Mais
    Agora MT Editoriais Entenda para que serve um contrato de namoro | Entendendo Direito
    EDITORIAL

    Entenda para que serve um contrato de namoro | Entendendo Direito

    FONTE
    VIA

    Imagem: ENTENDENDO DIREITO ASSINATURA Entenda para que serve um contrato de namoro | Entendendo DireitoBom dia, boa tarde, boa noite e boa madrugada. Continuem se cuidando, em breve estaremos no inverno e, se Deus quiser, não teremos queimadas esse ano.

    Para entendermos bem o que é e para que serve o contrato de namoro, preciso explicar rapidamente o que é a união estável.

    Com a modernidade, a figura da concubina foi transformada em companheira e passou a ter todos os direitos como se esposa fosse. Lembrando que no passado, a concubina era a mulher que “apenas” dormia com o homem, e por isso não tinha a proteção da lei em caso de separação e divisão de bens.

    A proteção da companheira ou companheiro, se dá por meio da união estável, que pode ou não ser registrada em cartório. A união estável é a união do casal para constituir família, mesmo sem que haja o casamento. Não precisa morar juntos, ou mesmo ter um tempo mínimo para ser união estável, começou o relacionamento com o objetivo de constituir família já está em união estável.

    O problema acontece quando um casal se separa e uma parte alega que não quer dividir os bens conseguidos durante a união, porque não acha que é justo.

    Exemplo aqui do escritório: uma mulher tinha um terreno e um pouco de dinheiro no banco. Ela tinha um namorado, um pedreiro. Eles dormiam juntos duas ou três vezes por semana, eram um casal publicamente. Ele a convenceu a construir uma casa para venda no terreno, ele entrou com a mão de obra, ela com o terreno e o dinheiro, depois da casa pronta se separaram, ele quer metade do valor da casa porque construída na união estável, ela quer dar a ele apenas a indenização da mão de obra, porque para ela, eles apenas namoraram durante o período.

    Pois é, nesse caso terá que haver um processo longo e doloroso que poderia ter sido evitado com um contrato de namoro, que é uma declaração pública ou privada de ambos dizendo que não pretendem constituir família, apenas isso, não precisa dizer quantas vezes dormem juntos, se uma paga conta do outro, etc.

    Nada impede que depois, se quiserem ter união estável, vão novamente ao cartório, e façam a evolução do contrato de namoro para união estável, ou mesmo casamento.

    Relacionadas

    Morre no Hospital Regional motociclista vítima de acidente com carro no Centro de Rondonópolis

    O motociclista identificado como Everton Alves da Silva de 44 anos que se envolveu em um acidente neste domingo (14), na região central de...

    Sinais de que sua pele está precisando de uma hidratação

    Você já sentiu que sua pele permanece seca, com coceira ou sensível, não importa o que você faça? Bem, estes podem ser os sinais...

    Consumidor é enganado após acessar site nas redes sociais e perder mais de R$ 600

    Um homem de 30 anos foi vítima de um golpe após fazer uma compra pela internet e não receber os produtos. Um Boletim de...

    Governo vai cadastrar e premiar motorista sem multa com desconto em taxas a partir de setembro

    A ferramenta para adesão ao cadastro positivo de condutores será lançada em setembro. A informação é do secretário nacional de Trânsito, Frederico Carneiro, em...

    Dupla é presa acusada de aplicar golpes financeiros contra idosos

    Dois homens foram presos na manhã desta terça-feira (09) no município de Baliza-GO acusados de aplicar golpes financeiros contra idosos. Eles andavam com um...

    Preços dos combustíveis e das contas de luz caem e puxam a maior deflação da história

    As reduções dos preços dos combustíveis (-14,15%) e das tarifas de energia elétrica (-5,78%) aliviaram o bolso dos brasileiros e contribuíram para a primeira...

    Facebook e Vivo terão que fornecer dados de autores de mensagens contra Wellington

    O juiz eleitoral Abel Sguarezi acatou o pedido do PL e determinou que a Vivo e o Facebook forneçam nomes, dados, endereços e informações...

    Violência na fronteira entre Colômbia e Venezuela deixa 255 mortos

    Cerca de 255 pessoas foram assassinadas em 2022 na fronteira entre a Colômbia e Venezuela, cenário de um sangrento conflito entre dissidentes da ex-guerrilha Farc e rebeldes do...

    Dólar sobe para R$ 5,15, influenciado por exterior

    Um dia depois de atingir o menor nível em oito semanas, o dólar subiu, influenciado pelo mercado internacional. A bolsa de valores caiu após...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas