Agora MT Notícias TJMT desbloqueia R$227 mil de prefeito em caso de compras sem licitação
2ª INSTÂNCIA

TJMT desbloqueia R$227 mil de prefeito em caso de compras sem licitação

Em março deste ano, a 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis acolheu pedido do MPE e determinou o bloqueio dos bens

Imagem: Prefeito fala aos presentes na Unemat TJMT desbloqueia R$227 mil de prefeito em caso de compras sem licitação
Prefeito Zé Carlos do Pátio – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) acolheu pedido do prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio (PSB), e anulou a decisão que havia bloqueado R$ 227 mil do gestor por suspeita de direcionamento em licitação e superfaturamento na compra de medicamentos. A decisão consta do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) da última quarta-feira (20).

Em março deste ano, o juiz Francisco Rogério Barros, da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis acolheu pedido do Ministério Público Estadual (MPE) e determinou o bloqueio dos bens de Pátio e das empresas Stock Comercial Hospitalar Ltda e Farma Produtos Hospitalares.

O MPE alegou que o prefeito, em 2011, teria beneficiado as empresas ao decidir pela contratá-las, sem licitação, para aquisição de medicamentos, materiais de uso médico hospitalar, oxigênio, embalagens para fabricação de remédios e outros produtos. Além do suposto direcionamento, há ainda indícios de que os itens foram adquiridos com preço superior ao praticado por outras empresas da área.

A defesa do prefeito entrou com Recurso no TJMT alegando que o Edital do certame possibilitava a substituição do Contrato pela nota de empenho de despesas, citando decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a inexigibilidade do instrumento contratual.

Segundo ele, a forma adotada pelo município tinha por objetivo melhor atender o interesse público, uma vez que o fornecimento dos medicamentos pelas distribuidoras seria de forma imediata, e que o aumento do quantitativo adjudicado está dentro do percentual legal permitido, de 25%.

Ainda segundo o prefeito, o laudo pericial apresentado pelo MPE apresenta inconsistências, e é inconclusivo; e que não estavam presentes os requisitos exigidos para o deferimento da medida cautelar.

“Assim incongruências no cotejo fático produzido pelo Agravado, e ausência de prova capaz de comprovar o alegado, devendo ser revogada a decisão liminar. Ainda, a ausência de elemento subjetivo – dolo”, diz trecho extraído da defesa ao requerer anulação da decisão que determinou a indisponibilidade de bens.

A relatora do recurso, desembargadora Maria Erotides Kneip, apontou que na Ação Civil Pública de Ressarcimento ao Erário, que segue o rito comum da Lei de Ação Civil Pública, deve o periculum in mora ser comprovado pela parte Recorrente, situação que não se verifica no caso dos autos.

“Diante desse contexto, em que pese à probabilidade do direito invocado pelo Autor Agravado, não há nos autos qualquer comprovação do periculum in mora, tendo se limitado apenas a sustentar que este é presumido, o que não encontra respaldo no ordenamento pátrio, nem na jurisprudência pátria, no caso concreto. Assim, não estando demonstrado o periculum in mora, deve ser reformada a decisão que deferiu o pedido de natureza cautelar de indisponibilidade de bens. Ante o exposto, DOU PROVIMENTO para reformar a decisão recorrida, ante a ausência da comprovação do periculum in mora”, diz voto.

Relacionadas

Brasil terminou abril com número recorde de 102,1 milhões de trabalhadores, diz Ipea

Um estudo divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) na última sexta-feira (21) mostrou que em abril deste ano 102,1 milhões de trabalhadores...

Homem é preso após ser flagrado se masturbando em terreno abandonado

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM), após ser flagrado se masturbando em um terreno baldio, nesta quinta-feira (20), no bairro Jardim Ebenezer,...

Motorista fica ferido após perder o controle da direção e carro cair em vala na Avenida dos Estudantes

Um motorista de 56 anos ficou ferido após um acidente, na Avenida dos Estudantes, na manhã desta terça-feira (18), em Rondonópolis-MT. Conforme informações, o condutor...

STF julga amanhã a descriminalização do porte de maconha

O STF (Supremo Tribunal Federal) volta a julgar na próxima terça-feira (25) o recurso que discute a descriminalização do porte de drogas. Os ministros...

PM é acionada para conter briga e acaba recuperando moto furtada

A Polícia Militar (PM) recuperou uma moto furtada, na manhã desta sexta-feira (21), no bairro Jardim Tanaka, em Tangará da Serra-MT. Conforme informações apuradas pela...

Partidos lançam Daniel Borges como pré-candidato a prefeito da oposição em Guiratinga

Presidentes dos partidos políticos em Guiratinga-MT lançaram Daniel Borges como pré-candidato a Prefeito da oposição. O grupo está unido em prol da transformação da cidade...

Idoso de 76 anos sofre trauma na cabeça após acidente com carro

Um idoso de 76 anos sofreu um trauma na cabeça após se envolver em um acidente por volta das 10h desta sexta-feira (21) na...

Embriagado, homem foge da PRF, invade preferencial e bate em carro de família

Um grave acidente envolvendo um motorista embriagado e uma família foi registrado na noite deste domingo (23) no Monte Líbano, em Rondonópolis-MT. No carro...

Nego do Borel leva tapa durante pegadinha e se irrita com influenciador digital

Conhecido por fazer pegadinhas no trânsito do Rio de Janeiro, Fernando Rocha atacou mais uma vez, mas não esperava encontrar Nego do Borel. Enquanto aguardava...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas