Agora MT Notícias Ciro diz que Moro e Lava jato usaram a Justiça como 'covil...
NOVAS GRAVAÇÕES

Ciro diz que Moro e Lava jato usaram a Justiça como ‘covil de milicianos’

Gravações divulgadas nesta terça-feira mostram procuradores articulando ataques a Ciro, seu irmão Cid Gomes (PDT/CE) e também ao deputado Rodrigo Maia e ao jornalista Márcio Chaer

Da Redação

Imagem: cirogomes Ciro diz que Moro e Lava jato usaram a Justiça como 'covil de milicianos'
Ciro Gomes teve nome oficializado como pré-candidato a presidente pelo PDT – Foto: Reprodução

O pré-candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes, reagiu hoje (25) às revelações de que seu nome foi alvo de conversas secretas entre procuradores responsáveis pela operação Lava Jato. Trechos dos diálogos foram divulgados pela revista Carta Capital e mostram que os procuradores procuraram algo nas investigações que pudesse ser usado contra Ciro e seu irmão, o senador Cid Gomes (PDT-CE).

As conversas publicadas pela revista também mostram os procuradores discutindo ataques ao então presidente da Câmara Federal, o deputado Rodrigo Maia (sem partido/RJ) e o jornalista Márcio Chaer, ambos críticos da operação.

Os diálogos fazem parte do caso que ficou conhecido como Vaza Jato, vazamento de diálogos entre procuradores e o então juiz Sergio Moro tratando sobre assuntos da operação. Eles foram procurados pela revista, mas não quiseram se manifestar.

Conforme a reportagem, em 13 de janeiro de 2019, no grupo chamado “Filhos do Januário 4”, a procuradora Laura Tessler enviou uma mensagem perguntando se havia algo que pudesse ser usado contra Ciro no que fora coletado pelas investigações.

“Tava louquinha pra fazer uma visita pra ele”, escreveu a procuradora se referindo a uma possível operação contra o pedetista.

Felipe D’Élia Camargo responde que Léo Pinheiro, da empreiteira OAS, havia feito acusações contra Ciro, mas voltou atrás ao ser ouvido. A também procuradora Jerusa Viecili participou da conversa e disse que havia algo no acordo da Galvão Engenharia, e Laura comemora.

Ciro disse que os diálogos são “mais uma prova de que a organização criminosa comandada por Moro e Dallagnol transformou a estrutura da Justiça em um covil de milicianos”.

O pré-candidato, que já foi governador do Ceará e Ministro da Fazenda, mencionou a operação da qual ele e o irmão foram alvo em dezembro do ano passado, para investigar um suposto esquema de fraude e pagamento de propina durante obras do estádio Castelão, em Fortaleza, entre 2010 e 2013.

Imagem: Deltan dalangnol Ciro diz que Moro e Lava jato usaram a Justiça como 'covil de milicianos'
Deltan Dallagnol, que era um dos chefes da Lava Jato, disputará eleições neste ano no mesmo partido de Sérgio Moro – Foto: Reprodução

“O tempo está servindo para desmascarar este método nefasto, mas seus efeitos, infelizmente, ainda vão perdurar. A operação abusiva que sofri recentemente é um reflexo tardio deste lavajatismo que ainda sobrevive”, completou.

MAIA E CHAER
Rodrigo Maia, chamado de ‘fdp’ pelos procuradores, disse que o trecho conversas comprometem ainda mais o ex-ministro e pré-candidato a presidente pelo Podemos Sérgio Moro (Podemos), confirmando a existência de uma organização comandada pelo ex-juiz e integrada por vários procuradores e parte do Ministério Público”.

“A forma como eles agiam era tentar constranger as pessoas através das redes sociais, inclusive usando o aparelho do Estado brasileiro, o que é crime. A LavaJato tentou ocupar o aparelho do Estado brasileiro. São milicianos da mesma forma. O que vemos é que foi montada uma organização criminosa para avançar em cima das instituições para que esse grupo tomasse o poder”, disse Maia.

Já o jornalista Márcio Chaer, editor do Conjur, revista eletrônica especializada na cobertura jurídica. Crítico da LavaJato, ele é xingado de ‘pilantra’ e um dos procuradores chega a dizer que havia encontrado um material supostamente incriminador ele, mas diz que o caso “não deu em nada”.

“Acho até espantoso que eles não tenham sido mais ofensivos, dado o grau de irresponsabilidade e amadorismo com que eles sempre acusaram seus alvos. Não tenho problema em debater sobre minha vida profissional, empresarial ou pessoal. O que está em questão é a desonestidade de policiais, procuradores e juízes que adotaram a mentira como ferramenta de trabalho. O centro de tudo são as práticas jurídicas corruptas que esses agentes cometeram”, disse Chaer.

Relacionadas

Polícia Militar recupera caminhonete roubada e dupla é presa em hotel

Uma caminhonete roubada foi recuperada pela Polícia Militar (PM), na MT-299, em um hotel, na noite desta terça-feira (21), em Itiquira-MT. Dois suspeitos foram...

Inscrições para o Enem 2024 começam nesta segunda-feira (27)

O período de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 começa nesta segunda-feira (27) e segue até 7 de junho. A...

Dois bombeiros militares são denunciados pelo MP por homicídio de aluno

A 13ª Promotoria de Justiça Criminal de Cuiabá - Crimes Militares denunciou, nesta quinta-feira (23), o Cap BM Daniel Alves de Moura e Silva...

Menino de 12 anos é atropelado após sair de casa escondido para andar de bicicleta

Um menino de 12 anos ficou ferido após ser atropelado por uma moto ao tentar atravessar a MT-480, na noite desta terça-feira (28), em...

IBGE diz que quase 94% da população brasileira se vacinou contra a covid-19

No primeiro trimestre de 2023, 188,3 milhões de pessoas de 5 anos ou mais de idade tinham tomado pelo menos uma dose de vacina...

Mãe de vítima de estupro de vulnerável é presa pela Polícia Civil por coação em processo

A mãe de uma menor vítima de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na tarde de terça-feira (21),...

Com aumento de efetivo, PM inicia operação e reforça segurança em Rondonópolis

A Polícia Militar (PM) lançou mais uma operação para intensificar a segurança em pontos estratégicos de Rondonópolis-MT, na noite desta sexta-feira (24). A atuação policial...

Segunda-feira (27) começa vacinação contra poliomielite

A partir da próxima segunda-feira, 27 de maio, as unidades de saúde estarão com as atenções voltadas para as crianças com o início da...

Começa hoje consulta ao lote de restituição do IRPF

A partir das 10h desta quinta-feira (23), cerca de 5,6 milhões de contribuintes que entregaram a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física saberão...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas