Mais
    Agora MT Notícias Cerca de 50 mil famílias de MT podem ficar sem desconto de...
    TARIFA RURAL

    Cerca de 50 mil famílias de MT podem ficar sem desconto de até 67% na luz

    O recadastramento é obrigatório e foi determinado pelo governo federal

    Imagem: luz rural energia por do sol Cerca de 50 mil famílias de MT podem ficar sem desconto de até 67% na luz
    O programa é regulamentado pela Aneel e oferece descontos de 12% a 67% no valor da conta de energia – Foto: Vandréia de Paula/AGORA MT

    A Energisa estendeu até 30 de dezembro o prazo para recadastramento de produtores na tarifa rural da conta de energia elétrica. O programa é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e oferece descontos de 12% a 67% no valor da conta de energia, dependendo da atividade rural realizada. O recadastramento é obrigatório e foi determinado pelo governo federal. Em Mato Grosso, mais de 50 mil produtores ainda não fizeram a atualização.

    “O prazo no País terminou no dia 30 de novembro. No entanto, a Energisa disponibilizou a estrutura da empresa em Mato Grosso, aumentando o prazo para que exista uma mobilização maior do setor. E uma forma de alertar produtores que podem ser beneficiados, mas não fizeram o recadastramento”, explicou o gerente de Serviços Comerciais da Energisa Mato Grosso, Murilo Marigo.

    Os clientes que podem ter acesso a esses benefícios são aqueles que exercem atividades como agropecuária rural ou urbana, residencial rural, cooperativa de eletrificação rural, agroindustrial, aquicultura e irrigação, serviço público de irrigação rural e escola agro técnica. Os clientes que não fizerem o recadastramento perderão o benefício automaticamente.

    A Energisa Mato Grosso disponibiliza aos clientes a possibilidade de fazer o recadastramento por meio da assistente virtual do Whatsapp, no número (65) 99999-7974.

    Lista de documentos 

    A relação dos documentos a serem apresentados no processo de recadastramento é estabelecida de acordo com a subclasse do cliente rural. Além dos documentos pessoais, os comprovantes da atividade rural exercida, e a apresentação da última conta de energia da propriedade estão entre as exigências. Para mais informações, os clientes podem entrar em contado também pelo 0800 6464 96.

    Relacionadas

    Legendas preparam ação por mais prazo para formar federações partidárias

    As direções do PT, do PC do B, PV e do PSB decidiram que vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para prorrogar o...

    Sispmur e Impro vão denunciar prefeito por Improbidade Administrativa

    O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sispmur) e o Instituto Municipal de Previdência Municipal de Rondonópolis (Impro) vão pedir que o Ministério Público abra...

    Olavo, Haddad e várias lideranças políticas confirmam diagnóstico de Covid-19

    O escritor Olavo de Carvalho, 74, considerado uma espécie de ‘guru’ da família Bolsonaro, e o ex-candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, foram...

    Prefeitura faz sanitização e higienização em unidades de saúde

    A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), realizou a sanitização da UPA, Secretária...

    Confira os mitos e verdades sobre lavar roupas de bebê

    Antes mesmo dos bebês chegarem em casa, já começam as dúvidas: qual a maneira correta de lavar o enxoval? Quais produtos utilizar para evitar...

    Autoridades dizem que tsunâmi chegou a 15 m de altura em Tonga

    O governo de Tonga afirmou nesta terça-feira (18) que a enorme erupção vulcânica do último sábado (15) provocou um tsunâmi de até 15 metros...

    Como saber quem terá direito ao abono salarial PIS/Pasep deste ano?

    Cerca de 22 milhões de brasileiros vão receber o abono salarial PIS/Pasep a partir de 8 de fevereiro deste ano, com valor total de...

    Trio é preso com arma e munições na Vila Operária

    Dois rapazes e uma jovem foram presos pela equipe da Força Tática na manhã desta terça-feira (18), no bairro Vila Operária, em Rondonópolis-MT. A...

    Distrito Federal volta a obrigar o uso de máscara em locais abertos

    O Governo do Distrito Federal editou, nesta quarta-feira (19), novo decreto que volta a tornar obrigatório o uso de máscara facial em locais abertos. A norma foi...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas