Mais
    Agora MT Manchetes Ministério libera vacina contra a gripe no SUS para população geral
    NOVO CALENDÁRIO

    Ministério libera vacina contra a gripe no SUS para população geral

    Desde 4 de abril, apenas grupos prioritários, como idosos, crianças e gestantes, podiam se vacinar, mas adesão foi baixa

    Fonte: R7
    VIA

    Dia D da vacina Gripe - Foto: Prefeitura de Jundiaí/Divulgação
    Dia D da vacina Gripe – Foto: Prefeitura de Jundiaí/Divulgação

    Desde ontem (25), estados e municípios estão autorizados a oferecer a vacina contra a gripe no SUS a todos acima de seis meses de idade, conforme decisão do Ministério da Saúde. O novo calendário, todavia, fica a critério de cada localidade.

    A expansão se dá 80 dias após o início da campanha de imunização contra a influenza, que tinha como grupos prioritários idosos e profissionais de saúde.
    Em maio, a segunda fase incluiu gestantes, crianças, indígenas, população carcerária, professores e outras categorias profissionais.

    O público-alvo definido pelo Ministério da Saúde para a campanha deste ano é de 77,9 milhões de pessoas, mas somente 36,1 milhões de doses haviam sido aplicadas – cobertura de 53,5%, até sexta-feira (24).

    A cobertura vacinal é menor entre gestantes (35,2%) e crianças (42,6%). Cerca de 60% dos idosos buscaram a imunização até o momento, mesmo patamar dos profissionais de saúde.
    Em 2021, os maiores contingentes dos grupos prioritários – idosos, crianças, gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde – tiveram uma cobertura vacinal de 72,8%.

    O médico Renato Kfouri, membro da diretoria da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações) e da Câmara Técnica do PNI (Programa Nacional de Imunizações), chama atenção para o fato de que, anualmente, entre 70% e 75% das mortes por gripe ocorrem em idosos, gestantes, crianças, portadores de doenças crônicas e puérperas.

    “Uma vez que a campanha é prorrogada e não se alcança o objetivo de imunizar os grupos prioritários, é louvável que se amplie para todos, não faz sentido desprezar vacinas.”
    O Ministério da Saúde encomendou 80 milhões de doses ao Instituto Butantan. Como menos da metade foi aplicada, o restante continuará sendo usado em quem chegar nos postos de saúde até que os estoques acabem.

    Kfouri, porém, critica a ausência de “uma campanha mais efetiva” para conscientizar os grupos prioritários de que a gripe representa um risco.

    “É a estratégia que o governo faz em cada campanha: faz a prorrogação e quando vê que não atingiu a cobertura, abre para todos. Não é o ideal, mas é o que tem sido realizado em vários dos anos.”

    Para ele, o ideal seria que os 80 milhões de doses fossem aplicados integralmente nas populações com maior chance de evoluir para quadros graves da doença.

    Todos os grupos prioritários ainda poderão se vacinar, mesmo com a campanha expandida para outras faixas etárias.

    O imunizante está atualizado para as cepas de influenza que devem circular com mais intensidade neste ano, incluindo a H3N2 Darwin, que causou surtos entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 em algumas localidades do Brasil.

    Cabe ressaltar que o reforço da Covid-19 pode ser tomado junto com a vacina da gripe, exceto para adolescentes.

    Relacionadas

    Rondonópolis terá novo trajeto do Desfile Cívico-Militar de 7 de Setembro

    O tradicional Desfile Cívico-Militar de 7 de Setembro terá o trajeto alterado neste ano em virtude da reforma da Praça do Brasil. O novo...

    Foragido, suspeito de matar ex-policial e filha adolescente em Rondonópolis é preso em Goiás

    Lucas Soares Dias, 25 anos, que estava foragido com dois mandados de prisão da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de...

    Mercado financeiro reduz projeção de inflação de 7,11% para 7,02%

    O mercado financeiro reduziu, pela sétima semana consecutiva, a previsão de inflação para 2022. De acordo com o Boletim Focus, divulgado hoje (15) pelo...

    Idosa é atropelada ao atravessar faixa de pedestre na avenida Júlio Campos

    Uma idosa de 62 anos ficou ferida após ser atropelada por uma caminhonete ao atravessar uma faixa de pedestre, na avenida Júlio Campos, no...

    Claudinei reitera cobrança por ações efetivas do Estado contra guerra de facções em MT

    A violência e o número de homicídios em Mato Grosso aumentaram em 2022. Por ter 20 anos no combate ao crime dentro da Polícia...

    Ministro do TSE determina retirada de vídeos de Lula contra Bolsonaro

    O ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a exclusão de vídeos publicados no YouTube em que o ex-presidente Lula (PT) chama...

    Jaciara estima vacinar mais de mil crianças contra a poliomielite

    O dia “D” da vacinação ocorrerá no dia 20 de agosto (sábado), das 8h às 17 horas nas Unidades Básicas de Saúde do município...

    Motociclista e garupa ficam feridos em acidente no Jardim Morumbi

    Um grave acidente foi registrado no final desta manhã (13), no bairro Jardim Morumbi, em Rondonópolis. Dois jovens em uma motocicleta teriam invadido a...

    Tribunal mantém pena de 15 anos a homem que matou colega com 12 facadas após briga em bar em Pedra Preta

    Depois de discussão em um bar de Pedra Preta, um homem matou, com 12 golpes de faca (tipo peixeira), um colega que se recusou...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas