Mais
    Agora MT Editoriais Apagão logístico à vista!
    EDITORIAL

    Apagão logístico à vista!

    FONTE
    VIA

    Imagem: AGORA com Vanzeli Apagão logístico à vista!

    O setor de transporte rodoviário pode sofrer um pane em breve. O alerta foi feito pela Associação Brasileira de Operadores Logísticos, a Abol. Segundo a entidade, o aumento no preço do diesel tem reduzido demais a margem de lucro das empresas, o que inibe os investimentos necessários para a manutenção da frota e o crescimento do setor.

    No Brasil, 75% de tudo que se produz são transportados por via rodoviária, modal que tem o combustível como principal insumo. As ferrovias são utilizadas para o escoamento de módicos 5,4% e o transporte hidroviário só responde por 0,7% do escoamento de nossa produção. Dependentes que somos do transporte rodoviário, somos impactados cada vez que o diesel tem seu preço aumentado.

    Os preços dos combustíveis estão altos no Brasil, mais por questões conjunturais que estruturais. Bom, é claro que a falta de investimentos em refinarias nos leva à condição de tomadores de preço dos derivados de petróleo. Atualmente, o Brasil exporta petróleo bruto e importa gasolina e óleo diesel (para nossa vergonha perante a comunidade internacional). Com isto, o preço dos combustíveis é o resultado das variações que sofrem as cotações do petróleo no mercado internacional e do dólar. Como a commoditie e a moeda americana estão nas alturas, logo temos o combustível mais caro nas bombas. Estruturalmente, pois, investimentos em novas refinarias ajudariam muito. Mas os problemas conjunturais como a guerra na Ucrânia e a consequente alta na cotação do barril do petróleo não se resolvem com uma “canetada” presidencial.

    Ademais, a tentativa de interferência por parte do governo no preço dos combustíveis só aumenta seu preço. Explico. Quando o Presidente vai à imprensa para reclamar da alta nos preços que a Petrobras anuncia, os investidores da Companhia veem a possibilidade de redução nos lucros da empresa, o que pode fazer com suas ações percam valor. Por isso, vendem mais que depressa os papéis que possuem da S/A, o que faz o preço das ações despencar, para logo comprar ativos em dólares a fim de migrar seus investimentos para outros países, o que faz com que o dólar aumente. E, como dito, subindo o dólar, sobe a gasolina.

    O governo não está parado. Reduziu a 0% as alíquotas dos impostos federais e encaminhou ao Congresso Nacional projeto de lei que, na prática, limita a tributação do ICMS, um imposto estadual, em 17%. O Consórcio de Governadores do Nordeste ingressou com ação na Justiça para declarar a inconstitucionalidade da lei. Eles temem perda de receitas com a diminuição da alíquota. Esquecem-se, porém, que a base de cálculo do tributo, o preço dos combustíveis, está alta e, assim, não creio em quebra na arrecadação.

    Voltando à fala do presidente da Abol, Djalma Vilela, a falta de investimentos no setor de transporte rodoviário, como consequência natural da diminuição da margem de lucro das empresas em razão do aumento no preço do diesel, pode levar ao sucateamento da frota e a um grave “apagão logístico” num futuro breve. Ruim para todos, inclusive para a Petrobras, que distribui seus produtos também pela malha rodoviária. Daria para diminuir um pouco o lucro da empresa, diz a Abol. Mas, vamos combinar: nunca imaginei que seria um problema uma estatal dar lucro. Tempos estranhos esses.

    Relacionadas

    Deputado ajuda a melhorar estrutura de escolas públicas em Rondonópolis

    Atento às necessidades do setor da educação pública em Mato Grosso, o deputado Delegado Claudinei (PL) segue apoiando causas que ajudam a melhorar cada...

    Arquibancada cai e deixa mortos e feridos na Colômbia

    Pelo menos quatro pessoas morreram e 30 ficaram gravemente feridas no desabamento de uma arquibancada em uma praça de touros durante uma tourada neste...

    Câmera de segurança registra acidente entre moto e carro

    Uma câmera de segurança registrou um acidente de trânsito no cruzamento entre as ruas 15 e 16 - A no jardim Itália na tarde...

    Celebridades ganham milhões com ‘publis’ em rede social

    Não é novidade que as celebridades ganham uma boa grana com as "publis" nas redes sociais. Alguns famosos revelaram que acumulam verdadeiras fortunas com...

    Motorista tenta fazer ultrapassagem e provoca acidente com moto no Centro

    Um motociclista ficou ferido após uma colisão envolvendo um carro e uma moto no cruzamento da Avenida Tiradentes com a Rua José Barriga, na...

    Atendimento presencial é suspenso na Procuradoria do Trabalho de Rondonópolis

    O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) comunica que está suspenso, até o dia 4 de julho, o atendimento ao público presencial...

    O tiro no pé!

    Um outdoor chamou muito a atenção em Rondonópolis esses últimos dias. Nele, via-se uma arte dando publicidade, a quem passasse ali pela Av. Governador...

    Custo com energia e gás é mais de 30% do preço do pão, carne e leite

    Além do que é preciso para fazer funcionarem as lâmpadas, eletrodomésticos, chuveiros, fogões, fornos e aquecedores, os brasileiros consomem energia elétrica e gás natural...

    Nas duas sessões que aprovaram IPTU, Marisvaldo mudou o voto e virou personagem

    Nas duas sessões da Câmara de Vereadores de Rondonópolis desta quarta-feira (23), que aprovaram os seis projetos de autoria do Poder Executivo que realinham...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas