Mais
    Agora MT Brasil Professora é a primeira brasileira na coordenação do maior acelerador de partículas...
    MARCO

    Professora é a primeira brasileira na coordenação do maior acelerador de partículas do mundo

    Carla Göbel faz história ao assumir o posto de coordenadora adjunta de física

    Fonte: R7
    VIA

    Imagem: professora Professora é a primeira brasileira na coordenação do maior acelerador de partículas do mundo
    Carla Göbel assume o cargo no dia 1º de agosto para um mandato de dois anos- Foto: DIVULGAÇÃO

    A professora Carla Göbel Burlamaqui de Mello faz história: ela é a primeira brasileira a ocupar o cargo de coordenadora adjunta de física do experimento LHCb (Large Hadron Collider beauty experiment), do CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear), que abriga o maior acelerador de partículas do mundo. A posse da pesquisadora está marcada para o dia 1º de agosto e o mandato é de dois anos.

    “O desafio é enorme, dá um frio na barriga, mas também mostra que o Brasil produz ciência de qualidade e está ganhando cada vez mais relevância no cenário internacional”, diz.

    Carla é professora do Departamento de Física da PUC-Rio e desde 2006 atua como pesquisadora do CERN. Ela foi convidada pela recém-eleita coordenadora de física, Yasmine Amhis (IJC Lab-Paris), para atuar como coordenadora adjunta. Sua nomeação foi ratificada pelo Conselho da Colaboração LHCb no último dia 10 de junho.

    A colaboração LHCb é um dos quatro grandes experimentos que fazem parte do CERN, que conta com 1.500 membros de 89 instituições em 19 países.

    A física estuda as partículas elementares (prótons, nêutrons e elétrons) e a interação entre elas. Para analisarem essas partículas, os pesquisadores realizam experimentos controlados em aceleradores, que criam condições para que esses elementos se manifestem em altíssimas energias. “Da colisão dessas partículas podemos analisar como outras partículas são produzidas e se desintegram, como no início do universo”, explica a pesquisadora.

    Um dos papéis do maior acelerador de partículas do mundo, o LHC (Grande Colisor de Hádrons), é recriar condições muito similares às que ocorreram após o Big Bang e buscar respostas sobre a formação do universo. O acelerador, de 27 km de extensão, está localizado em Genebra, na Suíça.

    Yasmine e Carla serão responsáveis pela qualidade das publicações dos experimentos. As duas também devem indicar coordenadores de grupos de trabalho, definir equipes de revisão e análise de dados e acompanhar todas as etapas até a publicação dos artigos em jornais científicos.
    “Importante dizer que todos os grandes avanços tecnológicos sugiram dos estudos científicos. Investir em ciência significa apostar no desenvolvimento e inovação”, destaca a pesquisadora. “O CERN reúne pesquisadores de diversos países, e mais de 100 cientistas brasileiros estão envolvidos em experimentos, mas todo o processo de análise de dados é realizado de forma remota. É claro que participamos de algumas reuniões, mas não estamos fisicamente lá.”

    Apesar da participação de pesquisadores brasileiros, o Brasil ainda não é membro do laboratório. “O maior desafio dos pesquisadores brasileiros, ao longo dos anos, independentemente de partido, é a dificuldade de conseguir financiamento”, diz. “Nos últimos anos, temos visto uma fuga de cerébros, pesquisadores estão deixando o país, e é preciso que haja uma política de apoio financeiro à produção científica.”

    Relacionadas

    Ações dos núcleos de Avaliação de Tecnologia em Saúde de MT são destaques nacionais

    Os Núcleos de Avaliação de Tecnologia em Saúde (NATS) de Mato Grosso, mantidos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) e pelo Hospital Universitário...

    Jovem de 20 anos é morta a facadas após negar pedido de casamento de colega de classe

    Uma jovem de 20 anos foi assassinada por um colega após negar uma proposta de casamento. Nayera Ashra foi esfaqueada até a morte por Mohamed Adel....

    Deputado se diz “ludibriado” e pede devolução de emenda de R$ 450 mil destinada a reality

    O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado estadual Eduardo Botelho (UB), acionou o Ministério Público de Mato Grosso para que seja apurada a...

    PC recupera carreta carregada de gado roubada em fazenda

    Uma carreta carregada com cabeças de gado, roubada nesta terça-feira (28), foi recuperada pela Polícia Civil, em uma ação conjunta das Delegacia de Nobres,...

    Após reforma | Praça da Saudade é entregue para população de Rondonópolis

    A Praça da Saudade localizada na região central da cidade foi oficialmente inaugurada na manhã desta quinta-feira (23), em Rondonópolis (MT). A área é...

    Após denúncia, jovem é preso com 19 porções de maconha e dinheiro

    Um jovem de 24 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) na noite desta terça-feira (28), no Bairro Parque Universitário, em Rondonópolis (MT). A...

    “Estou tremendo até agora”, diz homem que encontrou bebê em banheiro de hospital

    Horas após encontrar um bebê abandonado atrás do vaso sanitário de um banheiro do Centro de Especialidades Médicas da Santa Casa de Belo Horizonte,...

    Jovem é preso após fazer live para vender drogas

    Um jovem de 24 anos foi preso, na noite deste sábado (25), após fazer uma live para vender comprimidos de ecstasy no Morro das...

    Governo paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS final 7

    A Caixa Econômica Federal paga hoje (27) a parcela de junho do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas