Mais
    Agora MT Brasil Governadores serão ouvidos sobre projeto que fixa ICMS de combustíveis
    NO SENADO

    Governadores serão ouvidos sobre projeto que fixa ICMS de combustíveis

    O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que opinião dos governadores é fundamental par que parlamentares formem uma opinião adequada sobre a medida já aprovada na Câmara

    FONTE
    VIA

    O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que pretende ouvir os governadores antes de submeter à votação o projeto que estabelece um valor fixo para a cobrança de ICMS sobre combustíveis.

    Na quarta (13), a Câmara aprovou o substitutivo do relator, deputado Dr. Jaziel (PL-CE), ao Projeto de Lei Complementar 11/2020, do deputado Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT). O texto obriga estados e Distrito Federal a especificar a alíquota para cada produto por unidade de medida adotada, que pode ser litro, quilo ou volume, e não mais sobre o valor da mercadoria. Na prática, a proposta torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível ou de mudanças do câmbio.

    “A Câmara dos Deputados cumpriu uma etapa própria de avaliação, agora cabe ao Senado fazer uma avaliação do projeto. Não é possível antever o que vai ser a decisão do Senado Federal em relação a esse projeto, mas, por certo, tratando-se de ICMS, que é um imposto estadual, é muito importante ouvirmos os governadores dos estados para poder fazer a avaliação do projeto. Então, nós teremos esse tempo de avaliação no Senado Federal”, disse Rodrigo Pacheco, em entrevista à imprensa.

    O presidente do Senado destacou, ainda, que o projeto será debatido em comissões e audiências públicas.

    “Obviamente tratando-se de um projeto que pode dar solução a um problema grave que temos no Brasil, que é o preço dos combustíveis, vamos ter boa vontade para agilizar o máximo possível, se o projeto tiver mesmo essa conotação e eficácia para resolver o preço dos combustíveis”.

    “Mas, obviamente, que há o amadurecimento próprio do projeto de lei, considerando inclusive aquilo que os governadores estão apontando, que é uma queda na arrecadação, o que interfere ali no dia a dia e na previsibilidade do orçamento dos estados. Então vamos considerar essas informações e permitir o diálogo, inclusive com os governadores dos estados e do Distrito Federal,  para que possamos ter a melhor conclusão possível. Mas temos, claro, muito boa vontade com um projeto que vem da Câmara aprovado e cujo objetivo é dar solução a um problema grave, que é o preço dos combustíveis”, concluiu Rodrigo Pacheco.

    Relacionadas

    Sobem para 429 os casos de hepatite misteriosa no mundo

    O número de casos de hepatite aguda infantil de origem desconhecida é agora de 429 — 81 a mais que há uma semana, disse...

    Da toga ao banco dos réus

    O ex-juiz Sergio Moro vive seu inferno astral na política. Depois de ver o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, mencionar em seu voto no...

    Seplag incentiva a prática de exercícios como forma de combate ao tabagismo

    A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) realizará em 31 de maio – Dia Mundial sem Tabaco –, a ação “Largue o Cigarro Correndo”....

    Número de acidentes em rodovias federais cresce e Brasil registra 5 mil mortes

    O número de acidentes e de mortes em rodovias federais cresceu em 2021, na comparação com 2020, interrompendo uma série de quedas consecutivas observadas...

    Apresentadoras de TV no Afeganistão devem cobrir o rosto, diz Taliban

    Autoridades do Taliban pediram às redes de televisão do Afeganistão que garantam que as apresentadoras de emissoras locais cubram os rostos quando estiverem no...

    Matheus Nascimento é convocado e irá desfalcar o Botafogo

      Joia do Botafogo, o atacante Matheus Nascimento foi novamente convocado pelo técnico Ramon Menezes para um período de treinos com a seleção brasileira sub-20. Com...

    Em Cuiabá, Mandetta diz que candidatura de Bivar não interfere em palanque de Mauro Mendes

    O ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (UB), visitou o Palácio Paiaguás, sede do Poder Executivo estadual, nesta quinta-feira (19)....

    Rondonópolis está há 60 dias seguidos sem registro de casos de morte por Covid-19

    Os esforços de enfrentamento à pandemia do Coronavírus, envidados pela prefeitura por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, surtiram efeitos e os resultados já...

    Prévia da inflação desacelera, mas é a maior para maio desde 2016

    Depois de registrar a maior variação para o mês de abril em 27 anos (+1,7%), a prévia da inflação oficial desacelerou em maio ao...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas