Mais
    Agora MT Destaques Prefeito lamenta morte de comunicador Denis Maris e decreta luto oficial de...
    NOTA DE PESAR

    Prefeito lamenta morte de comunicador Denis Maris e decreta luto oficial de três dias

    O prefeito reforça seu pesar e deseja força aos familiares e aos amigos. “Neste momento de profunda dor, a minha solidariedade”

    Fonte: GCOM
    VIA

    Imagem: Denis Maris sofreu um AVC e morreu no Hospital Regional Prefeito lamenta morte de comunicador Denis Maris e decreta luto oficial de três dias
    Denis Maris sofreu um AVC e morreu no Hospital Regional – Reprodução

    O prefeito José Carlos do Pátio lamenta o falecimento, aos 72 anos, do comunicador, músico e artista plástico, Denis Maris, ocorrido nesta quinta-feira (19), e decreta luto oficial de três dias no município de Rondonópolis.

    Registrado como Benedito de Jesus Leite, Denis Maris, como ficou conhecido em o comunicador em Rondonópolis, morreu no Hospital Regional, onde foi internado desde o início da semana, depois de sofre um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

    “É com muita tristeza que recebemos essa notícia. Denis era uma grande pessoa, apaixonado pelas coisas de Rondonópolis e comprometido com a sua comunidade. Ele construiu em nossa cidade muitas amizades e uma carreira marcada pela competência e capacidade de partilha de seus conhecimentos, deixando um legado de grandes trabalhos no rádio e no meio impresso”, comenta Pátio.

    O prefeito destaca o importante trabalho de memória de Rondonópolis que o paulista radicado em Rondonópolis desde 1983 Denis Maris vinha se dedicando nos últimos anos, contando nas páginas do Jornal Folha Regional a história de pioneiros e de personalidades de diversos setores da cidade.

    Pátio lembra também que Denis Maris era um apaixonado pela música, cultura e artes, as quais sempre buscou promover por onde passou. Nas artes plásticas, ele ganhou destaque ao fazer uso de pigmentos de rochas e minerais da região em suas telas.

    Inclusive, em agosto do ano passado, Denis Maris, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e produzida a partir de recursos da Lei Aldir Blanc, realizou a exposição do seu trabalho denominada de: “Do rupestre  à cromopetrologia: ao encontro do homem ao transconteporâneo”, na Galeira  Soyanni Almeida, no Espaço Cultural Casario.

    O prefeito reforça seu pesar e deseja força aos familiares e aos amigos. “Neste momento de profunda dor, a minha solidariedade”.

    Relacionadas

    Suspeitos de roubarem relojoaria são presos em ação conjunta da Polícia Militar e Civil

    Equipes da Polícia Judiciaria civil de Tangará da Serra em ação conjunta com Polícia Militar atendem uma ocorrência de roubo praticada numa ótica e...

    Recém-saído da prisão, suspeito é rendido durante tentativa de assalto a comércio

    Um homem de 27 anos foi preso na tarde desta segunda-feira (27) por populares durante uma tentativa de assalto a uma loja de celulares...

    Auxílio Brasil terá cartão com chip e função para compras no débito

    Os beneficiários do Auxílio Brasil vão começar a receber novos cartões com a marca do programa, com chip e que poderão ser usados para...

    Motociclista invade preferencial, bate e é arremessado sobre para-brisa de carro

    Um motociclista de 38 anos ficou ferido na tarde desta segunda-feira (27) no bairro Cidade Alta após se envolver em um acidente. Com a...

    Governo confirma o primeiro caso de varíola do macaco em Minas Gerais

    O Governo de Minas Gerais confirmou, nesta quarta-feira (29), o primeiro caso de varíola do macaco no estado. O caso foi registrado em Belo Horizonte....

    O tiro no pé!

    Um outdoor chamou muito a atenção em Rondonópolis esses últimos dias. Nele, via-se uma arte dando publicidade, a quem passasse ali pela Av. Governador...

    Réu é condenado a 16 anos de prisão após absolvição em júri anterior

    Após recurso interposto pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, o réu Carlos Alexandre da Silva Nunes, denunciado por homicídio qualificado e ocultação...

    Aquicultura: a grande saída

    A Organização Mundial de Saúde recomenda o consumo de 12 quilos de pescado por pessoa ao ano. A gente não atende essa recomendação. Na...

    Como conseguir a tão sonhada liberdade

    Nesta semana a indicação literária é a obra do filósofo e Nobel de Economia, Amartya Sen, “Desenvolvimento como liberdade”, em que o autor aborda...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas