Mais
    Agora MT Destaques UFR prepara criação de núcleo de estudos Afro-brasileiros e Indígenas
    INCLUSÃO

    UFR prepara criação de núcleo de estudos Afro-brasileiros e Indígenas

    A reitora Analy Polizel recebeu a proposta elaborada por professores e representantes de movimentos sociais; objetivo é ampliar debate acadêmico sobre o combate às desigualdades

    FONTE
    VIA

    Imagem: NEABI reuniao UFR prepara criação de núcleo de estudos Afro-brasileiros e Indígenas
    Representantes da Universidade e de movimentos sociais se reuniram ontem com a reitora da UFR – Foto: Reprodução

    A Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) vai ganhar um Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) para promover pesquisas e debates sobre práticas visando combater as desigualdades, diferenças sociais e o racismo. O assunto foi discutido ontem (02) numa reunião entre a reitora da universidade, Analy Polizel, professores e representantes de várias entidades de Rondonópolis e cidades vizinhas.

    O NEABI será composto por professores da UFR e outras instituições de ensino, estudantes, técnicos, movimentos sociais e representantes da sociedade civil organizada.

    “O nosso objetivo é contribuir para a ampliação do diálogo e do alcance das Políticas de Ações Afirmativas no âmbito da UFR. Vamos promover debates, fóruns, congressos, pesquisas, e cursos voltados para a temática das relações étnico-raciais”, adiantou a professora doutora Priscila Xavier Scudder, uma das idealizadoras do Núcleo.

    Priscila integra o departamento de História e o Programa de Pós-Graduação em Educação da UFR. Ela explica que a criação do NEABI é resultado de uma série de ações iniciadas ainda em 2019, durante o Congresso de Pesquisa em Educação e o I Colóquio Internacional – Racismo Ambiental, Ecologia, Educação e Interculturalidade, promovidos pela UFR.

    Imagem: coloquio ufr UFR prepara criação de núcleo de estudos Afro-brasileiros e Indígenas
    Iniciativa de criação do núcleo surgiu em 2019, durante evento promovido na UFR – Foto: Reprodução

    Naquele ano houve o lançamento do projeto para a criação do NEABI, mas os trabalhos foram suspensos por causa da pandemia. A retomada ocorreu no mês passado, durante as celebrações do Dia da Consciência Negra.

    “Por motivo de doença e também das restrições decorrentes da pandemia o debate precisou ser suspenso durante esse período. Mas o processo está adiantado e a nossa expectativa é muito positiva”, afirmou Priscila.

    Na reunião de ontem ficou acertado que o NEABI/UFR será criado com status de gerência, vinculada à reitoria.

    O regimento deverá ser apresentado à pró-reitoria em fevereiro do ano que vem, no primeiro dia letivo. Após isso ele será submetido à avaliação do Conselho Superior Universitário (Consuni), para receber a resolução de criação.

    Imagem: equipe neabi UFR prepara criação de núcleo de estudos Afro-brasileiros e Indígenas
    Lideranças de vários segmentos participaram da elaboração da proposta de criação do NEABI – Foto: Reprodução

    PARTICIPANTES
    Além da reitora Analy Polizel e da professora Priscila Xavier Scudder, participaram da reunião de ontem o professor Dr. Éverton Dias, presidente da Comissão de Defesa da Igualdade Racial OAB/MT-Roo e do Instituto Profa. Coraci; o professor. Dr. Antutérpio Dias Pereira – Membro do Movimento Negro de Rondonópolis e da Associação Araxá; a presidente do Movimento Negro Unificado (MNU) de Pedra Preta, Maria Rosa do Lago Cardoso; Adriana Liário, ativista do movimento LGBTQIA+; Dê Silva, coordenadora de Cultura da UFR, e Valdeci Silva Mendes, técnico UFR.

    O cacique Bororo, Marcelo Koguiepa, não pôde participar da reunião devido a compromissos na escola da aldeia Tadarimana, mas também integra o grupo de idealizadores do NEABI.

    Relacionadas

    Projeto Viajando Pela Leitura vai atender as crianças da Educação Infantil da rede municipal

    A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel) lançou na manhã desta quarta-feira, 10, o Projeto Viajando Pela Leitura que irá atender mais...

    Eletrobras tem lucro de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre

    A Eletrobras teve lucro líquido de R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre deste ano, 45% abaixo do observado no mesmo período do ano anterior...

    Motociclista é socorrido com fraturas após se envolver em grave acidente na região central

    Um motociclista de 44 anos ficou gravemente ferido após se envolver em um acidente na manhã deste domingo (14), no cruzamento da avenida Cuiabá...

    Pai e filha se envolvem em acidente e adolescente é socorrida pelo Samu

    Uma adolescente de 16 anos ficou ferida após sofrer um acidente com o pai no final da manhã desta terça-feira (16) na avenida Presidente...

    Nove pessoas morrem e sete estão desaparecidas após tempestades

    Nove pessoas morreram e sete são consideradas desaparecidas na Coreia do Sul após as fortes chuvas que inundaram estradas, estações de metrô e casas,...

    Escolhendo um nome para o seu bebê? Confira as tendências para 2022

    A escolha do nome de um bebê é cheia de significados. Ela traz os gostos, a história e a expectativa dos pais, além de...

    Virginia Fonseca faturou mais de R$ 17 milhões com perfume

    Grávida da segunda filha com o cantor Zé Felipe, Virginia Fonseca faturou cerca de R$ 17,4 milhões com nova linha de perfume, apenas três...

    Câmera registra motociclista invadindo preferencial e sendo atingida por carro

    Uma câmera de circuito de monitoramento de um estabelecimento comercial mostra o momento exato em que uma motociclista invade a preferencial da via e...

    Nelson Orlato, prefeito de Pedra Preta, morre neste domingo (14)

    O prefeito do município de Pedra Preta, Nelson Orlato (PSB), faleceu na tarde deste domingo (14). Há pelo menos um ano, ele lutava contra...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas