Mais
    Agora MT Destaques Claudinei critica 'batalhão da PM' reservado para segurança do Governador
    EXAGERO

    Claudinei critica ‘batalhão da PM’ reservado para segurança do Governador

    O parlamentar analisa que há unidades policiais do interior com apenas um servidor e considerou um exagero o gestor estadual possuir 83 militares ao seu dispor

    FONTE
    VIA

    Imagem: claudinei lopes Claudinei critica 'batalhão da PM' reservado para segurança do Governador
    O deputado estadual Claudinei Lopes disse que efetivo destinado ao governador é maior que o de muitas cidades mato-grossenses – Foto: Assessoria

    O deputado estadual delegado Claudinei (PSL) manifestou indignação hoje (19) com o contingente de policiais destacado para cuidar da segurança pessoal do governador Mauro Mendes e familiares. Com larga experiência na segurança pública, onde atuou como delegado de polícia por mais de 18 anos, o deputado considerou exagerado destinar mais de 80 profissionais da área para esta função enquanto faltam policiais em várias cidades do estado.

    Claudinei citou reportagens que destacaram o lotacionograma do 1° semestre de 2022, publicado pelo Diário Oficial do Estado (DOE), de n.° 28.165. A informação é que são 80 servidores da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT) – com diferentes cargos – e três profissionais do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) para atender a Governadoria.

    “Realmente, isso é uma evidência forte que comprova o motivo do governador não se preocupar com a segurança pública de Mato Grosso. Afinal, ele está muito bem. É praticamente um batalhão da PM dentro do seu gabinete, no Palácio Paiaguás. Todo ao seu dispor”, indigna o parlamentar.

    COMPARATIVO
    Diante da informação divulgada, Claudinei fez um comparativo sobre os dados obtidos com o diagnóstico realizado, quando presidia a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa, em 2020, ao visitar 13 polos regionais da Região Integrada da Segurança Pública de Mato Grosso (Risp).

    “Entreguei nas mãos do governador, em fevereiro de 2021, um relatório com todas as informações necessárias e as deficiências identificadas para melhorias nas instituições da segurança pública dos polos regionais. Um dos dados foi sobre o déficit de pessoal nas unidades da Polícia Militar do interior. Tanto que tem cidades que possui só um policial para atender uma população com cinco mil habitantes ou mais!”, mencionou o parlamentar.

    Ele cita que o 13° Comando Regional da PM de Água Boa, responsável no atendimento de 11 municípios, precisava do aumento de 50% do efetivo já existente. Já a Regional de Alta Floresta, o 9° Comando que atende oito municípios da região norte de Mato Grosso e enfrenta um grande problema devido à extensão territorial da região, precisava ter, no mínimo, 400 militares e só tinha 142. “Esses são alguns exemplos das regionais que visitamos. Isso foi em 2020. De repente essa situação deve ter piorado e muito”, frisa Claudinei.

    Já os 6° e 10° Comandos Regionais de Cáceres e Vila Rica, ambos com 12 municípios, necessitavam respectivamente reforçar o efetivo com 80 militares e ampliar o número de servidores para 44. “Essa é a realidade esquecida pelo governo de Mato Grosso que está mais preocupado em disponibilizar 83 militares para atender um governador que não se preocupa com a segurança da sociedade mato-grossense. Considero isso tudo, um absurdo!”, declarou o deputado.

    CONCURSO
    O parlamentar ainda lembra das unidades policiais que possuem apenas um militar que faz revezamento para atender a população diariamente. “Isso acontece devido alguns militares estarem de férias e outros com licenças prêmios ou de saúde. Tanto que, nas visitas, identificamos as cidades de Guariba e Nova União, pertencentes à Regional de Juína – e o município de União do Sul da Regional de Sinop com apenas um policial militar”, explica.

    Com os concursos públicos para a segurança pública, em fase de inscrições, a gestão estadual pretende suprir a falta de pessoal na PM, Polícia Judiciária Civil (PJC), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e CBM de Mato Grosso. Claudinei já analisa que não vai resolver o problema das categorias devido à pretensão ser de nomear apenas 1.200 candidatos aprovados.

    “Infelizmente, essa quantidade definida não vai atender a necessidade das forças de segurança. O déficit de pessoal ultrapassa essa quantidade proposta pelo governador. Para mim, ele faz concurso para fins políticos. A gente espera que ele coloque a mão na consciência e avalie a condução dessa gestão em relação à segurança pública”, conclui o deputado.

     

    (com informações da Assessoria)

    Relacionadas

    Secretaria prorroga prazo de inscrições dos editais da Cultura

    A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) prorrogou, para o dia 31 de maio, o prazo de inscrições dos editais Viver...

    Moradores de Xangai são autorizados a fazer compras, mas seguem em confinamento

    Mais moradores de Xangai tiveram liberdade de sair para comprar mantimentos pela primeira vez em quase dois meses nesta quinta-feira (19), enquanto as autoridades...

    Sobem para 429 os casos de hepatite misteriosa no mundo

    O número de casos de hepatite aguda infantil de origem desconhecida é agora de 429 — 81 a mais que há uma semana, disse...

    Rússia diz que 700 combatentes se renderam em Mariupol

    Quase 700 combatentes ucranianos se renderam na siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, nas últimas 24 horas, anunciou hoje (18) a Rússia, mas os líderes...

    Fundações lançam curso gratuito para ajudar quem deseja estudar fora do país

    Estudar fora do país é o sonho de muitos estudantes, mas as dúvidas sobre as formas de acessos são inúmeras. Com objetivo de responder...

    Mudanças climáticas levam brasileiros a viajar de maneira mais consciente

    As estadias sustentáveis estão ganhando visibilidade e, cada vez mais, as pessoas estão conscientes delas - é o que revela o Relatório de Viagens...

    Homem abre fogo dentro de supermercado, transmite ataque na internet e mata cerca de dez pessoas

    Um homem entrou em um supermercado em Buffalo, no estado americano de Nova York, e abriu fogo contra clientes e funcionários que estavam no...

    Morre passageira de caminhonete atingida por carreta em trágico acidente na BR-364

    Morreu no hospital a passageira da caminhonete envolvida em um grave acidente registrado na manhã desta quinta-feira (19) na BR-364. Mara Sílvia de Carvalho,...

    Ciosp registra quase três mil denúncias anônimas no primeiro quadrimestre de 2022

    De janeiro a abril de 2022, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), recebeu...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas