Mais
    Agora MT Opinião do Leitor Liberdade individual ou atentado à saúde coletiva?
    OPINIÃO

    Liberdade individual ou atentado à saúde coletiva?

    Imagem: Liberdade individual ou atentado à saúde coletiva?
    Nestor Fidelis é  advogado com especializações em Direito Público e do Estado – Foto: Divulgação

    Nos últimos dias, a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso aprovou em primeiro turno o projeto de lei que proíbe a obrigatoriedade da apresentação de comprovante de vacinação para entrada em locais públicos e privados. A discussão na Casa de Leis foi muito tensa, pois os deputados que estavam contra e a favor do projeto colocaram na mesa todos os seus argumentos de defesa ou repúdio.

    Com toda certeza, uma das declarações mais utilizadas durante a sessão foi em defesa da liberdade individual do cidadão e da cidadã em escolher, com base no livre-arbítrio, se ele ou ela se vacina ou não contra a covid-19. O que me causa estranheza é a politização de um assunto específico de saúde, cuja responsabilidade deveria ser dos órgãos e instituições que regem a Saúde no nosso estado.

    O Brasil, que sempre foi exemplo em campanhas de imunização, se vê diante de pessoas que discordam de argumentos técnicos-científicos já amplamente revisados pela comunidade científica mundial em detrimento de “achismos” e fake news.

    A responsabilidade de se vacinar é de cada um de nós, porque é diante deste ato de compaixão e consciência que podemos minimizar os efeitos da doença em nosso corpo e barrar as múltiplas mutações que vêm acontecendo no novo coronavírus.

    A liberdade individual é um direito fundamental de cada um, mas não é superior aos cuidados para com o direito à vida e todos os meios de preservá-la, sobretudo quando se trata de uma pandemia. É extremamente perigoso o mundo inteiro estar imerso nesta onda negacionista. Negou-se o vírus, negou-se a doença, negou-se a existência de sequelas e agora nega-se novamente as vacinas.

    Diziam que o vírus não sobreviveria ao calor brasileiro, que era uma pequena gripe, que não haveria consequências graves para os infectados. Estimula-se, ainda, a recusa às vacinas e agora de modo mais grave, pois é dever dos pais proteger as crianças, que sempre foram vacinadas em todas as campanhas nacionais de imunização e aqui eu pondero o sucesso aos órgãos de saúde pública.

    Por isso, enquanto a sua liberdade individual interferir na saúde coletiva, eu vou continuar defendendo a vacinação em massa e a liberação de acesso aos locais fechados públicos e privados mediante a apresentação de comprovantes de vacinação.

    Nestor Fidelis é  advogado com especializações em Direito Público e do Estado; doutor em Ciências Jurídicas e Sociais; foi professor em curso de pós-graduação em Direito Eleitoral; presidente da comissão de Políticas sobre Drogas da OAB/MT, membro em outras comissões; foi secretário adjunto de Justiça de Mato Grosso; presidiu o conselho estadual de Políticas sobre Drogas; foi advogado e coordenador jurídico da Associação Mato-Grossense dos Municípios por 10 anos e foi procurador-geral do Município de Cuiabá.

    Relacionadas

    Adonias nega confusão com diretório municipal do MDB

    O diretório municipal do MDB deu nesta semana o pontapé inicial nas discussões sobre as eleições. O assunto foi discutido na reunião da executiva...

    Secretaria de Saúde abre inscrições para processo seletivo das unidades especializadas

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) abriu nesta segunda-feira (17.01) as inscrições para o processo seletivo simplificado das unidades especializadas, desconcentradas/regionalizadas e nível central...

    Polícia apreende fuzil, pistola e munições durante abordagem a caminhonete

    Um homem foi preso e a Polícia Militar (PM) apreendeu um fuzil, uma pistola, várias munições e outros materiais ilícitos, na madrugada deste domingo...

    Fifa inicia venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2022

    A primeira fase da venda de ingressos para a Copa do Mundo do Catar começou nesta quarta-feira (19), às 7h (horário de Brasília), e...

    Vídeo mostra momento em que fotógrafo é atingido ao tentar atravessar rodovia

    O fotógrafo Reginaldo da Silva, conhecido como Jack Paparazzo, de 43 anos morreu após bater a moto em uma carreta na Rodovia dos Imigrantes,...

    Mato Grosso recebe 140 mil doses de vacina contra a Covid-19 amanhã (18)

    O Ministério da Saúde informou ao Estado o envio de 140 mil doses da vacina Pfizer para a imunização dos grupos prioritários da Campanha...

    Policiais Penais frustram tentativa de fuga na Mata Grande

    Policiais Penais que trabalham na Penitenciária Major Eldo de Sá, conhecida como Mata Grande, em Rondonópolis, frustraram uma tentativa de fuga nesta terça-feira (18)....

    Twitter lança função para denunciar fake news no Brasil após pressão

    O Twitter anunciou, nesta segunda-feira (17), o lançamento de uma ferramenta de denúncias de desinformação no Brasil. A decisão de lançar o recurso, que foi tomada semanas...

    Criança de 10 anos sofre parada cardíaca e cidade do interior de SP suspende vacinação

    O município de Lençóis Paulista, no interior de São Paulo, suspendeu nesta quarta-feira (19) a vacinação de crianças com idade entre 5 e 11...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas