Mais
    Agora MT Editoriais Perda é lucro
    EDITORIAL

    Perda é lucro

    FONTE
    VIA

    Imagem: AGORA com Vanzeli Perda é lucroEntre os filmes que já assisti, certamente “Amistad”, de Steven Spilberg, está no “Top 10”. O roteiro conta a história de um navio negreiro espanhol que foi tomado pelos escravizados em insurreição. Como não soubessem praticar a navegação, acabam por confiar em dois dos espanhóis conquistados que lhes prometem dirigir a nau de volta para casa, a África. Eles são enganados, claro, e o navio acaba sendo tomado na costa de Connecticut, nos Estados Unidos.

    Tem início uma batalha judicial, que começa pela condenação dos escravizados pelas mortes dos tripulantes durante a tomada do navio e termina com a Rainha da Espanha reclamando a posse e propriedade do navio e dos escravizados. O então presidente americano Martin Van Buren, querendo agradar os estados escravocratas do sul para o favorecer em sua reeleição, apoia a condenação dos homens e mulheres africanos e a devolução do navio e de sua “mercadoria” à jovem governante espanhola. O caso chega à Suprema Corte americana e o final é sensacional. Só não conto aqui para não dar “spoiler” e estragar a experiência de quem está por desfrutar dessa linda obra de arte.

    Mas dá para extrair um diálogo que se desenvolve entre os personagens “Cinque” (Djimon Hounsou), um dos condenados, e o ex-presidente americano “John Quincy Adams” (Anthony Hopkins). Em uma conversa no dia que acontece o julgamento final, o ex-presidente explica ao acusado a importância daquele dia, e confessa que pouco tinha nas mãos a oferecer à coorte, senão palavras. Cinque devolve: “Então, invocarei o espírito de meus antepassados para me ajudar. Porque, neste momento, eu sou a única razão de eles terem um dia existido”. Uau!

    Essa frase impressionou-me desde que a ouvi. Que tamanha percepção de importância existencial! Será que você conseguiria contar quantas gerações de seres humanos existiram para estar aqui hoje lendo esse texto? Faz ideia do número de circunstâncias que lhe trouxeram até aqui? Consegue realizar a quantidade de combinações absolutamente aleatórias que aconteceram de modo a dar a você a família que tem, a roupa que veste, a escola em que estuda ou estudou, o sotaque que possui, a história que carrega? Inimaginável, não?

    Pois é! A toda essa gama de variantes aleatórias incontáveis eu chamo de “mão de Deus”. Estamos no lugar certo e no momento certo, temos as habilidades certas, a altura ideal, a nacionalidade mais perfeita para levarmos a efeito aquilo para o que fomos destinados. Todos temos algo a fazer. E precisamente para que conseguíssemos realizar esse potencial é que somos quem somos. E somos quem somos por conta dessas combinações cósmicas que, por não conseguirmos contar ou entender, chamamos de acaso. Deus se esconde no acaso.

    Assim, nada é por acaso. Há sempre um propósito em tudo que nos acontece. As piores fases, para aprendizado e aperfeiçoamento. As melhores, para podermos ajudar os que estão em seus piores momentos. Nada é para nós mesmos. Parece que fomos “programados” a fazer o bem. No instante em que estendemos a mão para ajudar, uma sensação incrível de bem-estar se apodera de nosso peito. Somos o resultado da vida de bilhões de pessoas na história só para, sendo quem somos, podermos amparar o irmão do lado. A vida não é medida pelo dinheiro que ganha; e sim pelo que oferta. Uma estrofe de um cântico espiritual escrito por Watchman Nee descreve perfeitamente isso. Boa leitura!

    “Não por lucro, mas por perda

    É medida a vida aqui;

    Não por vinho que bebemos,

    Pelo que vertemos, sim.

    Pois nos nossos sacrifícios

    Firma-se o poder do amor;

    Compartilha mais com outros

    Quem sofreu lesão maior.”

    Relacionadas

    Artesanato do Centro-Oeste compõe exposição no Rio

    O Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), localizado na Praça Tiradentes, região central do Rio de Janeiro, oferece ao público a exposição...

    Superlua pode ser novamente vista nesta quinta-feira

    Para quem gosta de olhar para o céu à noite, esta quinta-feira (11) pode ser especial. É que, se o clima ajudar, será possível...

    Pedreiro é condenado a 52 anos de reclusão por homicídio e estupros

    O pedreiro Jeberson Alves dos Santos foi condenado nesta terça-feira (9), pelo Tribunal do Júri de Barra do Garças (a 509km de Cuiabá), pelo...

    Teto de UTI Covid-19 desaba e pacientes são realocados do Hospital de Retaguarda

    Parte do teto da ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Antônio dos Santos Muniz, o Hospital de Retaguarda, desabou na madrugada...

    Jovem é preso após ser flagrado se masturbando em frente de academia

    Um jovem de 26 anos foi preso pela Força Tática por ato obsceno após ser flagrado se masturbando em frente a uma academia na...

    Menino de 11 anos procura agentes para denunciar mãe por agressão com panela quente

    Uma mulher foi presa em flagrante por suspeita de ter torturado o filho, uma criança de 11 anos, no Vidigal, comunidade da zona sul...

    Pedro faz Gol, agrega 3 a 0, Flamengo avança para semifinal e Corinthians é eliminado

    O Flamengo está classificado para a semifinal da Libertadores. Mesmo não precisando vencer, o time voltou a bater o Corinthians na noite desta terça-feira (9) e dessa vez...

    Homem morre após pegar “rabeira” e cair de carreta, corpo foi arrastado por cerca de 100 metros

    Um homem que ainda não teve a identidade revelada morreu ao pegar rabeira em uma carreta e ser arrastado após tentar sair do veículo...

    Homem pelado ataca pedestre com facão e é preso; veja vídeo

    Um homem pelado e armado com um facão foi preso em flagrante após tentar assaltar um pedestre próximo a um posto de gasolina, no condado...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas