Mais
    Agora MT Mato Grosso Governo de MT mantém isenção do ICMS para consumo de energia elétrica...
    BENEFÍCIOS FISCAIS

    Governo de MT mantém isenção do ICMS para consumo de energia elétrica até 100 kWh

    Outra faixa que também recebe benefício é a de consumo até 150 kWh

    Fonte: GOV.MT
    VIA

    Imagem: ICMS isento Governo de MT mantém isenção do ICMS para consumo de energia elétrica até 100 kWh
    ICMS isento – Reprodução

    O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), manteve os benefícios fiscais concedidos às famílias com consumo mensal de energia elétrica de até 150 kWh. Para a faixa de até 100 kWh, que engloba famílias de baixa renda, o ICMS é isento. Ou seja, essas pessoas não pagam o imposto sobre o consumo energético.

    Quanto à faixa de consumo acima de 100 Kwh e até 150 Kwh, já recebia um benefício de redução de base de cálculo, aplicado em cima da alíquota de 12%. Com isso, a carga tributária, valor efetivamente pago pelo contribuinte, fica reduzida a 10%. Para conceder o benefício, o Governo do Estado teve autorização do Conselho Nacional de Política Tributária (Confaz).

    Estas isenções e reduções já eram concedidas à população antes mesmo do pacote de redução de impostos, vigente desde janeiro de 2022, e foram mantidas por considerar a essencialidade do serviço de fornecimento de energia elétrica. A partir da publicação da Lei Complementar 708/2021, que reduziu o ICMS para alguns setores, outras faixas de consumo foram também beneficiadas.

    Com o pacote de redução de impostos do Governo de Mato Grosso, as faixas de consumo em que havia maior incidência de ICMS tiveram o imposto reduzido. Para consumo mensal acima de 250 Kwh, as alíquotas, que variavam entre 25% e 27%, foram reduzidas para 17% – a mesma aplicada para a faixa acima de 150 kWh.

    Esta foi a medida de maior impacto para todos os segmentos sociais, beneficiando tanto o cidadão quanto o comércio e as indústrias. Além da energia elétrica, o Governo reduziu o ICMS cobrado nos setores de combustíveis – gás GLP, gasolina e diesel – e de comunicação, também considerados serviços essenciais para a população.

    É importante ressaltar, ainda, que em relação às operações de fornecimento de energia elétrica, o Governo do Estado também concede benefícios para outras classes, além da residencial. Como é o caso da classe rural, com isenção no consumo de até 50 kWh e redução do imposto para 3% no consumo de 51 kWh a 500 kWh. Além disso, a geração de energia solar e os hospitais filantrópicos também são beneficiados e não pagam o ICMS cobrado sobre o consumo de energia.

    Relacionadas

    Sessão tem retorno de Dr. Manoel e Nenzão assumindo cadeira pelos próximos 120 dias

    Afastado das atividades parlamentares desde o dia 27 de abril, o vereador Dr. Manoel (SD) retornou à Câmara de Vereadores na Sessão Ordinária desta...

    Brasil tem mais pessoas à direita do que à esquerda, aponta estudo

    O Instituto DataSenado realizou nova rodada de pesquisa nacional Panorama Político, que tem série histórica aplicada desde 2008, para avaliar a opinião dos brasileiros...

    Novos cartões do ‘Ser Família Emergencial’ começam a ser entregues nesta terça em Rondonópolis

    Começam a ser entregues amanhã (17) e seguem até sexta-feira (20) os novos cartões do programa ‘Ser Família Emergencial’ em Rondonópolis. O programa é...

    Criminosos invadem alojamento, amarram trabalhadores e levam caminhonete

    Um alojamento foi invadido e 6 trabalhadores foram feitos reféns durante um roubo em Barra do Bugres (MT). Dois suspeitos foram presos e a...

    Sobem para 429 os casos de hepatite misteriosa no mundo

    O número de casos de hepatite aguda infantil de origem desconhecida é agora de 429 — 81 a mais que há uma semana, disse...

    Jovem é preso com revólver 357 pela equipe RAIO da PM na Vila Operária

    Um jovem, 26 anos, foi preso na tarde deste sábado (14) na Vila Operária em posse de um revólver calibre 357 e mais 6...

    Burnout: conheça os sinais e saiba como agir para amenizá-lo

    Também conhecido como a “doença do trabalho”, o burnout atinge hoje cerca de 50% dos jovens líderes, de acordo com o estudo do Grupo...

    Polícia prende Paulo Cupertino, acusado pela morte de ator Rafael Miguel e família

    A polícia de São Paulo prendeu na tarde desta segunda-feira (16) Paulo Cupertino, acusado pelos assassinatos do ator Rafael Miguel e de sua família. Cupertino...

    Motorista não percebe faixa elevada na Bandeirantes, perde controle do carro e bate em árvore

    Por pouco, mais um acidente em uma faixa elevada em Rondonópolis não terminou em tragédia. O motorista de um Fiat Strada perdeu o controle...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas