Agora MT Destaques Derf quebra esquema de organização criminosa que movimentava mercado clandestino na Mata...
MERCADO PARALELO

Derf quebra esquema de organização criminosa que movimentava mercado clandestino na Mata Grande

A investigação apurou que dois presos da Penitenciária Mata Grande comandavam o tráfico de drogas e controlavam o fluxo de dinheiro destinado ao presídio

Fonte: PJC

Imagem: derf Derf quebra esquema de organização criminosa que movimentava mercado clandestino na Mata Grande
Materiais apreendidos – Foto: Derf

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis cumpriu 11 mandados de buscas e apreensões na Operação Mercado Paralelo, que investiga a lavagem de dinheiro para uma organização criminosa realizada a partir de um mercadinho no interior de uma unidade prisional.

Um dos alvos principais da operação é a companheira de um dos presos reclusos na Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, em Rondonópolis, que atuava na movimentação bancária dos valores arrecadados no tráfico operado por detentos dentro da penitenciária. Ela foi detida em flagrante em sua residência com drogas que levaria para a unidade prisional.

A investigação conduzida pela Derf de Rondonópolis começou em 2020 para apurar a atuação de um grupo nos crimes de tráfico, associação e integração de organização criminosa. A partir das diligências empregadas na coleta de informações, a Polícia Civil identificou entre os investigados, dois deles, detidos na Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, que comandavam o tráfico de drogas e controlavam o fluxo de dinheiro destinado ao presídio, caracterizando possível crime de lavagem de dinheiro.

A Polícia Civil apurou que os valores arrecadados com o tráfico de drogas custeavam um mercadinho clandestino na unidade de detenção. Diálogos mantidos entre a investigada e seu companheiro, preso por homicídio, mostram que a mulher era instruída a fazer depósitos de valores em diversas contas bancárias que depois eram sacados para que os presos beneficiados pudessem fazer compras no mercado oficial da penitenciária e depois criar um mercado paralelo onde os produtos são revendidos com preços muito acima dos praticados.

No período investigado, ela chegou a ser detida em flagrante, em 2020, com mais de cinco mil reais e negou que o valor fosse oriundo do comércio de entorpecentes. A investigada disse ainda que o marido era responsável pelo mercado paralelo existente no Raio 2 da penitenciária regional e que levava, toda semana, em torno de R$ 5 mil destinados a cinco presos.

A Derf de Rondonópolis cumpriu mandados de buscas e afastamento de sigilos bancários, deferidos pelo juízo da 5ª Vara Criminal do município. As ordens judiciais tiveram como alvos dois presos detidos na penitenciária regional e suas respectivas companheiras.

A ação integra a Operação Erga Omnes, do planejamento estadual da Polícia Civil de Mato Grosso para combate a organizações criminosas.

 

 

Relacionadas

Médicos recomendam seis vacinas a afetados por enchentes no RS, mas duas estão em falta

Das seis vacinas recomendadas por médicos para os afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul — Covid-19, influenza, hepatite A, tétano e raiva,...

El Niño causa rachaduras nas geleiras da cordilheira dos Andes

O El Niño, fenômeno natural caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do Pacífico, está causando efeitos extremos em diversas partes do mundo, como na...

Polícia Militar prende homem por violência doméstica após ele ameaçar ex-namorada e adolescente

Policiais militares do 3º Batalhão prenderam, na noite do último domingo (12), um homem de 39 anos, suspeito por violência doméstica, tráfico ilícito de...

Polícia Civil resgata mãe e três crianças que viviam sob violência doméstica e maus-tratos

Uma mãe e seus três filhos, todos ainda na primeira infância, foram resgatados pela equipe da Delegacia de Poconé, nesta segunda-feira (13) no Distrito...

Motociclista tem afundamento de crânio e fica em estado grave após colisão entre carro e moto no Residencial Buriti

Um grave acidente foi registrado na tarde desta segunda-feira (13), no Residencial Buriti, em Rondonópolis-MT. Um motociclista de 47 anos ficou ferido após uma...

‘Corpos boiando, de crianças e adultos’, diz moradora do RS que teve casa tomada pela água

“Onde eu moro, na Vicentina, muitos corpos boiando, de crianças e adultos. Casas que não foram abertas para não ter os corpos perdidos. Amigos...

Sine-MT disponibiliza mais de 2,7 mil vagas de emprego nesta semana

O Sistema Nacional de Emprego de Mato Grosso (Sine-MT), vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), disponibiliza nesta semana 2.722...

Operação Lei Seca faz prisões por embriaguez, dívida de pensão alimentícia e tráfico de drogas

Na madrugada deste sábado (18), as forças policiais realizaram a 22ª Operação Lei Seca deste ano na cidade de Várzea Grande-MT. As abordagens veiculares...

Idosa de 62 anos é encontrada morta em residência no Jardim Ipanema

Uma idosa de 62 anos, identificada como Adeval Souza de Lara, foi encontrada morta na manhã deste domingo (19), na residência em que morava...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas