Mais
    Agora MT Notícias Papagaios estão enfrentando uma onda de alcoolismo na Austrália
    ENTENDA

    Papagaios estão enfrentando uma onda de alcoolismo na Austrália

    Mangas fermentadas deixaram dezenas de aves bêbadas, que sofrem para voar e escapar de predadores astutos

    FONTE
    VIA

    Imagem: PAPAGAIO Papagaios estão enfrentando uma onda de alcoolismo na Austrália
    Papagaios bêbados- FLICKR/KITTYKAT79 /SOB LICENÇA CREATIVE COMMONS

    Uma onda de intenso alcoolismo está atingindo espécies de papagaios de regiões ocidentais da Austrália. Diversos exemplares de papagaios asa vermelha (Aprosmictus erythropterus) da região de Kimberly foram flagrados consumindo mangas fermentadas e voando sob o efeito do álcool natural produzido por elas.

    As maiores incidências de animais bêbados ocorreram por volta do Natal, no fim da temporada de mangas da Austrália.
    Como mangas são muito açucaradas, a fermentação produz elevadas taxas de álcool assim que fermentam.

    Para intensificar o problema, muitas dessas mangas “passadas” são dispensadas por agricultores e se tornam comida fácil para animais, incluindo nossos amigos papagaios.

    Apenas um hospital veterinário local recebeu seis papagaios embriagados no final de dezembro, segundo a rede ABC Austrália.

    Alguns deles morreram, segundo registros: se chocaram com obstáculos ou foram atropelados enquanto lutavam para encontrar alguma sanidade em estradas. Outros ainda se tornaram presas fáceis de predadores, principalmente gatos.

    Uma reportagem de 2010, também da rede ABC, mostrou como ficam os papagaios após ingerirem frutas fermentadas. É um estranho espetáculo, como pode ser visto abaixo.

    Paul Murphy, um dos veterinários entrevistados, afirmou que os efeitos alcoólicos nos animais podem “durar vários dias”.

    Ele ainda deixou claro que não é o álcool que mata as aves, e sim a falta de coordenação gerada por ele, que os deixa vulneráveis a predadores ou ferimentos durante a locomoção.

    Relacionadas

    Em Rondonópolis, IFMT abre vaga para professor de Matemática e estágio na área de Administração

    O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) Campus Rondonópolis está com uma vaga aberta para professor temporário para a área de matemática. A vaga...

    Idoso de 70 anos é acusado de estuprar menina de 11 em Rondonópolis

    Um caso de estupro de vulnerável contra uma menina de apenas 11 anos foi registrado ontem (15) em Rondonópolis. Até a confecção do Boletim...

    Palmeiras não acerta o gol adversário em 70% das finalizações

    O Palmeiras mais uma vez esbarrou nas finalizações erradas e não saiu do empate com o Fluminense, em 1 a 1, mesmo saindo na...

    Materiais furtados são recuperados por investigadores e menor é apreendido

    Vários materiais furtados foram recuperados pelos investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) nesta terça-feira (10), em Rondonópolis (MT). Um adolescente suspeito...

    Mulher de Leonardo relata como foi perdoar traições do cantor: ‘Processo longo e doloroso’

    Poliana Rocha revelou nos stories como foi perdoar as traições do marido, Leonardo. Os dois estão casados há mais de 25 anos. Ao abrir uma...

    Polícia prende Paulo Cupertino, acusado pela morte de ator Rafael Miguel e família

    A polícia de São Paulo prendeu na tarde desta segunda-feira (16) Paulo Cupertino, acusado pelos assassinatos do ator Rafael Miguel e de sua família. Cupertino...

    Grupo de Pátio pediu a Russi que convencesse Marildes a desistir de pré-candidatura à AL

    Desde que chegou ao PSB, o grupo liderado pelo prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, pediu, algumas vezes, que o presidente da sigla...

    Comandantes russos são acusados de matar os próprios soldados feridos

    Comandantes do exército da Rússia estão sendo acusados por suas próprias tropas de matar os soldados russos que estão feridos em vez de oferecer...

    As 20 melhores músicas para acordar, segundo a ciência

    Você não é uma pessoa matinal? Saiba que sua música de alarme pode ser a culpada! Bom, pelo menos é isso o que afirma...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas