Mais
    Agora MT Destaques Sindicato dos médicos manifesta preocupação após visita à unidades de Saúde em...
    DIAGNÓSTICO

    Sindicato dos médicos manifesta preocupação após visita à unidades de Saúde em Rondonópolis

    O presidente do Sindimed-MT, Adeildo Lucena, e outros diretores do sindicato estiveram no Hospital Regional, Upa e SAMU e constataram rotina estafante enfrentada pelos médicos

    FONTE
    VIA

    Imagem: Adeildo sindimed HR Sindicato dos médicos manifesta preocupação após visita à unidades de Saúde em Rondonópolis
    Adeildo Lucena conversou com médicos sobre a realidade enfrentada pela categoria em Rondonópolis – Foto: Assessoria

    O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT) começou por Rondonópolis uma série de visitas para checar ‘in loco’ a realidade dos profissionais e também a estrutura disponível nas redes de saúde pública do estado e dos municípios. Acompanhado de outros diretores o presidente do Sindimed, Adeildo Martins Lucena Filho, esteve no Hospital Regional Irmã Elza Giovanella e também na UPA e na sede do Samu.

    “Fomos bem recebidos em todos os locais e ainda estamos organizando os dados reunidos. Mas, preliminarmente, posso dizer que vimos muitas dificuldades por causa da pandemia e, agora, também da epidemia de gripe. Percebemos cansaço e desalento. Há uma desesperança no futuro por causa da jornada de trabalho extensa e do não reconhecimento por parte dos gestores ao trabalho desenvolvido pelos médicos”, disse Adeildo à reportagem do Agora MT.

    O principal objetivo é reunir dados para retomar as negociações com o Governo do Estado visando a realização de um grande concurso público, algo que não ocorre há 19 anos em Mato Grosso e está previsto no Termo de Ajuste de Conduta firmado há quase três anos entre o atual governo e o Ministério Público.

    Em Rondonópolis o levantamento prévio mostrou que é preciso abrir pelo menos 150 vagas de médicos. Mas, conforme o presidente do Sindimed, algumas ações podem ser tomadas imediatamente para aliviar a sobrecarga dos médicos e melhorar o atendimento à população.

    “Existem leitos clínicos e de UTI parados no Hospital Regional que demandam apenas a contratação de enfermeiros e técnicos de enfermagem. O Estado já poderia ter contratado e colocado para funcionar”, citou.

    INCERTEZAS
    Adeildo Lucena disse que vários médicos reclamaram da rotina estafante e também das incertezas decorrentes dos contratos precários de trabalho, que não garantem direitos básicos como férias, 13º e FGTS. Muitos emendam os plantões, passando semanas sem folga e abrindo mão do convívio familiar – o que amenta o desgaste.

    O sindicalista afirmou ainda que o cenário encontrado no Hospital Regional, mantido pelo Governo do Estado, se repete na Central de Regulação e na rede municipal de Saúde mantida pela Prefeitura de Rondonópolis.

    “A cidade já tem um movimento expressivo, com uma população grande que ainda envolve o entorno. Somando os municípios vizinhos temos quase meio milhão de pessoas usando o Hospital Regional e a estrutura de Saúde da cidade de Rondonópolis. Todos necessitam de profissionais qualificados, empenhados, comprometidos e devidamente descansados para atuar. Não vimos isso atualmente”, disse Adeildo.

    O médico Kléber Amorim, vice-diretor administrativo de Administração e um dos representantes sindicais de Rondonópolis, acompanhou as visitas. O grupo também foi integrado pela equipe jurídica do Sindimed-MT.

    Adeildo Lucena disse que a agenda prevê incursões semelhantes a todos os municípios polo do Estado. A próxima, ainda em janeiro, será em Sorriso. A agenda inclui também as cidades de Colíder, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra e Sinop entrou outros municípios.

    Imagem: visita sindicmed Sindicato dos médicos manifesta preocupação após visita à unidades de Saúde em Rondonópolis
    Grupo do Sindimed-MT visitou as dependências do Hospital Regional Irmã Elza Giovanella – Foto: Assessoria

    Relacionadas

    Cerca de 30 animais entre cães e gatos foram encontrados carbonizados

    Pelo menos 30 animais foram encontrados carbonizados em área de mata de Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta...

    Mulher é espancada após atender o celular do companheiro e flagrar mensagens dele com suposta amante

    Uma mulher sofreu uma tentativa de feminicídio após atender o celular do companheiro, em Tangará da Serra-MT. A empresária e estudante de Biomedicina, Josiane...

    Conheça quatro alimentos recomendáveis para pele acneica

    Acne é um problema inflamatório da pele que geralmente afeta o rosto resultando em manchas e espinhas. Pode acontecer em qualquer idade, porém é...

    Homem é preso após editar e divulgar vídeo falso contra guarnição

    Um homem de 47 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) após divulgar um vídeo com informações falsas contra a PM de Rondonópolis (MT)....

    Derf localiza e prende homem que matou policial militar em Rondonópolis

    A Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf) prendeu, nesta segunda-feira (15) no Jardim Pindorama, Jaciel Almeida Maciel Junior, 35 anos, que responde pela...

    CMJR e SECITI realizam 1º Encontro Municipal da Juventude de Rondonópolis

    O Conselho Municipal da Juventude de Rondonópolis, vinculado a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITI), realiza no espaço do Serviço de Convivência...

    Brasil se torna o terceiro país do mundo em número de casos de varíola do macaco

    O Brasil passou a Alemanha em número de casos de varíola do macaco (monkeypox) e se tornou o terceiro país do mundo com mais pessoas infectadas...

    Agora, aguenta!

    A partir de hoje (16), os já registrados candidatos podem dar início à propaganda eleitoral, bem como pedir voto. Nós, gente comum da sociedade,...

    Leite vira vilão do café da manhã com alta de 25,4% em julho

    A inflação em julho caiu 0,68%, mas o grupo dos alimentos e bebidas avançou 1,3%, a maior alta do índice, segundo o IBGE (Instituto...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas