Mais
    Agora MT Editoriais Até tu, Ciro?
    EDITORIAL

    Até tu, Ciro?

    FONTE
    VIA

    Imagem: AGORA com Vanzeli Até tu, Ciro?As recentes pesquisas eleitorais, de todos os institutos, apontam para mais uma eleição polarizada no Brasil, entre Lula e Bolsonaro. Com dois candidatos tão populares assim, parece improvável o surgimento de uma terceira via. Como já expusemos aqui nesta coluna, Moro e Dória estão inviabilizados dentro dos próprios partidos, União Brasil e PSDB, respectivamente. Este último, busca liderar uma coalisão de centro com o MDB e o Cidadania para apresentarem um nome de consenso ao eleitorado.

    O de Simone Tebet, senadora por Mato Grosso do Sul, apareceu, mas não encanta. Tem a seu favor o fato de ter a menor rejeição entre os que foram apresentados, o que se deve menos pela qualidade de sua atuação política e mais pelo desconhecimento que o eleitor tem de seu nome. E agora, como consumação final e última da derrocada da terceira via, ventilou-se o nome do ex-presidente Michel Temer, o mesmo que terminou o mandato com a maior rejeição da história política recente do país.

    Enquanto isso, o terceiro colocado nos levantamentos eleitorais, Ciro Gomes, tem o apoio da direção de seu partido, o PDT. Mas só da direção. Pedetistas já estão falando à boca arga que prefeririam apoiar o projeto do PT, prestando apoio já no primeiro turno ao pré-candidato Lula. Mas Ciro resiste. Disse recentemente que é candidato até o fim e que vencerá as eleições no segundo turno.

    O problema de Ciro é a boca. Verborrágico em suas análises políticas, chega mesmo a ofender adversários, às vezes gratuitamente. Chama a Bolsonaro de “canalha”, a Lula de ladrão, a Dória de “traidor” e “viúva de Bolsonaro”, a Moro de “bandidão despreparado”. Agora, até com digital influencers ele tem altercado, como fez com o humorista Gregório Duvivier. A propósito, o debate entre ambos está marcado para hoje. Não perco.

    Mas, agindo assim, como espera ser chamado para se sentar à mesa para construir uma candidatura robusta? Acho que não espera. Ciro sabe que não tem mais tempo para crescer nas pesquisas ou galvanizar novos apoios num cenário tão dividido e polarizado. E deve imaginar que quem quer que ganhe a eleição, Lula ou Bolsonaro, estará em sérias dificuldades para governar, especialmente diante de um Congresso tão abarrotado de representantes do Centrão. Talvez espere algum fracasso no mandato que se inicia em 2023 para, em 2026, virar opção novamente.

    E seguimos assim, sem terceira via. Esperarei pelos debates para ouvir as propostas dos candidatos. A esse propósito, aliás, neca de pitibiriba até aqui.

    Relacionadas

    Como parar de fumar de forma eficaz e controlar o vício no tabaco?

    O tabagismo pode prejudicar quase todos os órgãos do corpo e é a causa raiz de várias doenças. Não apenas isso, reduz a saúde...

    Planos de saúde devem cobrir todo tratamento de autismo, diz ANS

    A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou nesta quinta-feira (23) a ampliação das regras de cobertura assistencial para usuários de planos de saúde...

    UTIs de MT voltam a lotar e 91% dos pacientes não tomaram todas as doses da vacina

    Dos 101 pacientes que estão internados pela Covid-19, em UTIs de Mato Grosso, 91% não completaram o esquema de vacinação. O dado preocupa as...

    Klara Castanho revela o que espera para personagem que sofre abuso em série: ‘Ventos de mudanças’

    Desde que o caso de abuso sexual que envolve Klara Castanho foi exposto na mídia, a atriz tem recebido mensagens de carinho de diversos famosos e amigos....

    Sobe para 14 o número de casos de varíola do macaco confirmados no Brasil

    O Ministério da Saúde confirmou, nesta quinta-feira (23), mais três casos de varíola do macaco no Brasil. Nenhum deles é de pessoa com histórico...

    Pai tenta impedir prisão do filho usando escavadeira para ameaçar policiais

    Dois policiais foram atacados por uma escavadeira pilotada por um pai furioso, que tentava impedir a prisão do filho. O vídeo com o flagrante...

    Daniella Marques deve substituir Pedro Guimarães na presidência da Caixa

    A secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques, deve ser anunciada como a nova presidente da Caixa Econômica Federal....

    PRF apreende 600 pacotes de cigarros contrabandeados dentro de ônibus em Rondonópolis

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um indivíduo transportando produto contrabandeado e cerca de 6 mil maços de cigarros foram apreendidos, a ação aconteceu...

    Vítimas da Covid-19 serão homenageadas no cemitério da Vila Aurora neste domingo (26)

    Uma bela homenagem às vítimas da Covid-19 será realizada a partir das 8h deste domingo (26) no cemitério e Memorial Vila Aurora, em Rondonópolis...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas