Agora MT Economia Amazônia | Desmatamento cai um terço no primeiro quadrimestre de 2023
MONITORAMENTO

Amazônia | Desmatamento cai um terço no primeiro quadrimestre de 2023

Entre janeiro e abril deste ano, a retirada parcial ou total da cobertura vegetal amazônica atingiu uma área de 1.203 km²

Imagem: amazonia Amazônia | Desmatamento cai um terço no primeiro quadrimestre de 2023
Amazônia – Foto: reprodução

O tamanho da área desmatada na Amazônia durante os quatro primeiros meses deste ano foi 36% menor que no mesmo período de 2022, segundo monitoramento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), organização que desde 1990 reúne pesquisadores que se dedicam a estudar aspectos relativos ao uso e conservação dos recursos naturais da região.

Entre janeiro e abril deste ano, a retirada parcial ou total da cobertura vegetal amazônica atingiu uma área de 1.203 km². No primeiro quadrimestre do ano passado, foram desmatados 1.884 km².

Apesar da redução de quase um terço em comparação ao último período, a área devastada nos quatro primeiros meses deste ano representa o terceiro pior resultado nos esforços de preservação do bioma desde o ano de 2008.

Considerando apenas os últimos 16 anos, a área degradada a cada primeiro quadrimestre do ano foi maior não só em 2022, como também em 2021, quando o desmatamento aumentou expressivamente, atingindo 1.963 km².

Desmatamento da Amazônia em abril
A partir da análise das imagens de monitoramento por satélites, os pesquisadores do Imazon concluíram que, em abril deste ano, a queda no desmatamento chegou a 72%, caindo de 1.197 km² em abril de 2022 para 336 km² no mesmo mês deste ano.

“A redução observada em abril é positiva, porém, a área desmatada [no mês] ainda foi a quarta maior desde 2008 para o mês”, destaca a pesquisadora Larissa Amorim, referindo-se aos resultados para o mesmo mês registrados nos três anos anteriores: 1.197 km² (2022), 778 km² (2021) e 529 km² (2020).

“Isso indica que precisamos implantar ações emergenciais de fiscalização, identificação e punição aos desmatadores ilegais nos territórios mais pressionados, focando nas florestas públicas que ainda não possuem uso definido e nas áreas protegidas, principalmente com a chegada do verão amazônico, onde historicamente o desmatamento tende a aumentar”, acrescenta a pesquisadora, em nota divulgada pelo instituto.

Estados com aumento de área degradada
Apesar de o desmatamento na Amazônia como um todo ter sido menor no primeiro quadrimestre deste ano, nos estados de Roraima e Tocantins houve um aumento da área degradada. A “situação mais crítica”, conforme o Imazon, ocorreu em Roraima, onde a devastação aumentou 73%, passando de 63 km² de janeiro a abril de 2022 para 107 km² no primeiro quadrimestre deste ano.

Em Tocantins, o crescimento do desmatamento foi da ordem de 25%, passando de 4 km² de janeiro a abril de 2022 para 5 km² no mesmo período deste ano.

Mesmo registrando uma queda no desmatamento no último período, Mato Grosso, Amazonas e Pará seguem como os estados com as maiores áreas derrubadas na Amazônia. De janeiro a abril deste ano, Mato Grosso devastou 400 km² de floresta, Amazonas 272 km² e Pará 258 km², o que representa 33%, 23% e 21% do total na região, respectivamente. Ou seja, juntos, esses estados foram os responsáveis por 77% da floresta destruída no primeiro quadrimestre deste ano.

Relacionadas

Polícia encontra corpo de jovem de 16 anos que foi jogado no rio após ter a cabeça decepada; suspeita foi presa em MS

Dois envolvidos no assassinato de um adolescente de 16 anos foram detidos no último domingo (12), em ação conjunta da Polícia Civil, Polícia Militar...

Encontro de pré-campanha de Paulo José reúne mais de 4 mil pessoas

O segundo encontro do Movimento O Futuro Já Começou, evento de pré-campanha organizado pela direção municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e o grupo...

CBF suspende duas rodadas do Brasileirão por causa de cheias no RS

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a suspensão das 7º e 8º rodadas da Série A do Campeonato Brasileiro, o Brasileirão, por causa...

Autor de estupro contra estudante universitária é preso em flagrante pela Polícia Civil em Rondonópolis

Um suspeito de abusar sexualmente de uma jovem, nesta madrugada de sexta-feira (17), em Rondonópolis-MT, foi preso em flagrante pela equipe da Delegacia Especializada...

Casal é executado a tiros e encontrado em estrada rural; corpo do homem estava em porta-malas

Um casal identificado como Poliana Maria de Lima Silva, 37 anos e José Gustavo França de 28 anos, foi assassinado a tiros, na noite...

Doações via Pix ao RS serão destinadas a auxílio emergencial de R$ 2 mil a 45 mil famílias

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (13) que a maior parte dos R$ 93,47 milhões arrecadados via...

Saúde e Educação se mobilizam para imunizar crianças matriculadas nas creches e escolas do município

Uma ação conjunta das Secretarias Municipais de Saúde e Educação pretende imunizar todas as crianças que estão matriculadas nas creches e escolas da rede...

Sete pessoas são detidas em flagrante por formação de quadrilha, sequestro e tortura

Cinco pessoas foram presas e dois adolescentes, de 17 anos, foram apreendidos, na noite da última segunda-feira (13), suspeitos por tortura, sequestro, formação de...

Polícia Civil prende integrantes de facção e resgata vítima que seria executada por grupo criminoso

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Tangará da Serra, deflagrou no final da tarde de quarta-feira (15), a 7ª fase da Operação...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas