Mais
    Agora MT Manchetes Empresários da indústria estão menos otimistas e mais cautelosos
    INCERTEZAS

    Empresários da indústria estão menos otimistas e mais cautelosos

    Sondagem da CNI mostra que incertezas políticas, falta de matérias-primas e avanço da Covid-19 desanimam o setor

    FONTE
    VIA

    Os empresários da indústria terão meses de cautela pela frente. Diante de incertezas políticas e econômicas principalmente com o ano eleitoral, da alta de casos de Covid-19 e das persistentes dificuldades de obtenção de matérias-primas, 2022 será mais de pé no freio do que de grandes investimentos.

    Sondagem com representantes do setor, divulgada nesta quinta-feira (20) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), mostrou que, apesar de a utilização da capacidade instalada não ser das piores (em dezembro, foi de 68%, acima da apresentada no último mês de vários anos anteriores), o otimismo é menor do que o do início de 2021.

    O gerente de análise industrial da CNI, Marcelo Azevedo, explica que dezembro é um mês em que naturalmente cai a produção, na comparação com novembro. Isso porque as fábricas trabalham forte para suprir as vendas de fim de ano das lojas e tendem a reduzir a velocidade no último mês.

    Por esse motivo, afirma, não foi ligado o alerta vermelho na indústria com as quedas na produção e na utilização das máquinas apontadas pela sondagem de dezembro.

    O índice de evolução da produção ficou em 43,3 pontos, resultado abaixo da linha divisória de 50 pontos, que separa a expectativa de redução ou crescimento. “Não obstante, a queda na passagem de novembro para dezembro de 2021 foi mais intensa que em 2020, quando o índice ficou em 46,8 pontos”, destaca a confederação.

    No fim de 2020, diz Marcelo Azevedo, as unidades estavam trabalhando mais para suprir a demanda de um mercado interno aquecido pelo auxílio emergencial e havia a expectativa de que a pandemia estava em seus últimos momentos, o que não se confirmou.

    O índice de expectativa de demanda caiu 2,7 pontos na comparação de janeiro de 2022 com janeiro de 2021.

    Para o analista da CNI, a dificuldade para encontrar insumos e os altos impostos continuarão a ser problemas graves em 2022, e a eles se somam as indefinições políticas e econômicas trazidas pela próxima eleição.

    “A cautela é inevitável. Não se sabe ainda o rumo que as políticas econômicas podem tomar a partir do ano que vem, e isso deixa naturalmente os industriais com receio. Falou-se pouco ainda sobre economia nas propostas dos candidatos”, comentou.

    Outra preocupação é a pandemia. “Não se sabe o que vai acontecer e que impacto o aumento de casos já teve e terá na produção. Normalmente os primeiros meses do ano são de baixa, mas é preciso esperar mais algum tempo para ver quanto a atividade ficou comprometida.”

    Relacionadas

    Novos cartões do ‘Ser Família Emergencial’ começam a ser entregues nesta terça em Rondonópolis

    Começam a ser entregues amanhã (17) e seguem até sexta-feira (20) os novos cartões do programa ‘Ser Família Emergencial’ em Rondonópolis. O programa é...

    Associação Brasileira de Medicina do Tráfego alerta para riscos do celular ao volante

    Pelo menos 250 mil motoristas foram flagrados usando o celular no trânsito em 2021, mostra levantamento da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet),...

    Justiça acata defesa de Percival e extingue ação por supostas fraudes em licitação

    O juiz da Primeira Vara Pública de Rondonópolis, Francisco Rogério de Barros, extinguiu uma ação por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Rondonópolis, Percival...

    Denúncias de maus-tratos contra animais são alvo de operação da Polícia Civil

    Uma operação com objetivo de apurar denúncias de maus-tratos em Cuiabá e Várzea Grande foi deflagrada pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (11.05), na Operação...

    Após fugir da Polícia, homem continua realizando comércio de drogas em novo endereço e acaba preso

    Um homem foi preso pelo Grupo de Apoio (GAp) da Polícia Militar (PM) na manhã desta terça-feira (10), em uma residência, no bairro Vila...

    Dois trabalhadores morrem soterrados e três ficam feridos após estrutura de armazém ceder

    Ildoney de Jesus Alves, 36 anos, natural de Mineiros-MT e Weverton Aparecido de Souza Costa, 19 anos, natural de Rondonópolis-MT morreram soterrados após a...

    Festival literário reúne autores contemporâneos em Itu

    Entre os dias 19 e 22 de maio, a histórica Itu (SP) será transformada num pólo de manifestações artísticas, literárias e culturais, a partir...

    Comércio ilegal de agrotóxico é alvo de operação da PF em MT

    A 'Operação Mãe-Terra' foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (12) no Estado de Mato Grosso (MT).  A ação investiga a...

    Projeto que proíbe contratação de condenados por crimes contra a mulher já existe desde 2020

    O projeto de Lei número 05/2022, de autoria do vereador Paulo Schuh, que “veda a contratação em cargos públicos em decorrência de empresas terceirizadas,...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas