Agora MT Notícias Morre o dramaturgo, ator e jornalista Alexandre Ribondi
LUTO

Morre o dramaturgo, ator e jornalista Alexandre Ribondi

Artista escreveu e atuou em peças teatrais de temática LGBTQIA+

Imagem: cats 21 Morre o dramaturgo, ator e jornalista Alexandre Ribondi
Alexandre Ribondi – Foto: © Cultura/Gov.Br

Morreu neste sábado (10), em Brasília, aos 70 anos de idade, o artista Alexandre Ribondi, dramaturgo, diretor, ator, jornalista e sócio–fundador do Espaço Multicultural Casa dos Quatro, voltado à militância LGBTQIA+.

Em maio, Ribondi foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e, desde então, atravessou internações no Hospital de Base, Hospital das Clínicas de Ceilândia e no Hospital Regional da Asa Norte onde, às 14h06 deste sábado, teve a morte constatada.

Nascido no Espírito Santo, Ribondi desenvolveu sua carreira nos anos 1970, no Distrito Federal, escrevendo e atuando em peças teatrais de temática LGBTQIA+ como Filó Brasiliense (1975), Os Rapazes da Banda (1981), Crépe Suzette, o Beijo da Grapette (1980), Abigail é Mais Velha que Procópio (1986), No Verão de 62 (1985), A Última Vida de Um Gato (2002), Virilhas (2005), Felicidade (2015) e Mimosa (2018).

Foi também colaborador do jornal Lampião, publicação LGBTQIA+ de circulação nacional, e membro fundador do Grupo de Luta Homossexual Beijo Livre. Escreveu os romances, com a mesma temática, Na Companhia dos Homens e Da Vida dos Pássaros.

Ele participou da antologia latino-americana de contistas Now the Volcano, publicada por Gay Sunshine Press, EUA. Integrou ainda o Retratação (2021), coletivo de comunicadores e artistas, oferecendo produtos criativos e autorais, como produção, performances, consultorias, coberturas, fotografia e videografia.

Em nota, os sócios-fundadores da Casa dos Quatro descreveram a trajetória de seu mais ilustre integrante.

“Para quem, nascido em 12 de dezembro de 1952 em Mimoso do Sul (ES), jamais encontrou descanso, sua passagem é certamente o momento para tal. Em Brasília desde 1968, dias após a decretação do AI-5, Ribondi debutou no teatro aos 15 anos, dirigido por Laís Aderne. Sofreu a repressão da Ditadura na pele, ao ser preso, torturado e ter partido para o exílio na França. Tornou-se jornalista de Cultura nos jornais da cidade, como Correio Braziliense e Jornal de Brasília. Nos anos de chumbo, fundou a primeira organização de luta LGBTQIAPN+ da capital, o Grupo Homossexual Beijo Livre. Entre idas e vindas de e para Portugal, viveu dois casamentos longos. Tornou-se dramaturgo, autor, diretor, ator. Estava em plena atividade: conduzia duas oficinas na nossa Casa dos Quatro, para formação de atores, e uma no Sol Nascente (DF), de atuação para jovens LGBTQIAPN+”, diz o texto assinado por Elisa Mattos, Josias Silva, Luísa de Marillac, Morillo Carvalho, Rafael Salmona e Rui Miranda.

Também em nota oficial, o secretário de cultura e economia criativa do Distrito Federal, Bartolomeu Rodrigues, lamentou a partida do artista. “A cena cultural de Brasília perdeu um de seus maiores protagonistas. Autor, ator, produtor, empreendedor, Ribondi foi tudo e, ao mesmo tempo, um questionador de seu tempo, dando espaço ao debate e lançando luz na escuridão. Há exatamente um mês, recebeu da Secretaria de Cultura a Medalha Seu Teodoro, oferecida a personalidades engajadas na valorização e difusão das artes no Distrito Federal. Estava alegre, cheio de vida, nos abraçamos e rimos juntos. Era uma despedida, mas seu legado fica. E a luta também”, escreveu o secretário.

O velório de Alexandre Ribondi ocorrerá no Espaço Casa dos Quatro, neste domingo (11), de 12h às 15h. A local fica na 708 Norte, Bloco F loja 42, atrás do restaurante Xique-Xique. O artista deixa o irmão Ludovico e o sobrinho Alex, além de inúmero amigos, admiradores e discípulos.

Relacionadas

Suspeito por estupro de enteada é preso em flagrante pela Polícia Militar

Policiais militares prenderam um homem de 35 anos pelo crime de estupro. O suspeito foi preso em flagrante em Campo Verde-MT, na madrugada deste...

FGV divulga gabarito definitivo e resultado preliminar do concurso da Saúde

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou, na tarde desta quinta-feira (16), o gabarito definitivo e o resultado preliminar da prova objetiva do concurso da...

Polícia Civil prende homem condenado a 12 anos por estupro de vulnerável

A equipe da Delegacia de Feliz Natal cumpriu na sexta-feira (17) um mandado de prisão contra um homem de 65 anos, condenado a 12...

Lula demite Jean Paul Prates da presidência da Petrobras e indica Magda Chambriard

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comunicou nesta terça-feira (14) ao presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, a demissão dele do cargo....

Operação sequestra 13 veículos de alvos ligados a esquema criminoso liderado por preso em cadeia de MT

Nove veículos de pequeno porte, a maioria camionetes, e três caminhões estão entre os bens apreendidos pela Polícia Civil durante a Operação La Catedral,...

Prazo para convocação da lista de espera do Fies termina nesta sexta (17)

Termina nesta sexta-feira (17) o prazo para as convocações da lista de espera da seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre...

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Os devedores de até R$ 20 mil que ganhem até dois salários mínimos ou sejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo...

Godzilla e Kong: O Novo Império já está disponível nas plataformas digitais

Chegou hoje (13) às plataformas digitais o aguardado lançamento “Godzilla e Kong: O Novo Império”, para o deleite de fãs de ação e aventura....

Carne de frango ganha competitividade frente a outras proteínas animais

Enquanto a carne de frango registra pequena desvalorização em maio, em relação ao mês anterior, as carnes concorrentes apresentam altas nos preços – todas...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas