Mais
    Agora MT Mundo Venezuela registra mais de 11 mil mortes violentas em 2021
    DADOS DIVULGADOS

    Venezuela registra mais de 11 mil mortes violentas em 2021

    Relatório afirma que mais de 3,1 mil mortes foram homicídios e mais de 2,3 mil se deveram a 'resistência à autoridade'

    FONTE
    VIA

    Imagem: Presidente da Venezuela Nicolas Maduro Venezuela registra mais de 11 mil mortes violentas em 2021
    Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro – Reprodução

    A estimativa é que 11.081 pessoas tenham morrido de causas violentas na Venezuela durante este ano de 2021, conforme relatado nesta terça-feira (28) pela ONG Observatório Venezuelano da Violência (OVV) durante a apresentação de seu relatório anual.

    “Estima-se que 11.081 pessoas morreram de causas violentas no país durante 2021 (uma taxa de 40,9 por 100 mil habitantes)”, disse a ONG no Twitter, citando seu relatório.

    O relatório afirma que, do total, 3.112 foram homicídios, 4.003 mortes estão “sob investigação”, 2.332 ocorreram por “resistência à autoridade” e 1.634 são consideradas desaparecimentos.

    Além disso, o observatório revelou que as cinco regiões do país com os maiores índices de violência em 2021 foram Distrito Capital, com 77,9 mortes violentas por 100 mil habitantes; Miranda, com 64,1; Bolívar, com 56,8; Delta Amacuro, com 52,1; e Aragua, com 50,8.

    Os dados foram apresentados pelo diretor da entidade, Roberto Briceño-León, que os comparou com os números do ano passado, quando a ONG registrou 11.891 mortes violentas.

    “Os homicídios foram reduzidos devido à paralisação da economia e ao domínio cada vez maior de territórios pelo crime organizado, que regulamenta ou põe fim aos assassinatos”, esclareceu Briceño-León.

    Ele ressaltou que os dados apresentados mostram que “a Venezuela está localizada ao lado de Honduras como um dos países mais violentos da América Latina em 2021, segundo estimativas de especialistas”.

    Para recolher essas informações, a ONG trabalha com uma rede de 15 equipes em dez universidades do país que monitoram dados e informações, além de produzir, analisar e divulgar conhecimentos sobre a magnitude, o risco e o impacto social da violência na Venezuela.

    Em setembro, o OVV, em conjunto com a organização Centros Comunitários de Aprendizagem (Cecodap), apresentou relatório em que detalha que entre 2017 e 2019 ocorreram 3.738 mortes violentas de menores de idade.

    “[Um total de] 3.738 mortes violentas de crianças e adolescentes [ocorreram] entre 2017 e 2019. Desse número de mortes, 917 (24,5%) foram de meninos e meninas e 2.821 (75,5%) de adolescentes”, explicou a organização no documento.

    Relacionadas

    Comunidade do Jardim Assunção recebe unidade de saúde totalmente reformada

    O prefeito José Carlos do Pátio encerrou a agenda desta semana com a entrega das obras de reforma e revitalização da unidade Estratégia de...

    Foragido da justiça e comparsa são presos após furto em propriedade rural

    Dois homens de 30 e 44 anos foram presos em uma ação conjunta da Polícia Civil (PC) e Polícia Militar (PM) suspeitos de furtar...

    MP muda tabela do preço do frete rodoviário de carga

    Foi publicada hoje (17) no Diário Oficial da União (DOU) a Medida Provisória (MP) 1117/2022 que altera uma regra para a elaboração da tabela...

    Em Cuiabá, Mandetta diz que candidatura de Bivar não interfere em palanque de Mauro Mendes

    O ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (UB), visitou o Palácio Paiaguás, sede do Poder Executivo estadual, nesta quinta-feira (19)....

    Sine-MT divulga 2,1 mil vagas de emprego nesta semana

    Visando estimular a contratação de trabalhadores para o mercado de trabalho, o Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT), órgão vinculado à Secretaria de Estado de...

    Rondonópolis recebe Fórum da Indústria na quinta-feira (19)

    Após passar por Sinop e Cáceres, o Fórum da Indústria itinerante, organizado pelas entidades que integram o Sistema Federação das Indústrias de Mato Grosso...

    Em Rondonópolis, IFMT abre vaga para professor de Matemática e estágio na área de Administração

    O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Rondonópolis está com uma vaga aberta para professor temporário para a área de matemática. A vaga...

    Trabalhadores sobreviventes seguem internados em UTI de hospital particular

    Os três trabalhadores que sobreviveram à tragédia ocorrida no último sábado, no Distrito Industrial antigo, em Rondonópolis, seguem internados em uma Unidade de Terapia...

    Termina hoje o prazo de inscrição para o Enem 2022

    Termina às 23h59 deste sábado (21), horário de Brasília, o prazo de inscrição para as versões impressa e digital do Exame Nacional do Ensino...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas