Mais
    Agora MT Destaques Secretaria de Serviços Públicos promove ação de conscientização para manter a cidade...
    MÊS DO MEIO AMBIENTE

    Secretaria de Serviços Públicos promove ação de conscientização para manter a cidade limpa

    Descartar lixo incorretamente nas ruas, avenidas, praças, bairros e nos equipamentos públicos ocasiona poluição visual, entupimento dos bueiros e ainda a poluição dos rios, córregos e lagos que banham a cidade, contribuindo assim para destruição da natureza

    Assessoria
    VIA

    Imagem: Secretaria de Servicos Publicos promove acao de conscientizacao para manter a cidade limpa Secretaria de Serviços Públicos promove ação de conscientização para manter a cidade limpa
    Secretaria de Serviços Públicos promove ação de conscientização para manter a cidade limpa – Reprodução

    Em alusão ao mês Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, promove campanhas de conscientização acerca da limpeza pública da cidade. A campanha tem a finalidade de estimular a consciência cidadã na manutenção da limpeza pública como estratégia de garantir a preservação e conservação do meio ambiente.

    “A secretaria é comprometida com a limpeza pública da cidade. Porém, precisamos desta manutenção por parte da população. É importante rever os hábitos, não jogando lixo nas ruas, praças, avenidas e bairros. Com isso, nosso trabalho será mantido e a cidade permanecerá mais limpa e agradável para se viver”, destacou o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes.

    Seguindo orientação do prefeito Kalil Baracat, a equipe de limpeza segue um cronograma de atendimento em toda cidade, assim como os grupos de coleta de lixo também passa para recolher o lixo doméstico, dentro de programação que atende bem às demandas das comunidades e dos principais corredores comerciais da cidade. “A Prefeitura está fazendo sua parte, entretanto, contamos com a contrapartida da população para mantermos a cidade limpa e ecologicamente saudável e correta”.

    A falta de conscientização pode causar danos ao meio ambiente. Entre eles está a contaminação do solo; contaminação do lençol freático; produção de gases tóxicos e atração de animais que transmitem doenças. Além disso, o lixo pode acumular água e, consequentemente, virar criadouro para mosquitos, como o Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como dengue, etc.

    “Com atitudes e mudanças de comportamento todos podem colaborar para reduzir a produção de lixo, além do não descarte em locais inapropriados, como ruas, avenidas e praças. Nos locais públicos da cidade existem lixeiras distribuídas de coleta seletiva – plástico, vidro, papel, metal, orgânico e não reciclável – onde o cidadão pode descartar o lixo no espaço adequado, evitando assim consequências danosas ao meio ambiente e mantendo a cidade limpa e organizada”, enfatizou secretário Breno.

    Conforme o subsecretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Virdinei da Silva Bens, o lixo é um problema socioeconômico das cidades que requer investimentos expressivos na coleta e tratamento adequado do lixo urbano. “No aspecto social, as pessoas são acometidas pela concentração de lixo, que causam proliferação de insetos, transmissão de doenças, poluição visual, entupimento de bueiros, entre outros, o que dificulta a manutenção dos serviços públicos prestados à sociedade”.

    A conscientização da população se dá pela Política dos 3R’s – Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Em Várzea Grande, a coleta seletiva é uma alternativa correta, além de contribuir para os catadores de materiais recicláveis que têm a prática como fonte de renda para suas respectivas famílias.

    Vale frisar que descartar lixo incorretamente nas ruas, avenidas, praças, bairros e nos equipamentos públicos ocasiona poluição visual, entupimento dos bueiros e ainda a poluição dos rios, córregos e lagos que banham a cidade, contribuindo assim para destruição do meio ambiente, que é um patrimônio a ser zelado para futuras gerações. A população tem obrigação/dever em perpetuar equilíbrio e a biodiversidade para as gerações que estão por vir.

    O artigo 225, da Constituição Federal de 1988, destaca que “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para presentes e futuras gerações”. O não cumprimento da normativa é desrespeito do princípio da dignidade humana.

     

    Relacionadas

    Derf prende suspeito de tráfico e tira droga de circulação

    Um homem foi preso suspeito de realizar o crime de tráfico de droga, a prisão aconteceu nesta terça-feira (16), no bairro Ana Carla, em...

    Motociclista bate em traseira de caminhonete e é socorrido pelo Samu

    Um motociclista ficou ferido após colidir contra a traseira de uma caminhonete, na noite deste sábado (13), na região central do município de Tangará...

    Veículo roubado é abandonado e recuperado pela PM na MT-270

    Um caminhão roubado foi encontrado sem carga pela Polícia Militar (PM) após ser abandonado na região conhecida como 'Pneu', na MT-270, a aproximadamente 35...

    Reino Unido é 1º país a aprovar vacina adaptada para Ômicron

    O Reino Unido, primeiro país do mundo a aprovar uma vacina contra o novo coronavírus no fim de 2020, também deu agora a primeira luz...

    Polícia Civil cumpre prisão de homem que matou morador de rua

    O autor do homicídio que vitimou o morador de rua Robson Nardine, no mês de junho deste ano, em Cuiabá, teve o mandado de...

    Obras do Governo melhoram a infraestrutura, diz prefeito de Barra

    “Posso afirmar, com toda certeza do mundo, as obras que o Governo do Estado está fazendo, melhorando a infraestrutura de Mato Grosso, têm reflexo...

    Wellington busca mulher para a chapa e ex-prefeita segue cotada

    O senador da República e candidato à reeleição, Wellington Fagundes (PL), segue em busca de um nome para ocupar a segunda suplência na chapa...

    Motociclista tem braço decepado e morre em acidente na BR-364

    Um motociclista identificado como Ronair Pereira dos Santos, 41 anos, morreu em um violento acidente na noite desta segunda-feira (15), na BR-364, cerca de...

    Escolhendo um nome para o seu bebê? Confira as tendências para 2022

    A escolha do nome de um bebê é cheia de significados. Ela traz os gostos, a história e a expectativa dos pais, além de...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas