Mais
    Agora MT Manchetes Governo institui plano para reduzir emissão de gases na agropecuária
    PORTARIA

    Governo institui plano para reduzir emissão de gases na agropecuária

    Plano ABC+ propõe adoção de sistemas, práticas e produtos para diminuir a emissão de carbono em 1,1 bi de tonelada até 2030

    FONTE
    VIA

    Imagem: folhapress agropecuaria 18062019081132599 Governo institui plano para reduzir emissão de gases na agropecuária
    Plano ABC+ pretende reduzir em 1,1 bi de tonelada a emissão de gases na agropecuária – Foto:
    DIRCEU PORTUGAL/FOTOARENA/FOLHAPRESS

    Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (22) a portaria que institui o Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária. Chamado de ABC+, o programa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento pretende reduzir a emissão de carbono em 1,1 bilhão de toneladas no setor agropecuário até 2030.

    O plano prevê ações de promoção para o desenvolvimento sustentável durante dez anos (2020-2030) e tem o objetivo geral de promover a adaptação à mudança do clima e o controle da emissão de gases de efeito estufa (GEE) na agropecuária brasileira. Os programas buscam “aumento da eficiência e resiliência dos sistemas produtivos, considerando uma gestão integrada da paisagem rural”.

    Por meio de iniciativas que estimulem a adoção de sistemas, práticas, produtos e processos de produção sustentáveis, o ABC+ possui uma série de compromissos até o fim da década. Uma das metas é ampliar em 30 milhões de hectares as áreas onde há “recuperação de pastagens degradadas (PRPD)”.

    Outras metas previstas no plano são ampliar em 12,58 milhões de hectares a área com sistema de plantio direto, aumentar em 10,10 milhões de hectares a área com adoção de sistemas de integração, adotar bioinsumos em mais 13 milhões de hectares e implementar sistemas irrigados em mais 3 milhões de hectares.

    O ABC+ projeta a plantação de florestas numa expansão de 4 milhões de hectares para a recuperação de áreas ambientais e a produção comercial de madeira, fibras, alimentos, bioenergia e produtos florestais não madeireiros, como látex e resinas.

    O programa também tem como objetivo ampliar em 208,40 metros cúbicos as ações para manejo de resíduos da produção animal e em 5 milhões os bovinos em terminação intensiva, a partir de técnica de confinamento ou semiconfinamento. As metas e os eixos estratégicos do ABC+ devem ser revisados a cada dois anos, por meio de consulta pública.

    “A meta é expandir a área com tecnologias ABC para 72 milhões de hectares até 2030. Um incremento de 103% em relação à década anterior. Estabelecemos assim as bases para que, a longo prazo, a totalidade da área de produção agropecuária brasileira adote sistemas de produção sustentáveis e resilientes”, disse a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

    As metas e tecnologias do plano ABC+ foram divulgadas na última segunda-feira (18), em um evento virtual realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O documento com o programa pode ser visto no site da pasta.

    O plano ABC+ é a segunda etapa do plano ABC, realizado entre 2010 e 2020. Segundo o Mapa, o programa permitiu a redução de 170 milhões de toneladas de dióxido de carbono, o equivalente a uma área de 52 milhões de hectares. O valor superou a meta estabelecida pelo governo federal em 46,5%, segundo o ministério.

    Relacionadas

    Da toga ao banco dos réus

    O ex-juiz Sergio Moro vive seu inferno astral na política. Depois de ver o ministro Ricardo Lewandowski, do STF, mencionar em seu voto no...

    Prazo para registro de federações partidárias termina dia 31

    Até o dia 31 deste mês, a Justiça Eleitoral encerra o prazo para a oficialização de federações partidárias. Inédita no país, a nova regra,...

    Homem é preso após invadir casa e agredir ex-mulher e ex-sogra com cabo de vassoura e faca

    Um homem foi preso pela equipe de Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) da Polícia Militar (PM) nesta quarta-feira (18), no Bairro Vila...

    Guerra na Ucrânia chega a 3 meses com rastro de destruição, refugiados e civis mortos

    A guerra na Ucrânia completa nesta terça-feira (24) três meses desde a ordem de invasão do país dada por Vladimir Putin. Classificado pelo presidente...

    Inscrições do Enem 2022 se encerram neste sábado

    As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 terminam às 23h59 deste sábado (21). Já no primeiro dia, o exame registrou...

    Mais de R$ 546 milhões em linhas de crédito é oferecido para empresários e produtores rurais de MT

    O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Codem) aprovou R$ 546,8 milhões em linhas de crédito para empresários e produtores rurais do Estado,...

    Sispmur denuncia ‘farra dos cargos políticos’ na Prefeitura de Rondonópolis

    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis realizou um levantamento e constatou que a atual gestão municipal segue promovendo a desvalorização do serviço...

    Maíra Cardi fecha sala de cinema para ver filme com filho: ‘Assim conseguimos mais privacidade’

    Maíra Cardi decidiu fechar uma sala de cinema apenas para ela e o filho, Lucas Cardi Rangel, curtirem um tempinho juntos, neste domingo (23)....

    Índice de Clima Econômico sobe 2,1 pontos no segundo trimestre

    O Índice de Clima Econômico (ICE), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 2,1 pontos no Brasil no segundo trimestre deste ano e chegou...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas