Mais
    Agora MT Destaques Decisões judiciais esvaziam paralisação dos caminhoneiros; em MT situação é normal
    DIA DE PROTESTO

    Decisões judiciais esvaziam paralisação dos caminhoneiros; em MT situação é normal

    Paralisação foi convocada por entidades que representam os caminhoneiros contra a política de preço dos combustíveis adotada pela Petrobrás; decisões judiciais preveem multas pesadas

    FONTE
    VIA

    Imagem: Viaduto da BR 364 em Rondonópolis
    Caminhoneiros e entidades estão sujeitos a multas de até R$ 100 mil/dia em caso de bloqueio de rodovias – Foto/Reprodução

    Uma série de decisões judiciais e a preocupação com os impacto econômicos acabaram esvaziando a paralisação das rodovias federais nesta segunda-feira (01). Em Mato Grosso as duas principais entidades do setor já haviam descartado a participação, apesar de reconhecerem a legitimidade das reivindicações do movimento convocado pela Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), com o apoio de outras instituições.

    A principal reivindicação dos caminhoneiros é a suspensão da política de preços da Petrobrás, que indexou as tarifas ao mercado internacional. A paridade exige os reajustes de acordo com os valores cobrados no exterior, que são cotados em dólar.

    “Não vamos participar, mas a paralisação é livre e quem quiser pode aderir”, disse ontem (31) o presidente do de Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de Mato Grosso (Sindicam), Roberto Costa.

    O Sindicam não havia participado da paralisação realizada no mês passado pelos tanqueiros (caminhoneiros que transportam combustíveis), alegando falta de articulação e também para evitar prejuízos. Desta vez o sindicato chama a atenção para as sanções decididas preventivamente pelo Poder Judiciário.

    “Em quase todos os estados a Justiça concedeu liminares proibindo a paralisação. Quem descumprir estará sujeito a processos e multas pesadas”, alerta.

    Imagem: miguel mendes
    Miguel Mendes, da ATC, diz que adesão de empresas poderia representar locaute – Foto: Agora MT

    A Associação dos Transportadores de Cargas de Mato Grosso (ATC), que reúne as empresas, também descartou a adesão ao movimento em respeito à legislação. “Por parte das empresas a paralisação seria considerado locaute”, explicou Miguel Mendes, diretor-executivo da associação

    Miguel disse ainda que uma paralisação agora prejudicaria muito os setores econômicos, em especial o agronegócio. Conforme ele, a ATC está acompanhando a movimentação nas estradas e a situação no estado é de normalidade.

    “Até o momento não tomamos não tomamos conhecimento de nenhuma liderança do estado se manifestando sobre parar a rodovia. Também conversamos com o pessoal da PRF, que não tem comunicação de qualquer movimento nesse sentido”.

    LIMINARES
    O esvaziamento da paralisação foi causado principalmente pelas decisões judiciais em ações impetradas pela Advocacia Geral da União (AGU) e por concessionárias de rodovias em todo o país.

    Até a manhã de hoje existiam ao menos 29 liminares concedidas pela Justiça contra bloqueio de rodovias, refinarias e portos contemplando 20 estados.

    Mesmo nos estados onde foi negado o deferimento de decisões preventivas, como em Pernambuco, a Justiça autorizou os órgãos oficiais (DNIT, PF, PRF) a adotarem as medidas cabíveis visando impedir o bloqueio das rodovias.

    Além de processos criminais, as decisões preveem multas diárias para caminhoneiros e entidades que realizarem interdições de pista. Os valores variam entre R$ 10 e R$ 100 mil por dia de descumprimento.

    Apesar da intervenção judicial, houve tentativas de bloqueios de pista em São Paulo e no Espírito Santo. Nos demais estados não houve registro de interdições.

    Em off, líderes dos caminhoneiros afirmam que a greve está mantida e terá uma outra estratégia. Os profissionais não farão bloqueio, mas devem suspender as atividades.

    Relacionadas

    Professora e o filho de 11 anos são as primeiras vítimas identificadas em acidente na BR-163

    Os primeiros identificados do acidente entre um ônibus e uma carreta, trata-se de uma professora sendo Sidinei Oliveira Cardoso, 48 anos e o seu...

    Corpo de homem é encontrado com rosto desfigurado e cabeça esmagada

    Um rapaz identificado como Diego Costa Santos, 30 anos, foi encontrado morto nesta quinta-feira (19), na parte dos fundos de um posto de combustível...

    Projeto do Executivo que prevê complemento salarial a ACS e ACE é aprovado na Câmara

    Foi encaminhado à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que concede o abono salarial aos 408 Agentes Comunitários...

    Acusado de matar mulher com faca de serra e colocar fogo no corpo é preso

    O homem identificado como autor do feminicídio de uma mulher encontrada morta dentro de um veículo na manhã desta quinta-feira (19) no município de...

    Safra de café 2022 pode chegar a 53,4 milhões de sacas

    A estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a produção de café é de 53,4 milhões de sacas, na safra deste ano. O...

    Enem 2022: entenda a diferença entre a versão impressa e digital da prova

    Você sabe a diferença das versões impressa e digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)? Com a aproximação do fim das inscrições para...

    Em encontro, Bolsonaro chama Elon Musk de ‘mito da liberdade’

    Em encontro realizado nesta sexta-feira (20) em um hotel de luxo no interior de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro chamou Elon Musk de "mito da liberdade" e...

    Acidente entre duas motos deixa mãe e filha feridas em Rondonópolis

    Um acidente entre duas motos deixou mãe e filha feridas, na noite desta segunda-feira (23), no bairro Cascalhinho, em Rondonópolis-MT. Na motocicleta Honda Titan Fan...

    Prefeito atende moradores do Sagrada Família e retoma projetos para a região

    A semana de trabalho no gabinete do prefeito de Rondonópolis José Carlos do Pátio começou com um encontro com líderes comunitários e alguns moradores...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas