Mais
    Agora MT Notícias Operação da PF mira ex-ministro da Educação Milton Ribeiro
    ORDENS JUDICIAIS

    Operação da PF mira ex-ministro da Educação Milton Ribeiro

    Justiça expediu mandado de prisão contra o ex-ministro; agentes cumprem mandados em São Paulo

    Fonte: R7
    VIA

    Imagem: milton ribeiro 22032022155127779 Operação da PF mira ex-ministro da Educação Milton Ribeiro
    Milton Ribeiro – Foto:
    ALAN SANTOS / PR

    O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro é um dos alvos da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (22). O ex-chefe da pasta e outros dois pastores são suspeitos de operar um esquema de uso indevido de verbas do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Foi expedido mandado de prisão contra Milton Ribeiro, mas a PF não confirmou, até a última atualização desta reportagem, se o ex-ministro havia sido preso.

    Ao todo, são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal, endereços ligados a Milton Ribeiro e aos líderes religiosos Arilton Moura e Gilmar Santos, apontados como lobistas que atuavam no MEC. Segundo a PF, os investigados também estão proibidos, por medidas cautelares, de manter contato durante a investigação.

    As ordens judiciais foram emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal. A investigação corre sob sigilo.

    O caso veio à tona em março após o vazamento de um áudio em que Ribeiro afirma privilegiar prefeitos que foram indicados pelos pastores. Na gravação, ele diz que foi um pedido do presidente Jair Bolsonaro. No entanto, dias depois, alegou que não houve influência do chefe do Executivo no caso e afirmou que o envio dos recursos da pasta aos estados e municípios é feito com base em critérios técnicos.

    O crime de tráfico de influência tem pena prevista de 2 a 5 anos de reclusão. São investigados também fatos tipificados como crime de corrupção passiva (2 a 12 anos de reclusão), prevaricação (3 meses a 1 ano de detenção) e advocacia administrativa (1 a 3 meses).

    Propina para liberar recursos

    O prefeito de Boa Esperança do Sul (SP), Manoel do Vitorinho (PP), afirmou que o pastor Arilton Moura pediu a ele uma propina de R$ 40 mil para que o ministério disponibilizasse recursos à cidade para a construção de uma escola profissionalizante.

    À Record TV, Manoel disse que Arilton apresentou a oferta após uma reunião do ministro da Educação, Milton Ribeiro, com prefeitos de cidades do interior de São Paulo em março do ano passado. De acordo com Manoel, o ministro não fez nenhuma promessa de que o MEC daria assistência financeira aos municípios, mas assistentes do MEC aconselharam os prefeitos a conversar com os pastores para negociar os repasses.

    Segundo Manoel, ele e mais dois prefeitos foram levados por funcionários do ministério a um restaurante de Brasília, onde encontraram Arilton e Gilmar. No estabelecimento, Arilton conversou reservadamente com Manoel. De acordo com o prefeito, foi nesse momento que o pastor cobrou a propina.

    “Eu abordei o pastor buscando saber como funcionaria as demandas para os municípios, e ele me levou em uma mesa fora do restaurante. Ele me perguntou: ‘Prefeito, você sabe como funciona, né? Não dá para ajudar todos os municípios, porém eu posso ajudar o seu município com uma escola profissionalizante. Consigo te liberar [recursos] agora. Só que, para isso, eu preciso que você faça imediatamente um depósito de R$ 40 mil para ajudar a igreja”, detalhou Manoel.

    O prefeito disse ter agradecido ao pastor, mas recusou a proposta. “Muito obrigado, mas para mim não serve, pastor”, respondeu Manoel.

    Relacionadas

    7 formas de prevenir assaduras em bebês

    A assadura é uma forma comum de inflamação da pele (dermatite) que causa vermelhidão no pirênio e na região perianal de bebês. Se ignorados,...

    Conheça algumas das flores mais perfumadas do mundo

    Com a clássica rosa, a calmante lavanda, a inebriante gardênia e a delicada peônia, a floricultura é um paraíso de perfumes naturais. Geralmente, nós...

    TSE regulariza título de mais de 81 mil eleitores em MT

    Atendendo ao pleito do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) regularizou a situação de 81.351 pessoas em Mato...

    Chefe de facção criminosa que ostentava vida de luxo é presa

    A polícia da Bahia prendeu em Salvador, na última semana, uma mulher suspeita de chefiar uma organização criminosa no Ceará. A operação ocorreu em...

    Conselho da Petrobras aprova Caio Paes para a presidência da estatal

    O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta segunda-feira (27) a indicação de Caio Mário Paes de Andrade para a presidência da companhia. Na...

    Homem morre durante teste físico para inspetor da Polícia Civil

    Um homem morreu durante um teste físico de concurso para inspetor da Polícia Civil. Ele fazia uma prova de corrida e passou mal a...

    Ministério libera vacina contra a gripe no SUS para população geral

    Desde ontem (25), estados e municípios estão autorizados a oferecer a vacina contra a gripe no SUS a todos acima de seis meses de...

    Proprietários de imóveis tem até dezembro de 2022 para regularizar situação na Receita e escapar do novo IPTU

    Os rondonopolitanos cujos carnês do Imposto Predial e Territoial Urbano constem como “territorial” no cadastro da Prefeitura têm até o dia dezembro deste ano...

    Justiça Federal decide hoje se mantém prisão de Milton Ribeiro

    Na tarde desta quinta-feira (22), o juiz Renato Morelli, da 15ª Vara Federal do Distrito Federal, decide se mantém ou não a prisão do...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas