Mais
    Agora MT Editoriais O calcanhar de Aquiles de Bolsonaro
    EDITORIAL

    O calcanhar de Aquiles de Bolsonaro

    FONTE
    VIA

    Imagem: AGORA com Vanzeli O calcanhar de Aquiles de Bolsonaro

    O preço dos combustíveis está pela hora da morte. Já tive oportunidade de escrever sobre o assunto aqui nesta editoria, onde avaliei os porquês de tamanha alta de preços.

    Segundo pude constatar, o grande problema do Brasil é que não somos formadores, mas tomadores de preços, em se tratando de derivados de petróleo. Isto, porque não temos plantas de refinaria suficientes para beneficiar o óleo bruto. Como consequência, exportamos o petróleo que extraímos para, logo depois, importar seus derivados, especialmente gasolina e óleo diesel. Nessas operações, o câmbio e a cotação internacional do barril de petróleo contam.

    Isto acontece conosco porque faltaram investimentos em nossas refinarias durante os anos de 1980 e 1990. Por duas décadas, não gastamos um real sequer para esta necessidade. Com os governos do PT, os investimentos vieram, mas só para cair nas garras da Lava-Jato. As investigações demonstraram uma rede de corrupção em obras públicas, o que incluiu as plantas de duas refinarias, a de Abreu e Lima, no Pernambuco, e a da Coperj, no Rio de Janeiro.

    Para piorar, durante o governo de Dilma Rousseff, a Petrobras comprou uma refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos, cidade sede da final da Copa de Mundo de 1994, onde ganhamos o mundial com Romário e Cia. Mas, nesse mesmo palco, perdemos de goleada para o capital internacional, uma vez que um erro na negociação custou bilhões de reais à Petrobras, um prejuízo que ainda não foi amortizado pela Companhia.

    E ainda, por conta dos escândalos de corrupção na Petrobras, o governo brasileiro, com Michel Temer, se viu premido pela Justiça americana a assinar um Termo de Compromisso para não mais interferir na política de preços dos combustíveis, a fim de que os investidores americanos não sofressem perdas pelas ingerências politiqueiras na S/A. Como resultado, não pode o presidente Bolsonaro, ainda que queira, mudar os preços dos combustíveis como bem entender, o que é muito bom, diga-se de passagem. Há um país em que o governo interfere sempre no preço dos combustíveis. Lá, a gasolina custa centavos de real. É a Venezuela. E aí! Quer se mudar para lá? Acho que não, né! A ingerência política em questões de negócios só pode trazer pobreza.

    Mas Bolsonaro sabe que o preço dos combustíveis é seu “calcanhar de Aquiles” para essas eleições e bolou um plano para “destributar” os combustíveis, especialmente o diesel, retirando os impostos federais e prometendo compensar os estados que tiverem perda de arrecadação se decidirem retirar o ICMS sobre os produtos. Medida desesperada? Claro que sim! Mas, tem outro jeito?

    Sem plantas para refino de nosso petróleo e sem poder mudar a política de preços da Petrobrás, como resultado da corrupção generalizada dos governos do PT, e premido pelos números das pesquisas eleitorais, não resta alternativa ao Presidente. Isso pode causar um desequilíbrio nas contas públicas. Mas, isto é assunto para outro editorial. Seja bem vinda, pois, a desoneração tributária promovida por Bolsonaro.

    Relacionadas

    Jovem é preso após fazer live para vender drogas

    Um jovem de 24 anos foi preso, na noite deste sábado (25), após fazer uma live para vender comprimidos de ecstasy no Morro das...

    Vítima de incêndio na Santa Casa mandou áudio para o filho antes de morrer

    Amigos e familiares se despediram de César Freitas de Jesus, de 51 anos, nesta quarta-feira (29). Ele foi uma das vítimas do incêndio que...

    Urso invade garagem em busca de comida, mas é expulso por gato corajoso; veja vídeo

    Um canadense registrou o momento em que o gato dele mostrou muita coragem e colocou um urso pra correr. O invasor entrara na garagem dos...

    Se Brasil for para a esquerda, vai acabar como a Colômbia, diz Bolsonaro

    O presidente Jair Bolsonaro (PL), que disputa a reeleição ao Planalto, afirmou neste sábado (25) que, se o candidato da esquerda vencer as eleições...

    Sem espaço no palanque de Mauro, Neri já cogita compor com PT

    O pré-candidato ao Senado, Neri Geller (PP), bem que tentou um espaço no palanque do atual governador Mauro Mendes (UB) nestas eleições. Vendo a...

    Taxa de desemprego cai para 9,8% no trimestre encerrado em maio

    A taxa de desemprego no Brasil manteve a trajetória de queda registrada nos últimos meses e caiu para 9,8% no trimestre finalizado em maio...

    Prefeita assina Ordem de Serviço para construção do Batalhão da PM-MT em Jaciara

    Mais uma ação da Prefeitura de Jaciara que fortalecerá a segurança no município. É que a prefeita Andréia Wagner assinou na tarde de quarta-feira...

    Veículo capota e passageira fica ferida em acidente no Sagrada Família

    Uma pessoa ficou ferida em um acidente de trânsito registrado na tarde desta sexta-feira (24) no Parque Sagrada Família, em Rondonópolis - MT. No...

    Dia de campo fortalece piscicultura de MT com foco na qualidade de peixe oferecido ao consumidor

    No último dia 25 de junho, ocorreu o Dia de Campo da Piscicultura, uma realização da Associação dos Aquicultores de Mato Grosso (Aquamat), em...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas