Agora MT Brasil Quase 130 mil filhos de imigrantes nasceram no Brasil em nove anos
DIREITOS HUMANOS

Quase 130 mil filhos de imigrantes nasceram no Brasil em nove anos

Maioria das mães é venezuelana e haitiana

Imagem: AAA Quase 130 mil filhos de imigrantes nasceram no Brasil em nove anos
– Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O fluxo de migrações internacionais para o Brasil, entre 2013 e 2022, resultou no nascimento de 129,8 mil crianças de mães imigrantes que chegaram ao país. O balanço foi apresentado nesta quarta-feira (6), durante seminário promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), que marca os 10 anos de criação do Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra), vinculado à pasta.

De acordo com o relatório, a evolução dos nascimentos de filhos de mães imigrantes se deslocou de nações da região do Cone Sul, como Bolívia e Paraguai, para países que viveram uma crise migratória nos últimos anos, especialmente Venezuela e Haiti. Em 2013, foram registradas mais de 8,5 mil crianças nascidas de mães imigrantes, a maioria bolivianas e paraguaias, seguidas por mulheres chinesas, que ficaram na terceira posição. Já em 2016, as mães haitianas superam as chinesas, situação que permanece até 2018. No ano seguinte, as venezuelanas passam a ocupar o primeiro posto, seguidas por haitianas e bolivianas.

O relatório aponta uma mudança significativa no perfil dos imigrantes que se dirigiram ao Brasil no período analisado, que passaram de países do Norte para o Sul Global, ao mesmo tempo que se intensificaram. Em 2022, a Polícia Federal (PF) registrou 1,2 milhão de registros de residência de longo termo e temporárias, dez vezes mais ao observado no início do período. Venezuelanos, haitianos, argentinos e colombianos se tornaram as principais nacionalidades a solicitarem residência, em detrimento de portugueses, espanhóis, alemães e italianos.

“Em 2013, a Polícia Federal registrou 105.094 solicitações de residência, sendo 67.535 de logo termo e 37.559 temporárias. Passados dez anos, o volume de registros de residência passou a 1,2 milhão, mais de dez vezes o observado no início do período analisado, sendo que a participação dos migrantes de longo termo passou de 64,2% para 80,8%, sugerindo que no projeto migratório dessas pessoas o Brasil figure como lugar escolhido para sua moradia”, diz o relatório.

Casamentos
Um dos dados do balanço é o número de casamentos envolvendo imigrantes. Ao todo, foram 66,3 mil casamentos, nos quais um dos cônjuges era imigrante. A união entre o homem imigrante e mulher brasileira respondeu por 59% do total de casos, enquanto entre um homem brasileiro com mulher imigrante somou 28,1% dos matrimônios registrados. Já o casamento em que ambos os cônjuges eram imigrantes somou 12,9%.

Mercado de trabalho
O número de imigrantes no mercado formal de trabalho passou de cerca de 90 mil, em 2013, para 200 mil em 2022, segundo o relatório. As principais nacionalidades são venezuelanas, haitianas e paraguaias.

As principais áreas de inserção são o setor agronegócios, em linhas de produção de frigoríficos, seguidas por construção civil e setor de alimentação.

Refúgio
O relatório do OBMigra também traz um balanço sobre as solicitações de reconhecimento da condição de refugiado apresentado à Polícia Federal, que evoluiu tanto em números, quanto no perfil dos solicitantes. Em 2013, o número de solicitações foi um pouco inferior a 6 mil pedidos, destacando-se, pela ordem, as nacionalidades bengali, haitiana e senegalesa. Nos dois anos seguintes, os sírios surgiram com alguma relevância e, em 2016, a crise humanitária na Venezuela fez explodir o fluxo migratório para o Brasil.

No mesmo ano, cubanos e angolanos também apareceram na lista das principais nacionalidades em pedidos de refúgio. Na série histórica analisada, foram 210.052 solicitações de refúgio de venezuelanos, 38.884 de haitianos, 17.855 de cubanos e 11.238 de angolanos.

Em 2013, as mulheres contribuíam com somente 10,5% das solicitações. Já em 2022, no total da série histórica, a participação feminina alcançou 40% dos pedidos, sendo que entre venezuelanas e cubanas os percentuais ficaram acima da média, 45,9% e 46,8%, respectivamente, segundo o relatório.

Relacionadas

Menino de 12 anos é atropelado após sair de casa escondido para andar de bicicleta

Um menino de 12 anos ficou ferido após ser atropelado por uma moto ao tentar atravessar a MT-480, na noite desta terça-feira (28), em...

Seduc seleciona redações de estudantes finalistas do Programa Jovem Senador

A banca examinadora do Programa Jovem Senador 2024, na Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc), já selecionou as três redações finalistas...

Força Tática prende foragido acusado de executar empresário em camelódromo de Rondonópolis

Um homem identificado como Clarisvaldo de Morais Freitas, 31 anos, foi preso pela Força Tática, em cumprimento a um mandado de prisão pelo crime...

PRF apreende 200 kg de drogas em caminhão que seguia com faróis apagados na BR-070

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 200 kg de drogas na manhã da última quarta-feira (22), na BR-070, nas proximidades do KM...

PF realiza operação para esclarecer real identidade de mulher acusada de apropriar-se da identidade de outra

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, (24/5), em Rondonópolis-MT, a Operação Em Busca da Verdade, com o objetivo de esclarecer a real identidade de...

Motorista suspeito de atropelar crianças é preso em flagrante pela Polícia Militar

Policiais militares do 13º Batalhão prenderam em flagrante, na noite do último domingo (26), um motorista suspeito de atropelar duas crianças, de 12 e...

Suspeitos de ajudarem na fuga de assassino de sargento trocam tiros com a polícia e acabam mortos

Três suspeitos de ajudarem na fuga do assassino do sargento da Polícia Militar, Odenil Alves Pedroso, de 47 anos, morreram em um confronto com...

Durante patrulhamento, polícia prende suspeito e apreende drogas e balança de precisão

A equipe da Força Tática apreendeu nesta quarta-feira (29) um suspeito por tráfico de drogas no bairro Jardim Reis, em Rondonópolis-MT. Ele já tinha...

Trio investigado por furtar cargas de grãos de fazenda é condenado a 38 anos de prisão

Três investigados na Operação Grãos de Ouro, da Delegacia da Polícia Civil de Alto Taquari, foram condenados na última semana a 38 anos de...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas