Mais
    Agora MT Destaques Repressão a organizações criminosas resulta em 82 prisões em MT
    1° SEMESTRE 2022

    Repressão a organizações criminosas resulta em 82 prisões em MT

    Ações também colaboraram na redução ao furto de cargas no estado,que apresentou 37% de queda

    Fonte: PJC MT
    VIA

    Imagem: GCCO 27.05.2 Repressão a organizações criminosas resulta em 82 prisões em MT
    Ação da Polícia – Foto: PJC

    O enfrentamento da Polícia Civil a organizações criminosas no estado resultou em 82 prisões no primeiro semestre deste ano em ações realizadas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), em especial na repressão a roubo e furto de cargas e de defensivos agrícolas em Mato Grosso. A Polícia Civil também registrou a apreensão de 22 toneladas de defensivos, número superior ao total apreendido no ano passado.

    Como parte da atribuição da unidade especializada estão investigações sobre organização criminosa, sequestro, roubos/furtos contra instituições financeiras e de defensivos agrícolas e de cargas. As ações englobaram ainda prisões de integrantes de organizações criminosas que estavam foragidos há muito tempo.

    Nos seis primeiros meses deste ano foram apreendidos 21 veículos (12 carros, duas motocicletas, três caminhões e quatro semirreboques), 12 armas de fogo, mais de R$ 46 mil em dinheiro e 276 munições de diferentes calibres.

    As ações também resultaram na apreensão de três emulsões de explosivos, 22 toneladas de defensivos agrícolas, número que supera a apreensão do ano passado inteiro, além de uma carga de 50 toneladas de soja, outra de 39 toneladas de sal e 62 litros de óleo.

    O delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que o resultado é um somatório de investigações realizadas pela própria unidade e também fruto da proximidade com delegacias do interior e parcerias com outras instituições.

    Defensivos agrícolas

    Imagem: defensivos GCCO 2 Repressão a organizações criminosas resulta em 82 prisões em MT
    Materiais apreendidos – Foto: PJC

    As ações de combate a roubos, furtos, desvios e adulteração de defensivos agrícolas foram um dos focos de atuação da GCCO no primeiro semestre do ano. Neste primeiro semestre foram apreendidas 22 toneladas de defensivos agrícolas, número superior ao total apreendido em 2021, quando 19 toneladas foram recolhidas durante operações especializadas.

    As apreensões e prisões foram cumpridas durante realizadas neste primeiro semestre, entre elas as Operações Incipere, Piratas do Agro, Cartão Vermelho (fases 1 e 2) e Ceres.

    “Importante destacar que houve redução dos roubos e furtos de defensivos no estado até o presente momento”, destaca o delegado Vitor Hugo, apontando que no período de janeiro a maio deste ano, a redução de furtos de cargas foi de 37% no comparativo com o mesmo período de 2021.

    Na operação Piratas do Agro, deflagrada em março, a GCCO cumpriu 15 mandados judiciais contra uma quadrilha investigada por furtos de 490 toneladas de fertilizantes no estado.

    Foram também apreendidos veículos, inclusive, os utilizados para furtar e transportar as cargas de fertilizantes das propriedades rurais. Todos os mandados foram cumpridos em Rondonópolis, no sul do estado, onde os investigados residem.“Apenas em duas propriedades de Sorriso, o grupo criminoso furtou 225 toneladas de adubo granulado e cloreto de potássio. Outros três furtos de investigados ocorreram em fazendas de Santa Rita do Trivelato, São José do Rio Claro e Brasnorte”, pontuou o delegado.

    Roubo e furto de cargas

    Passando a ser atribuição recente da GCCO, as investigações de roubos de cargas já apresentaram resultados positivos, com a apreensão de mais de 50 toneladas de soja, 39 toneladas de sal e 62 litros de óleo apenas nos seis primeiros meses deste ano.

    Antissequestro e roubo a banco

    Foi deflagrada a operação Safety no final do mês de março, em Vera, para a prisão dos autores da extorsão mediante sequestro, ocorrida em julho do ano passado, contra uma funcionária de uma cooperativa de crédito.

    Em relação às investigações de furto e roubo a instituições financeiras, a GCCO prendeu em março, três responsáveis pelo pela execução do roubo ocorrido em 16 de dezembro do ano passado a uma agência bancária em Ribeirão Cascalheira. Na ocasião, os autores entraram armados na agência do Banco Bradesco, renderam funcionários e clientes sob violência e grave ameaça e fugiram levando dinheiro.

    Força-tarefa

    Diversas ações também foram realizadas dentro da Força Tarefa de Segurança Pública, que reúne em Mato Grosso a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, e Polícia Militar. A força-tarefa, que conta com integrantes da GCCO, tem por objetivo realizar uma atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado em Mato Grosso.

     

    Relacionadas

    Programa busca regularizar 62 núcleos habitacionais informais em Rondonópolis

    Visando garantir o direito constitucional à moradia, a Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo criou em 2021 o programa municipal “Morar Legal – Escritura...

    Campanha realiza ações de incentivo ao aleitamento materno nas Unidades Básicas de Saúde

    A Prefeitura de Várzea Grande realiza ações da campanha ‘Agosto Dourado’ nas Unidades Básicas de Saúde do município, destacando sobre a importância do incentivo...

    Motociclistas ficam feridos após colisão envolvendo três veículos na avenida dos Estudantes

    Dois motociclistas firam feridos após um acidente envolvendo três veículos, na manhã desta sexta-feira (5), na Avenida dos Estudantes, Bairro Sagrada Família, em Rondonópolis...

    Polícia Civil autua em flagrante profissional acusado de violação sexual mediante fraude durante procedimento estético

    Um homem suspeito de violação sexual mediante fraude uma adolescente de 17 anos durante procedimento estético, no município de Cáceres, foi autuado em flagrante...

    Alterado, homem ameaça esposa e filha de morte e acerta neta com golpe de facão

    Um homem de 58 anos foi preso na tarde deste domingo (07) após acertar a própria neta com um golpe de facão no bairro...

    Corte de impostos deve resultar em nova queda de preços neste mês

    A maior deflação desde 1980 não deve encerrar o ciclo de queda dos preços na economia nacional e deve ser repetida, em menor magnitude,...

    Maraisa beija fã durante show e ele comemora: ‘Funcionou’

    Maraisa surpreendeu o público na última segunda-feira (8) após beijar um fã que subiu no palco. Ela estava fazendo um show ao lado da...

    Um em cada oito pacientes sofre de sintomas prolongados de Covid, segundo estudo

    Uma em cada oito pessoas infectadas com o coronavírus desenvolve pelo menos um sintoma de Covid-19 de longa duração, revelou nesta quinta-feira (4) um...

    Quem pode fazer aulas de pilates?

    É possível que você já tenha ouvido falar das aulas de pilates e pensou que essa não é uma opção para sua rotina -...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas