Agora MTDestaquesDetento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável
EXTENSA FICHA CRIMINAL

Detento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável

Ele foi surpreendido pelo atirador no momento em que chegava na residência do tio

FONTE
VIA
Imagem: Vitima morta na porta de casa Detento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável
Vítima morta na porta de casa – Foto: Messias Filho/AGORAMT

O detento Rodrigo da Silva Carvalho, 39 anos, que morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo, na manhã deste domingo (22), no bairro Serra Dourada, em Rondonópolis-MT tinha uma extensa ficha criminal. O homem morreu após sair da Mata Grande com o benefício da saída temporária.

Imagem: Peritos da Politec policiais civis e policiais militares trabalhando na cena do crime Detento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável
Peritos da Politec, policiais civis e policiais militares trabalhando na cena do crime – Foto: Messias Filho/AGORAMT

Conforme informações divulgadas pela Polícia Militar (PM), Rodrigo tinha passagens pelos crimes de estelionato, estupro de vulnerável,  estupro, roubo e receptação.

Imagem: Homicidio no bairro Serra Dourada Detento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável
Homicídio no bairro Serra Dourada – Foto: Messias Filho/AGORAMT

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), Rodrigo foi surpreendido pelo atirador no momento em que chegava na residência do tio, enquanto abria do portão da casa.

O atirador chegou em uma motocicleta Honda de cor escura trajando calça de cor escura, camiseta manga longa de cor azul e capacete preto. O indivíduo jogou o veículo ao solo e de posse de arma de fogo foi na direção do detento efetuando vários disparos na região da perna esquerda, abdômen, altura do pescoço e cabeça.

Imagem: DHPP no local do fato Detento executado em ‘saidinha’ temporária tinha passagem por estupro de vulnerável
DHPP no local do fato – Foto: Messias Filho/AGORAMT

Após os disparos, o indivíduo levantou a moto que estava no chão e saiu tomando rumo ignorado.

Uma equipe do SAMU esteve no local onde foi constatado a morte de Rodrigo.

O local do crime foi preservado até a chegada da Polícia Civil e Politec.

Relacionadas

Siga-nos