Agora MT Brasil Com foco na segurança, resolução do Contran facilita registro de ciclomotores
TRÂNSITO

Com foco na segurança, resolução do Contran facilita registro de ciclomotores

Resolução aprovada pelo conselho nesta quinta-feira (15) atualiza e aprimora a definição dos veículos. Medida entra em vigor em 1º de julho

Imagem: Motociclista Com foco na segurança, resolução do Contran facilita registro de ciclomotoresO Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou na quinta-feira (15) uma resolução para atualizar a classificação de ciclomotores, bicicletas elétricas e equipamentos de mobilidade individual autopropelidos, como patinetes e skates. A medida tem como objetivo aprimorar a definição dos veículos, estabelecendo as linhas de fronteira entre uma tecnologia e outra e, dessa forma, facilitar o registro e o licenciamento nos órgãos locais de trânsito.

A iniciativa acompanha o aumento significativo desse tipo de veículo em circulação pelas cidades e a necessidade de um regramento para o tráfego, com o objetivo de deixar mais clara a classificação dos veículos e equipamentos, e garantir a proteção e segurança dos usuários vulneráveis alinhado às diretrizes e ações do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans), uma vez que são a principal causa de morte entre pessoas de 5 a 29 anos, incidindo de forma desproporcional sobre pedestres, ciclistas e motociclistas.

“A Secretaria Nacional de Trânsito e o Conselho Nacional de Trânsito estão atentos aos grandes desafios que ainda temos para a redução de mortes e lesões no trânsito brasileiro, que é um dos que mais matam no mundo. Cuidar dos mais vulneráveis, em especial dos condutores de veículos sobre duas rodas, é uma de nossas principais apostas para atingirmos as metas de redução de mortes pactuadas internacionalmente e garantirmos um trânsito mais seguro e mais humano”, afirmou o secretário nacional de Trânsito, Adrualdo Catão.

Além de ajudar a preservar vidas de motoristas e usuários de ciclomotores, a medida também visa garantir segurança jurídica para os proprietários desses veículos. “Com regras bem definidas, os condutores terão maior clareza e segurança quanto aos procedimentos necessários para a circulação em vias públicas, reduzindo aborrecimentos e os riscos de judicialização e contencioso administrativo”, completa o secretário.

Ficam definidos como:

• Ciclomotor: veículo de duas ou três rodas com motor de até 50 cm³ limitada a uma velocidade máxima de 50km/h.

• Bicicleta: veículo de propulsão humana, dotado de duas rodas, não sendo, para efeito do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), similar à motocicleta, motoneta e ciclomotor.

• Equipamentos de mobilidade individual autopropelidos: patinetes, skates e monociclos motorizados.

Além das características de cada tipo de veículo, a norma considera como parâmetros potência do motor; velocidade máxima de fabricação; equipamentos obrigatórios, registro e emplacamento; e habilitação.

Bicicletas elétricas, por exemplo, devem ser dotadas de sistema que garanta o funcionamento do motor somente quando o condutor pedala e contar com indicador de velocidade, campainha, sinalização noturna dianteira e lateral e espelhos retrovisores. A particularidade no caso dos ciclomotores, motocicletas e motonetas, é a exigência do registro e emplacamento obrigatório.

Para conduzir ciclomotores é necessária a emissão de autorização para conduzir ciclomotores (ACC) ou carteira nacional de habilitação (CNH), na categoria A. Já os equipamentos de mobilidade individual autopropelidos e as bicicletas elétricas devem circular nas mesmas condições das bicicletas convencionais.

Cabe aos órgãos locais de trânsito regulamentar a circulação dos equipamentos de mobilidade individual autopropelidos e da bicicleta elétrica.

Prazo

A resolução entra em vigor em 1° de julho de 2023. Para os veículos que entraram em circulação e que não obtiveram código de marca/modelo/versão para registro e licenciamento perante os órgãos estaduais de trânsito, a partir de 1° de novembro de 2023 será concedido o prazo até 31 de dezembro de 2023 para que seus proprietários os regularize junto aos departamentos de trânsito.

Antes de ser referendada pelo conselho, a proposta foi encaminhada à Câmara Temática de Assuntos Veiculares, Ambientais e de Transporte Terrestre (CTVAT) do Contran e, posteriormente, submetida à consulta pública. No processo de participação social, foram encaminhadas 470 contribuições, sendo que 238 foram acatadas pela área técnica da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

Relacionadas

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto

Cerca de 4,26 milhões de trabalhadores com carteira assinada nascidos em julho e agosto podem sacar, a partir desta segunda-feira (17), o valor do...

PF vai abrir investigação sobre supostas irregularidades no leilão do arroz

A Polícia Federal vai abrir uma investigação para apurar supostas irregularidades no leilão do governo federal para a compra de de 263 mil toneladas...

Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade em cirurgia reparadora

As mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade na assistência e no atendimento para cirurgias plásticas reparadoras em casos de sequelas de lesões causadas...

PM derruba ‘boca de fumo’ e trio de adolescentes é apreendido em Rondonópolis

Três adolescentes, sendo dois homens e uma mulher, foram apreendidos pelo Grupo de Apoio (GAP) da Polícia Militar (PM), na noite desta sexta-feira (14),...

Polícia Civil identifica suspeitos de matar sargento do Bope durante operação

A Delegacia de Homicídios da Capital, com o apoio do setor de inteligência da Polícia Civil, identificou, nesta quinta-feira (13), dois homens que participaram...

Motociclista idoso morre ao perder controle da direção em rotatória e bater em placa de sinalização

Um motociclista identificado como Vilson Ramos da Silva, 64 anos, morreu no início da madrugada desta quarta-feira (12), na rotatória da avenida Júlio Campos,...

Ciclista fica ferida após ser atropelada por motociclista

Uma mulher ficou ferida após ser atropelada por uma motocicleta, na noite deste sábado (15), na região do bairro Jardim Mirante, em Tangará da...

Temporada final de Stranger Things promete ser insana

Jamie Campbell Bower, ator que dá vida a Henry Creel na popular série da Netflix, Stranger Things, deu uma amostra do que os fãs...

Menina de 8 anos dá entrada no PA Infantil após ser estuprada pelo próprio irmão de 12 anos

Uma menina de 8 anos deu entrada no PA Infantil com sinais de estupro na tarde deste sábado (15), em Rondonópolis-MT. O principal suspeito...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas