Mais
    Agora MT Notícias Sete pessoas são enterradas vivas acusadas de roubo de gado
    VIOLÊNCIA

    Sete pessoas são enterradas vivas acusadas de roubo de gado

    Três agentes da polícia, um militar e três civis foram enterrados vivos acusados de roubo de gado na província de Maputo, em Moçambique

    VIA

    Imagem: boiada01 640x427 1 Sete pessoas são enterradas vivas acusadas de roubo de gado
    Gados – Foto: Sidney Oliveira/Ag. Pará

    Sete pessoas, incluindo três policiais e um militar, foram enterradas vivas na sexta-feira (24), acusadas de roubo de gado.

    O crime aconteceu no distrito de Muamba, na província de Maputo, em Moçambique.

    De acordo com autoridades locais, o caso aconteceu na semana passada.

    Em entrevista aos jornais Correio da Manhã e Rádio França Internacional, o comandante-geral da polícia, Bernardino Rafael, disse que um criador de gado da região viu duas pessoas tentando roubar bois. Revoltado, ele chamou a população, que espancou os supostos ladrões e os enterraram vivos.

    ‘Polícia não tem conexão com roubo de gado’
    Depois disso, os policiais e o militar também foram para a região investigar o caso, mas foram espancados e enterrados.

    “A polícia não tem conexão com o roubo de gado, o que aconteceu foi um crime hediondo”, disse o comandante-geral.

    Segundo Bernardino Rafael, a “Justiça feita com as mãos” ganha contornos alarmantes no país.

    “Nós queremos trabalhar, mas viramos vítimas da nossa própria comunidade e de quem protegemos. Nós perdemos os nossos colegas e para formar um polícia não é coisa fácil”, lamentou Bernardino Rafael.

    Descrédito da população

    A organização moçambicana Centro para Democracia e Desenvolvimento (CDD) condenou o caso, mas ressaltou que a atitude da população resulta do “descrédito” nas instituições de Justiça moçambicanas.

    “É preciso dizer que a ação dos populares, ainda que condenável a todos os níveis, é consequência do descrédito nas instituições”, disse a ONG.

    “O CDD compreende a angústia e o sentimento de revolta e frustração dos criadores de gado que somam prejuízos devido ao roubo e não encontram nas instituições da justiça a solução do problema”, acrescentou.

    O roubo de gado é um problema frequente do país.

    Relacionadas

    Confira 5 lançamentos da Netflix para aproveitar no fim de semana 

    1-  Um  Pesadelo de Casamento Um Pesadelo de Casamento é mais um sucesso coreano que chegou ao catálogo da Netflix. A produção estreou sua primeira...

    Censo 2022 começa em territórios indígenas

    O Censo 2022 começa hoje (10) nos territórios indígenas e vai até 31 de outubro. Serão recenseados os indígenas residentes dentro ou fora de...

    Giovanna Ewbank e Taís Araujo choram falando de racismo e recebem surpresa de Titi

    Taís Araujo participou do Quem pode, Pod, podcast apresentado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme. Durante a conversa, as atrizes relembraram que ficaram amigas...

    GAP | Polícia Militar intensifica patrulhamento e prende dupla suspeita de realizar tráfico

    Dois indivíduos foram presos nesta sexta-feira (05), suspeitos de praticarem o crime de tráfico de drogas na Vila Operária e região, a prisão foi...

    Motociclistas ficam feridos após colisão envolvendo três veículos na avenida dos Estudantes

    Dois motociclistas firam feridos após um acidente envolvendo três veículos, na manhã desta sexta-feira (5), na Avenida dos Estudantes, Bairro Sagrada Família, em Rondonópolis...

    Dupla é presa acusada de aplicar golpes financeiros contra idosos

    Dois homens foram presos na manhã desta terça-feira (09) no município de Baliza-GO acusados de aplicar golpes financeiros contra idosos. Eles andavam com um...

    Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago nesta terça-feira

    A Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (9) a parcela de agosto do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás. Recebem hoje os...

    PF faz operações conjuntas contra pornografia infantil

    A Polícia Federal (PF) desencadeou hoje (9) três operações conjuntas no âmbito do projeto Dark Place. O objetivo da ação é intensificar a repressão...

    Tribunal mantém pena de 15 anos a homem que matou colega com 12 facadas após briga em bar em Pedra Preta

    Depois de discussão em um bar de Pedra Preta, um homem matou, com 12 golpes de faca (tipo peixeira), um colega que se recusou...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas