Agora MT Manchetes Veja quais documentos separar para a declaração do Imposto de Renda
COMEÇA EM MARÇO

Veja quais documentos separar para a declaração do Imposto de Renda

Para evitar a correria na entrega, a partir de março, Conselho de Contabilidade de SP orienta começar a organizar a papelada

Da Redação com R7

Imagem: Declaracao do imposto de renda Veja quais documentos separar para a declaração do Imposto de Renda
Imposto de Renda- Foto: Reprodução

A declaração do Imposto de Renda 2022 começa a ser entregue em março, em data que ainda será divulgada pela Receita Federal. Para evitar deixar tudo para a última hora, o ideal é começar a organizar a papelada, separar os recibos, documentos e os dados necessários para a prestação decontas com o Fisco.

Segundo o CRCSP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo), a organização dos documentos com antecedência ajuda também a prevenir erros e riscos de cair na malha-fina. Veja a seguir a lista de documentos, comprovantes e dados que devem ser separados para facilitar na hora de preencher a declaração:

Informações sobre o contribuinte
– Documento de identidade (nome; CPF; data de nascimento; título de eleitor);
– Dependentes (nome/ data de nascimento/ grau de parentesco; CPF);
– Dados de endereço e profissão atualizados;
– Dados de conta bancária para restituição/débitos;
– Cópia da última declaração do IR Pessoa Física acompanhada do número do recibo de entrega da última declaração.

Comprovante de renda
– Informe de rendimento do empregador (salário);
– Informe de rendimento de distribuição de lucros;
– Informe de rendimentos de aluguéis recebidos;
– Informe de rendimento de aposentadoria e/ou pensão;
– Informe de rendimentos bancários e outras instituições financeiras;
– Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF);
– Comprovantes e documentos de outras rendas (pensão alimentícia, doações, herança, e outros);
– Informe de rendimentos de previdência privada.

Comprovantes de bens e direitos
– Boleto do IPTU de 2021;
– Escritura de compra e venda de imóvel / cópia da matrícula do imóvel;
– Outros comprovantes de compra e venda de bens e direitos.
Comprovantes de renda variável
– DARFs de renda variável;
– Informes de rendimento auferido em renda variável;
– Controle de compra e venda de ações e a apuração mensal de imposto.

Comprovantes de pagamentos
– Comprovantes de doações;
– Comprovante de pagamentos de despesas com educação;
– Comprovante de pagamentos de pensão alimentícia, determinada por decisão judicial;
– Recibos de pagamentos de serviços médicos ou odontológicos (veja a explicação abaixo);
– Comprovantes de pagamentos ou informe de rendimento de plano ou seguro saúde com CNPJ da empresa;
– Comprovante de pagamento da Previdência Social e/ou privada (com CNPJ da empresa emissora);
– Carnês de contribuições feitas ao INSS de empregados domésticos: Guia da Previdência Social (ano todo) e carteira profissional de empregado doméstico.

Teste de Covid
Neste ano, uma das orientações é em relação aos diagnósticos de Covid-19, que viraram parte do cotidiano do brasileiro, principalmente com o avanço da variante Ômicron. As despesas realizadas pelo contribuinte ou seus dependentes com testes de Covid-19 poderão ser deduzidas no Imposto de Renda 2022. Segundo a Receita Federal, o exame feito em laboratório poderá ser declarado e deduzido, desde que comprovado o pagamento. Já o teste feito em farmácia, mesmo com nota fiscal, não poderá ser deduzido.

Relacionadas

Nego do Borel leva tapa durante pegadinha e se irrita com influenciador digital

Conhecido por fazer pegadinhas no trânsito do Rio de Janeiro, Fernando Rocha atacou mais uma vez, mas não esperava encontrar Nego do Borel. Enquanto aguardava...

Aprovados em concurso cobram nomeação, mas Câmara Municipal de Rondonópolis não dá prazo para chamamento

Alguns dos aprovados no Concurso Público mais recente da Câmara Municipal de Rondonópolis entraram em contato com o AGORA MT para cobrar esclarecimentos em...

Jovem é assassinado com tiros na cabeça na Rodoviária de Rondonópolis

Um jovem foi assassinado na tarde desta segunda-feira (17), na Rodoviária de Rondonópolis. Henrique Ferreira Fontoura Martins, de 24 anos, foi morto com pelo...

Esmagamento de soja em Mato Grosso cresce 20,24% em maio

Mato Grosso apresentou um novo recorde quanto ao esmagamento de soja. Em maio foram processadas 1,16 milhão de toneladas, volume este 2,69% superior a...

Réu é condenado a 19 anos de prisão por feminicídio de ex-companheira

José dos Santos Silva Conceição, vulgo “Neguim”, foi condenado pelo Tribunal do Júri a 19 anos e nove meses de reclusão em razão do...

Mercado prevê fim do ciclo de cortes da Selic na reunião desta quarta-feira do Copom

Termina nesta quarta-feira (19) a rodada de discussões do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central para definir a nova taxa básica de...

STF julga nesta terça-feira se torna réus os suspeitos de planejar assassinato de Marielle

A Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) julga nesta terça-feira (18) uma denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra os suspeitos de terem...

Dono de oficina é assassinado com tiro no rosto após suposto assédio

O dono de uma oficina mecânica identificado como Clever Luciano Venâncio, 39 anos, foi assassinado com um tiro no rosto, nesta quarta-feira (19), em...

Acusado de matar o companheiro estrangulado em quitinete é preso pela Polícia Civil

Um homem apontado como autor do homicídio do seu companheiro, em Tangará da Serra-MT, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas