Mais
    Agora MT Brasil Petrobras não é única responsável por preço, diz presidente da estatal
    ARGUMENTA

    Petrobras não é única responsável por preço, diz presidente da estatal

    Silva e Luna presta esclarecimentos no Senado sobre reajustes

    FONTE
    VIA

    Imagem: mcmgo abr 1 Petrobras não é única responsável por preço, diz presidente da estatal
    Joaquim Silva e Luna – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

    O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, disse, nesta terça-feira (23), que a Petrobras não tem o monopólio no setor de combustíveis no Brasil desde 1997 e que, por isso, não é correto responsabilizar unicamente a estatal pelo aumento dos preços.

    “Boa parte da sociedade está presa à Petrobras de ontem e não à de hoje. A afirmação de que a Petrobras é um monopólio não está correta. Ela compete livremente com outros atores do mercado“, disse durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

    Convidado para esclarecer as altas nos valores cobrados pelo diesel e a gasolina aos senadores, Silva e Luna disse que a estatal responde por apenas uma fração dos preços do combustível no Brasil. Ele lembrou aos senadores que empresas importadoras têm participação no mercado e na formação de preços. Entre exemplos de grandes importadoras de diesel e gasolina, ele citou Vibra, Ipiranga, Raízen e a Atem.

    “A Petrobras acompanha preços de mercado, resultado do equilíbrio entre oferta e demanda. A Petrobras reajusta os preços dos combustíveis observando os mercados externo e interno, competição entre produtores e importadores e a variação do preço no mercado mundial, observando se trata de fenômeno conjuntural ou estrutural”, argumentou.

    Pandemia
    Silva e Luna iniciou a exposição com um resumo do contexto internacional que afetou o preço do petróleo nos últimos dois anos. Ele lembrou que o preço do petróleo no mercado internacional, o PPI, preço de paridade de importação, não é a única variável que afeta os valores praticados pela empresa.

    “A pandemia e o combate a ela nos colocaram em uma posição diferenciada. Tivemos como consequência um choque de demanda elevado, com uma oferta inferior à demanda. Como consequência, uma escalada muito grande do preço das commodities. [Além disso], uma crise hídrica e a desvalorização do real em relação ao dólar”, ressaltou.

    Ao declarar que a Petrobras chegou a ficar, sob sua gestão, 92 dias sem reajustar o valor do gás de cozinha, 85 dias sem reajustar o diesel e 56 dias sem alterar o preço da gasolina, o presidente da estatal foi criticado pelo senador Omar Aziz (PSD-AM). “O salário do trabalhador brasileiro não é alterado a cada 90 dias, como o combustível é hoje quase diariamente. É uma brincadeira achar que se está fazendo um grande favor aos brasileiros”, disse o senador.

    Capacidade
    Questionado pelo presidente da CAE, senador Otto Alencar (PSD-BA), sobre notícias de que as refinarias estariam operando abaixo da capacidade máxima, Silva e Luna disse que a média de produção das atuais 13 refinarias instaladas no país está em torno de 90%. Segundo o presidente da Petrobras, houve paradas programadas, por causa da covid-19, que já foram concluídas. “Estamos vivendo hoje um momento de capacidade máxima, todas as refinarias funcionando”, garantiu.

    Imposto
    O presidente da Petrobras criticou a criação de um imposto sobre a exportação de petróleo cru, em debate no Senado, para capitalizar um fundo de equalização de preços dos combustíveis. “Eventual taxa para a exportação de óleo pode trazer prejuízos para o mercado”, avaliou, acrescentando que “preços artificiais” fragilizam o mercado.

    Ainda na visão de Silva e Luna, no momento em que a estatal tenta vender parte das suas refinarias, uma possível taxação às exportações de petróleo bruto pelo Brasil poderia gerar insegurança jurídica e afastar investidores do país. Para ele, uma medida que poderia ser tomada no sentido de reduzir a volatilidade do preço dos derivados do petróleo no mercado interno, seria a criação de um fundo estabilizador com os dividendos da Petrobras, que este ano serão recorde.

    Relacionadas

    Internada, Virginia Fonseca está com cefaleia refratária

    Virginia Fonseca continua internada com cefaleia, ou enxaqueca, refratária à analgesia convencional, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. A influenciadora está internada...

    Polícia Militar Ambiental comemora um ano como Companhia Independente

    Vários militares e oficiais participaram de uma solenidade festiva em comemoração de um ano que a 2ª Cia de Polícia Ambiental se tornou independente,...

    Brasil tem 4.486 denúncias de violações de direitos contra crianças

    Dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos indicam que este ano já foram registradas 4.486 denúncias de violações de direitos...

    Projeto do Executivo que prevê complemento salarial a ACS e ACE é aprovado na Câmara

    Foi encaminhado à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que concede o abono salarial aos 408 Agentes Comunitários...

    Presidente da Ucrânia diz a Davos que mundo enfrenta ponto de virada

    O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta segunda-feira (23) na reunião de líderes empresariais, em Davos, que o mundo enfrentou um ponto de...

    Sessão tem retorno de Dr. Manoel e Nenzão assumindo cadeira pelos próximos 120 dias

    Afastado das atividades parlamentares desde o dia 27 de abril, o vereador Dr. Manoel (SD) retornou à Câmara de Vereadores na Sessão Ordinária desta...

    Polícia Civil prende trio suspeito de realizar tráfico de droga em Rondonópolis

    Em cumprimento de busca e apreensão, a Polícia Civil por intermédio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), prendeu nesta quarta-feira (18), três...

    Morre no Hospital Regional o jornalista Denis Maris

    Morreu nesta quinta-feira (19) e jornalista Denis Maris. Ele estava internado desde o início da semana passada, após sofrer um AVC. O corpo será...

    Com gol de Danilo, Palmeiras vence Emelec e segue liderando o Grupo A

    Já classificado para as oitavas de final da Libertadores e com o primeiro lugar do Grupo A garantido, o Palmeiras fez mais uma vítima na noite desta quarta-feira...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas