Mais
    Agora MT Notícias Rodrigo da Zaeli fala em “novos horizontes” no PL e ensaia candidatura...
    PRÉ-CAMPANHA

    Rodrigo da Zaeli fala em “novos horizontes” no PL e ensaia candidatura a federal nesta segunda-feira (20)

    Evento de pré-lançamento deverá reunir lideranças partidárias e apoiadores do projeto á direita em Mato Grosso

    FONTE
    VIA

    Rodrigo da Zaeli em entrevista no site agoramt sobre eleições 2016 - Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT
    Rodrigo da Zaeli – Foto: Varlei Cordova/ AGORA MT

    O ex-vereador por Rondonópolis, Rodrigo Lugli, o “da Zaeli”, lança nesta segunda-feira sua pré-candidatura a deputado federal nestas eleições. O evento está marcado para as 20h no espaço do “Cinquentão”, na região central, com a presença de lideranças políticas e simpatizantes do projeto político à direita em 2022.

    Lugli se filiou no PL durante a passagem da Caravana Verde e Amarelo, encabeçada pelo atual senador da República, Wellington Fagundes (PL), por Rondonópolis. Fagundes é o líder do partido em Mato Grosso e tem percorrido o Estado focado em viabilizar o palanque do atual presidente e pré-candidato à reeleição ao Planalto, Jair Bolsonaro (PL), no Estado.

    Imagem: Rodrigo da Zaeli Rodrigo da Zaeli fala em “novos horizontes” no PL e ensaia candidatura a federal nesta segunda-feira (20)
    Rodrigo da Zaeli – Foto: Messias Filho / Agora MT

    Ex-PSDB, Lugli defendeu a migração ao PL como uma busca por “novos horizontes”. “Estive no PSDB por 23 anos. Neste ano entendemos que a sigla mudou um pouco seu pensamento. Quando entramos no PSDB, éramos a direita no Brasil, mas o cenário mudou. Fui acolhido no PL”, diz. “Agora é o momento de apresentar meu nome, dizer o que pretendo fazer. Nõa se pode chegar em uma convenção sendo alguém totalmente desconhecido da população. Apesar de ter tido oito anos de vida pública, este o momento de novos horizontes”, pontua.

    A debandada da sigla tucana não é exclusividade do ex-vereador. O partido, avalia Lugli, perdeu espaço e sofreu com o desgaste deixado de herança pelo ex-governador Pedro Taques. “Em vez de unir, acabou dividindo o partido”, diz. Em 2014, eleito com expectativa em alta, Taques não terminou o governo bem avaliado, ficando em terceiro lugar nas eleições de 2018.

    Em fevereiro, em entrevista ao portal AGORA MT, Lugli já dizia estudar uma eventual candidatura a deputado federal em 2022. A ideia, disse à época, era tratar das discussões do Estado “lá em cima”. Por duas vezes, em 2014 e 2018, tentou uma vaga à Assembleia Legislativa do Estado, mas não se elegeu.

    Relacionadas

    Manobra de conversão provoca acidente e deixa dois motociclistas feridos

    Um acidente envolvendo duas motocicletas foi registrado na tarde deste sábado, no bairro Alfredo de Castro, em Rondonópolis. Duas pessoas, uma mulher e um...

    Superlua pode ser novamente vista nesta quinta-feira

    Para quem gosta de olhar para o céu à noite, esta quinta-feira (11) pode ser especial. É que, se o clima ajudar, será possível...

    Lula é três vezes mais rico que Bolsonaro

    As declarações de bens dos líderes nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República em 2022 estão disponíveis na página Divulgacand,...

    Venda de veículos novos apresenta retração em julho, segundo Fenabrave

    Com 8.695 unidades, julho apresenta queda de 6,3% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram emplacados 9.283 veículos. Em relação a junho...

    Nelson Orlato, prefeito de Pedra Preta, morre neste domingo (14)

    O prefeito do município de Pedra Preta, Nelson Orlato (PSB), faleceu na tarde deste domingo (14). Há pelo menos um ano, ele lutava contra...

    Ex-apresentadora morre junto com o filho de 4 anos em acidente

    Um acidente de trânsito matou quatro pessoas na madrugada de domingo (7) em Florianópolis (SC), entre elas a empresária do ramo de alimentação saudável...

    Madrugada deste sábado terá chuva de meteoros

    O hemisfério norte terá uma noite privilegiada para assistir o pico de uma chuva de meteoros conhecida como Perseidas. O fenômeno ocorrerá a partir...

    Motorista perde direção em curva e sai capotando na MT-480

    O motorista de um automóvel perdeu aparentemente sozinho o controle da direção e capotou por diversas vezes ao fazer uma curva na rodovia estadual...

    Bolsonaro defende ato de 7 de setembro de 2021: ‘Democrático’

    O presidente Jair Bolsonaro (PL) avaliou, nesta segunda-feira (15), que a manifestação com pautas antidemocráticas e inconstitucionais registrada em 7 de setembro de 2021 foi "ordeira e democrática". "Os festejos...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas