Agora MT Destaques Mato Grosso registra 51% de áreas abertas na Amazônia Legal
COM AUTORIZAÇÃO DA SEMA

Mato Grosso registra 51% de áreas abertas na Amazônia Legal

Imagem: sema 1 Mato Grosso registra 51% de áreas abertas na Amazônia Legal
Sema – Foto: Secom/MT

O Estado de Mato Grosso tem 51% de áreas suprimidas (abertas) na Amazônia Legal com autorização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), no primeiro trimestre de 2023. O percentual representa um salto na legalidade que, antes de 2019, era de aproximadamente 5% em Mato Grosso.

Isso significa que a maioria do desmatamento seguiu os critérios legais, que determinam apenas 20% da área do bioma amazônico é passível de abertura, enquanto 80% deve ser preservado como reserva legal. Fatores como o aumento da eficiência do licenciamento da Sema-MT e a intensa fiscalização e responsabilização de quem realiza a atividade ilegal, permitiram o aumento da procura pela legalidade no campo.

“O governo tem investido para eliminar o desmatamento ilegal em Mato Grosso, ao mesmo tempo em trabalha a melhoria contínua da eficiência do licenciamento ambiental, atendendo àqueles que trabalham na legalidade. Cada vez mais o cerco se fechará para quem agir na ilegalidade, com o rigor da fiscalização, desaparelhamento dos infratores, cobrança das multas e transparência dos embargos. Em Mato Grosso a tolerância é zero para crimes ambientais, é possível fazer a abertura de áreas de forma legal, com autorização, seguindo a legislação ambiental que é uma das mais rígidas do mundo”, afirma a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

As áreas abertas legalmente no Bioma somam 205,18 km². O levantamento cruzou os alertas de desmatamento da Plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal do Estado de Mato Grosso (em hectares), com as autorizações de desmatamento e manejo florestal. O relatório do primeiro trimestre foi elaborado pela Coordenadoria de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (CGMA), Superintendência de Regularização e Monitoramento Ambiental e Secretaria Adjunta de Gestão Ambiental.

Operação contra o desmatamento ilegal

O Estado tem agido com firmeza no combate ao desmatamento e crimes ambientais, com operações em campo, fiscalizações por imagens de satélite e aplicação de multas nas regiões, com foco nos municípios que mais desmatam ilegalmente. Já foram aplicados R$ 227 milhões em multas ambientais no primeiro trimestre de 2023.

Desde março deste ano, o Estado iniciou a Operação Amazônia com mais de 200 servidores em campo atuando estrategicamente para frear o desmatamento ainda no início, apreender maquinários, e responsabilizar infratores flagrados cometendo crimes.

Relacionadas

Após disparar própria arma acidentalmente durante caçada, homem é atingido e morre em hospital

Um homem identificado como Joelton Leonildes de Oliveira, 42 anos, morreu neste domingo (16), no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), após ser atingido por...

Operação cumpre 20 prisões e buscas contra investigados por furtos a agências bancárias

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) deflagrou nesta terça-feira (18.06) a Operação North Banks para cumprir 20 mandados de prisões e de...

Inscrições para oficinas do 2° Festival CirandaMundo podem ser feitas até sexta-feira (21)

O 2° Festival CirandaMundo será realizado nos dias 1° e 5 de julho, em Cuiabá, com apresentações artísticas ao público e atividades de aperfeiçoamento...

Lula volta a pedir fim de greve de professores: ‘Estão prejudicando os alunos’

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a pedir nesta quinta-feira (20) o fim da greve dos professores universitários e técnicos administrativos de...

Inverno começa nesta quinta-feira com a maior noite do ano

Apesar de o frio já ter chegado em uma parte do Brasil, o inverno começa no Hemisfério Sul oficialmente nesta quinta-feira (20), às 17h50,...

Dupla é presa pela Força Tática por suspeita de tráfico drogas na região da Vila Operária

A 14ª Companhia Independente da Polícia Militar de Força Tática prendeu dois homens, de 22 e 46 anos, no final da tarde desta terça-feira...

Advogado tenta apartar briga, leva soco e morre

Um advogado de 72 anos morreu após tentar separar uma briga, levar um soco, cair ao chão e sofrer uma parada cardiorrespiratória. O caso...

STF julga nesta terça-feira se torna réus os suspeitos de planejar assassinato de Marielle

A Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) julga nesta terça-feira (18) uma denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra os suspeitos de terem...

Integrante de facção criminosa é morta e decapitada em área de mata

Uma mulher identificada como Simone Pereira foi morta a tiros e teve a cabeça arrancada por dois criminosos na manhã desta terça-feira (18), em...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas