Agora MT Destaques Wellington diz que Brasil está preparado para industrializar vacinas contra Covid
CT-COVID19

Wellington diz que Brasil está preparado para industrializar vacinas contra Covid

Relator da Comissão Temporária da Covid-19 no Senado, o senador de Mato Grosso destacou a atuação visando produção de vacinas em larga escala no país; relatório final foi aprovado ontem

Da Redação

Imagem: styvenson wellington Wellington diz que Brasil está preparado para industrializar vacinas contra Covid
O presidente da Comissão, Styvenson Velentim, e o relator Wellington Fagundes destacaram busca por soluções – Foto: Agência Senado

Após oito meses de trabalho e 45 reuniões, a Comissão Temporária da Covid-19 (CTCovid19) encerrou seus trabalhos nesta quarta-feira (8), com a aprovação do relatório final, de 518 páginas. Segundo o relator, senador Wellington Fagundes (PL-MT), a partir das reuniões realizadas e dos documentos recebidos, foi possível “compreender melhor a pandemia, contribuir para seu controle e chegar a algumas conclusões a respeito das ações e omissões dos gestores públicos e  suas consequências para a população brasileira”.

Imagem: numeros ctcovid Wellington diz que Brasil está preparado para industrializar vacinas contra Covid
Fonte: Agência Senado

Ainda de acordo com Wellington, a comissão permitiu “vislumbrar medidas importantes para minimizar os efeitos da crise sanitária sobre a economia, a educação, a sociedade e o país, e para nos preparar melhor para o enfrentamento a situações semelhantes no futuro”.

A comissão foi instalada em março, por requerimento do senador Eduardo Braga (MDB-AM), motivado pela crise de oxigênio que atingiu Manaus no início do ano, no auge da pandemia da covid-19. Nesse período, foram 39 audiências públicas, com a participação de 135 convidados externos, que desnudaram os problemas de gestão da pandemia, citados no relatório final, como a falta de coordenação do governo federal e a demora no início da imunização.

A contribuição dos senadores não se limitou ao debate de soluções. O relator da comissão foi autor de um projeto que se transformou em lei em outubro, permitindo a adaptação de plantas industriais de saúde animal para a produção de vacinas humanas (PL 1.343/2021). A comissão também visitou unidades de fabricação de vacinas para avaliar a capacidade produtiva do Brasil.

“A pandemia tem que servir de exemplo para que a gente possa superar nossas dificuldades. Nossa produção tecnológica e científica tem que ser desburocratizada. É preciso fazer com que as nossas pesquisas saiam da prateleira e virem nota fiscal”, concluiu Wellington.

Imagem: syvenson espiridiao wellington Wellington diz que Brasil está preparado para industrializar vacinas contra Covid
Senadores lembraram que luta contra a Covid-19 interessam a todos os brasileiros – Foto: Ag. Senado

Presidindo os trabalhos, o vice-presidente da comissão, senador Styvenson Valentim (Podemos-RN), ressaltou a importância da atuação do presidente da CTCovid19, senador Confúcio Moura (MDB-RO), que em setembro se licenciou para percorrer seu estado.

“Foi uma honra estar aqui todos os dias aprendendo com senadores como ele, Wellington Fagundes e Esperidião Amin”, afirmou Styvenson.

DESEQUILÍBRI
Esperidião Amin (PP-SC) aproveitou a reunião para lembrar que ainda há ensinamentos a serem aprendidos com os trabalhos da comissão, como a necessidade de uma “solidariedade de fato, e não de papo”.

“Esse desequilíbrio que o mundo mostra hoje, com grandes estoques de vacina [em alguns países], se choca com a falta de vacinas em grande parte da população do mundo, especialmente do continente africano. E isso reduz a segurança de todos. Não adianta salvar a primeira classe do Titanic. Se ele afundar, afundarão todas”, alertou.

Relacionadas

Sebrae/MT e Seduc realizam ‘Circuito de Palestra Estudantil’ em Barra do Garças e Rondonópolis

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Mato Grosso (Sebrae/MT) e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) realizarão...

Integrante de facção é preso pela Polícia Militar com armas, munições e bomba caseira

Equipes do 12º Batalhão apreenderam, nesta quinta-feira (20), duas armas de fogo, 163 munições, um artefato explosivo e prenderam um homem suspeito de integrar...

Prefeitura anuncia convocação de 120 professores em Rondonópolis

A Prefeitura de Rondonópolis-MT irá realizar uma nova convocação de aprovados no concurso 01/2023. O anúncio foi feito durante uma coletiva com a imprensa,...

Homem de 53 anos é executado a tiros por dupla em motocicleta

Um homem de 53 anos, identificado como Flavio Moreira Gomes, foi executado a tiros na noite desta quinta-feira (20), em Tangará da Serra-MT. Segundo...

IFMT Rondonópolis abre 40 vagas para curso superior na área de Tecnologia

O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Rondonópolis está com 40 vagas abertas para o curso superior em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento...

Homem que esperou companheira dormir e a matou com golpes de faca na Vila Olinda é condenado

O réu Paulo Mariano foi condenado, nesta terça-feira (18) em Rondonópolis, a 17 anos de prisão pelo feminicídio cometido contra a sua esposa Zildenete...

Acidente envolvendo carro e bicicleta elétrica deixa jovem de 18 anos ferido na BR-364

Um acidente envolvendo um carro e uma bicicleta elétrica foi registrado na tarde desta sexta-feira (21), na BR-364, em Rondonópolis-MT. O jovem de 18...

Governo Federal deixou de arrecadar R$ 140,8 bi em 2022 com benefícios para importação

O Governo Federal deixou de arrecadar R$ 104,8 bilhões em 2022 com isenções fiscais para importação. Deste total, a maior parte (74,2%) foi para...

Polícia Federal deflagra operação para desarticular grupo criminoso especializado no transporte de cocaína

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (17), em Cuiabá-MT, Cáceres-MT e Juína-MT, a Operação Cognome, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso especializado...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas