Agora MT Esportes Palmeiras goleia o São Paulo, faz 4 a 0 e leva o...
REVIRAVOLTA

Palmeiras goleia o São Paulo, faz 4 a 0 e leva o Paulistão

Tricolor havia vencido jogo de ida por 3 a 1, mas não suportou a pressão no Allianz Parque e viu o rival levantar o 24º título estadual

Fonte: R7

Imagem: Palmeiras Palmeiras goleia o São Paulo, faz 4 a 0 e leva o Paulistão
Danilo, do Palmeiras, cabeceia sozinho para marcar o primeiro gol do jogo no Allianz Parque-EDU GARCIA/R7 (

A taça do Campeonato Paulista tem uma nova casa. O Palmeiras conseguiu reverter a vantagem do São Paulo, venceu por 4 a 0 no Allianz Parque na tarde deste domingo (3) e garantiu o 24º estadual. Os gols do título foram de Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (duas vezes), garantindo o placar agregado de 5 a 3.

Jogando em seus domínios, o Verdão foi avassalador, fez valer o canto de sua torcida e foi o time da virada. Com menos de 30 minutos de bola rolando no Allianz Parque, já tinha destruído a boa vantagem de dois gols que o rival construiu com o 3 a 1 no jogo de ida. E, com 2 minutos da etapa final, já vencia por 3 a 0, assumindo a vantagem no placar agregado.

Mais um na prateleira

O Paulistão 2022 é o quinto título do Palmeiras com Abel Ferreira. O técnico português, que assumiu a equipe em novembro de 2020, já levou o time a nove decisões, tendo conquistado também duas Libertadores (2020 e 2021), Copa do Brasil (2020) e Recopa Sul-Americana (2022).

Além de impedir o bicampeonato do Tricolor, que venceu no ano passado justamente em cima do Verdão, a conquista palmeirense deste domingo também evita que o rival empate em número de títulos — o São Paulo segue com 22.

A taça inédita de Abel também adia o primeiro título de Rogério Ceni como treinador do clube em que é ídolo e multicampeão como jogador.

90 minutos em 30

Como esperado, o decisivo confronto no Allianz Parque começou em ritmo forte. O Palmeiras tentava pressionar, e o São Paulo buscava encaixar um contra-ataque rápido para ampliar a boa vantagem da primeira partida.

A pressão alviverde deu resultado, e a vantagem construída pelo Tricolor em 90 minutos no Morumbi foi por terra antes dos 30’.

Aos 21’, após jogada ensaiada no escanteio, Scarpa cruzou e Danilo apareceu sozinho na pequena área para cabecear: 1 a 0 Verdão.

Depois, aos 27’, Veiga cruzou forte na área, a bola foi rebatida pela zaga e sobrou para Zé Rafael, que dominou e bateu rasteiro e cruzado. A bola ainda pegou na trave antes de entrar: 2 a 0 (no placar agregado, 3 a 3).

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Palmeiras ainda teve chances de fazer o terceiro. Uma delas em cobrança de escanteio de Gustavo Scarpa, que quase fez um gol olímpico.

Polêmica e VAR

Com apenas 7 minutos, antes mesmo dos gols, veio a primeira polêmica. Danilo chegou batendo e a bola explodiu na marcação são-paulina dentro da área. O lance foi muito parecido com o de Marcos Rocha, no lance que originou o primeiro gol do Tricolor no jogo de ida. O VAR (árbitro de vídeo) chamou Raphael Claus para conferência, mas, dessa vez, o árbitro de campo manteve sua interpretação na hora do lance: nada de pênalti.

O VAR voltou a aparecer ainda no primeiro tempo. Logo após o segundo gol palmeirense, Raphael Claus foi chamado novamente para checar uma falta em Calleri no início da jogada, antes do gol de Zé Rafael. Mais uma vez, Claus manteve a decisão de campo e confirmou o gol palmeirense.
Saída pela direita
Para o segundo tempo, Rogério Ceni tentou amenizar a situação colocando o zagueiro Arboleda no lugar do lateral-esquerdo Welington. Por aquele setor, Dudu deitou e rolou no primeiro tempo.

O plano era esse, mas, na prática, foi por ali que o Palmeiras voltou a marcar. E logo aos 2 minutos. Dudu arrancou em contra-ataque, deixou Diego Costa para trás e cruzou rasteiro para Raphael Veiga. De carrinho ele fez o terceiro do Alviverde: 3 a 0.

Tudo ou nada

Os três gols de diferença no placar vieram muito cedo. A partir do gol de Veiga, o São Paulo precisou entrar no jogo e buscar o gol a qualquer custo. Ceni mexeu outra vez. Colocou Luciano e Nikão. Mas a verdade é que o Palmeiras, desde o apito inicial, dominava a partida.

O domínio alviverde se manteve. O Tricolor não assustava a defesa, que, tirando o jogo de ida no Morumbi, foi vazada apenas quatro vezes.

Aos 35’, Raphael Veiga acabou com a esperança são-paulina. Gabriel Veron encontrou o meia entrando na área, deu lindo passe e só esperou Veiga tocar na saída de Jandrei para fechar o placar em 4 a 0.

A partir do quarto gol, o jogo estava definido. Luciano se irritou, mas a confusão foi controlada. O apito final deu início à festa alviverde. Uma festa que só começou no Allianz Parque e que já se repetiu, só neste ano, duas vezes: nas conquistas da Copinha e da Recopa Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
Palmeiras 4 x 0 São Paulo
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data e hora: domingo (3), às 16h
Público e renda: 31.836 torcedores / R$ 2.772.491,61

Arbitragem: Raphael Claus
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back
VAR: Thiago Duarte Peixoto

Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Raphael Veiga e Wesley (Palmeiras); Luan e Luciano (São Paulo)
Cartão vermelho: Rafinha, aos 44’/2ºT (São Paulo)

Gols: Danilo aos 21’/1ºT, Zé Rafael aos 27’/1ºT, e Raphael Veiga aos 2’/2ºT e aos 35’/2ºT (Palmeiras)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez (Jorge, aos 11’/2ºT); Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa (Wesley, aos 39’/2ºT) e Raphael Veiga; Dudu (Mayke, aos 39’/2ºT) e Rony (Gabriel Veron, aos 34’/1ºT). Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Jandrei; Rafinha, Diego Costa, Léo e Welington (Arboleda, no intervalo); Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Nikão, aos 27’/2ºT), Igor Gomes e Alisson (Patrick, aos 37’/2ºT); Éder (Luciano, aos 9’/2ºT) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Relacionadas

Prazo para convocação da lista de espera do Fies termina nesta sexta (17)

Termina nesta sexta-feira (17) o prazo para as convocações da lista de espera da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre...

Procon-MT monitora supermercados para coibir abusos no preço de produtos após enchentes no RS

Com o objetivo de coibir abusos e aumentos injustificados, a Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT), vinculada à Secretaria...

Barbudo deve tomar posse na Câmara Federal nesta terça-feira

O suplente de deputado federal Nelson Barbudo (PL) deve tomar posse na Câmara Federal, nesta terça-feira (21). Ele assume a vaga deixada pela deputada...

Em 11 anos, governo investe R$ 9,5 bi contra desastres naturais, mas perdas chegam a R$ 639 bi

Os desastres naturais que aconteceram no Brasil entre 2013 e 2023 causaram prejuízos de R$ 639,4 bilhões às cidades brasileiras, segundo o presidente da...

Governo de Mato Grosso regulamenta fundo para fortalecer agricultura familiar

O Governo de Mato Grosso regulamentou a lei que cria o Fundo de Apoio à Agricultura Familiar (FUNDAAF) para fortalecer os pequenos produtores rurais,...

Mato-grossenses já contribuíram com R$ 20 bilhões em tributos; valor está 19,25% maior sobre 2023

Mato Grosso atingiu essa semana o valor de R$ 20 bilhões de arrecadação em tributos municipais, estaduais e federais. O telão do Impostômetro, instalado...

Prazo para pagamento do IPVA 2024 com desconto encerra no dia 29 de maio

O prazo para pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024, com 10% de desconto em cota única, encerra no...

Jovem de 20 anos é presa pela Polícia Militar com quatro tabletes de maconha dentro de mochila

Policiais militares do 6º Batalhão prenderam uma jovem de 20 anos por tráfico de drogas, na madrugada deste domingo (19), em Cáceres-MT. Com a...

Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta quarta-feira (15), por mais 90 dias, o processo que trata da legalidade...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas