso. Os novos trilhos irão conectar Cuiabá e as cidades de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, no norte do estado, a Rondonópolis, município do sul onde inicia a Ferronorte, que forma o principal corredor de exportação de grãos do País, via porto de Santos.

    A construção prevê 730 quilômetros de linha férrea – a previsão é que as obras iniciem em 2022, com o trecho entre Cuiabá e Rondonópolis sendo entregue em 2025. A operação de Lucas do Rio Verde deve começar em 2028. Serão investidos valores entre nove e R$ 11 bilhões, com a expectativa de 230 mil empregos diretamente gerados. O novo modelo prevê que todo investimento corra por conta e risco da Rumo, sem nenhum centavo de dinheiro público.

    VANTAGENS PARA O PRODUTOR

    De acordo com o vice-presidente Comercial da Rumo, Pedro Palma, a chegada da ferrovia em novas regiões fazem parte de um planejamento robusto focado na qualidade e desenvolvimento de toda cadeia logística. “Quanto maior a distância percorrida pelos trilhos, mais eficiente e vantajosa é a operação para o produtor”, afirma.

    Segundo Edeon Vaz, diretor-executivo do Movimento Pró-Logística e consultor da Aprosoja MT, além do aspecto sustentável, as ferrovias são mais competitivas do ponto de vista financeiro. “As ferrovias minimizam o impacto que temos com o custo do frete rodoviário. O frete rodoviário é adequado para pequenas distâncias. Toda vez que usamos o modal rodoviário para longas distâncias, acabamos pagando altos valores”, afirma

    Adelino Bissoni, pequeno produtor de milho e soja de Rondonópolis, lembra dos benefícios do modal na região. “A ferrovia chegou aqui em 2013 e conseguiu levar boa parte da produção, liberando os caminhões que iam das fazendas para Santos, dando oportunidade para aumentar o volume de produção. A chegada de caminhões em Santos e em Paranaguá sempre foi muito tumultuada, mas a chegada do trem foi primordial para que isso melhorasse”, disse.

    Ele também afirma que com a chegada de linhas no norte do estado, tanto os grandes produtores quanto os pequenos serão beneficiados, dado que o gargalo nas rodovias será menor. “Chegando em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, libera as fazendas para ampliarem suas produções. Com a ferrovia tendo um preço mais em conta, o produtor terá um frete mais barato e, com o passar dos anos, o preço vai ficar mais competitivo”, afirma Bissoni.

    Presidente da Associação Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (AMPA), Paulo Sergio Aguiar corrobora com Bissoni. Para ele, tanto o pequeno quanto o grande produtor serão beneficiados com a chegada da nova ferrovia estadual.

    “Hoje há um custo alto para colocar uma tonelada no Porto utilizando somente caminhões. O planejamento utilizando os dois modais contribui para a redução de custos, é possível economizar de 30% a 40% com a participação da ferrovia integrando a logística da operação”, diz Aguiar.

    Relacionadas

    Governo Federal repassa quase R$ 750 milhões para o Mato Grosso

    O Governo Federal vai realizar, nos dias 20 e 24 de maio, o repasse de R$ 749,69 milhões para o estado mato-grossense e seus...

    Aves são encontradas mortas após suposto envenenamento em frente à Escola Marechal Dutra

    Mais de 20 aves, sendo algumas silvestres e outras domésticas, foram encontradas mortas após um suposto envenenamento na rua Afonso Pena, em frente à...

    Obra de drenagem na BR-364 altera tráfego para acesso à Gleba do Rio Vermelho

    Os moradores da Gleba do Rio Vermelho terão que percorrer um desvio para acessar a BR-364, entre o km 207 e o km 208,...

    Ex-governador de São Paulo, Doria desiste de concorrer à presidência em 2022

    O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (23) que não será candidato à Presidência neste ano. O tucano estava acompanhado...

    Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

    A massa de ar frio que afeta o centro-sul do país continua influenciando hoje (20) o clima em boa parte do Brasil. Com o...

    WF leva R$ 8 milhões a interior de MT: “Recursos tem que chegar na ponta”

    “Não importa se nosso município é no extremo de Mato Grosso. Wellington Fagundes jamais deixou de enviar emendas e ajudar em nosso desenvolvimento". As palavras...

    Apresentadoras de TV no Afeganistão devem cobrir o rosto, diz Taliban

    Autoridades do Taliban pediram às redes de televisão do Afeganistão que garantam que as apresentadoras de emissoras locais cubram os rostos quando estiverem no...

    Primeiro caso de varíola do macaco é confirmado nos EUA

    O governo do estado norte-americano de Massachusetts confirmou na quarta-feira (18) o primeiro caso de varíola do macaco. O paciente é um homem adulto que...

    Polícia Militar apreende artefatos explosivos encontrados por trabalhadores

    A Polícia Militar localizou e apreendeu nesta quinta-feira (19), em Cuiabá-MT, dois artefatos explosivos, que, posteriormente, serão detonados em local seguro. Conforme o Boletim de...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas