Agora MT Brasil Governo prevê queda no preço dos alimentos no primeiro semestre, diz ministro...
ECONOMIA

Governo prevê queda no preço dos alimentos no primeiro semestre, diz ministro da Agricultura

Carlos Fávaro afirmou na semana passada que valores menores deveriam chegar aos consumidores em abril

Fonte: R7

Imagem: FAVARO Governo prevê queda no preço dos alimentos no primeiro semestre, diz ministro da Agricultura
Fávaro tinha previsto para abril queda no preço do arroz – Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, afirmou nesta quinta-feira (20) que a área econômica do governo federal prevê deflação no preço dos alimentos no primeiro semestre de 2024. A declaração foi dada antes de encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com produtores de frutas, na Granja do Torto, do qual Fávaro também participará.

Ao citar o arroz, item que teve aumento no preço nos últimos meses, o ministro destacou que o custo aos produtores já foi reduzido. Fávaro afirmou, contudo, não ter “bola de cristal” para saber quando os valores menores serão repassados ao consumidor final. A alta do preço dos alimentos refletiu na popularidade de Lula e levou o presidente a convocar uma reunião ministerial, na última segunda-feira (18).

No entanto, na semana passada, depois de reunião com Lula para discutir a pauta, o ministro tinha previsto que o valor do arroz começaria a ser reduzido nos supermercados a partir de abril. No mês passado, itens como cenoura (43,85%), batata-inglesa (29,45%), feijão-carioca (9,70%), arroz (6,39%) e frutas (5,07%) influenciaram a manutenção da inflação em patamares elevados. Os resultados levaram o Executivo a traçar planos de ação e, na última semana, o presidente fez duas reuniões para discutir o preço dos alimentos — na segunda (11) e na quinta-feira (14).

Fávaro declarou que este encontro de Lula com fruticultores não vai discutir a alta dos preços dos alimentos. Trata-se, segundo o titular, de uma aproximação do governo com o setor agropecuário. O presidente já se reuniu com produtores de carne e planeja convidar, nas próximas semanas, representantes do café, algodão, floresta plantada e bioinsumos para confraternizações.

Na visão do ministro, a movimentação do Executivo em torno de aprimorar o relacionamento com o agronegócio já tem gerado frutos, embora não seja uma “paixão terrível”. A avaliação de Fávaro é que o cenário é melhor do que as condições encontradas por Lula no início do ano passado.

Na semana passada, Fávaro declarou que o preço do arroz já caiu para os produtores, mas só deve baixar para o consumidor quando os supermercados comprarem uma nova safra. “Ele [supermercado] tem de acabar esse estoque para comprar a nova safra. Que esse processo seja o mais rápido possível. De março para abril, já começa a cair”, afirmou.

“Os preços aos produtores já desceram de R$ 120 para R$ 100 a saca. O que esperamos que se transfira, essa baixa dos preços, que os atacadistas abaixem também nas gôndolas do supermercado, que é onde as pessoas compram”, completou Fávaro.

Relacionadas

Brasil registrou maior número de desastres naturais em 2023, com 1.161 ocorrências

O Brasil bateu recorde de ocorrência de desastres hidrológicos e geohidrológicos em 2023, com 1.161 eventos, segundo um estudo produzido pelo Cemaden (Centro Nacional...

Pantanal terá equipes exclusivas, com avião e 49 bombeiros e brigadistas, para combater incêndios

O Governo do Estado vai disponibilizar um avião e 49 bombeiros e brigadistas fixos na região do Pantanal mato-grossense para o combate de incêndios...

Carretas com doações de Rondonópolis chegam à central de recebimento no Rio Grande do Sul

As 15 carretas carregadas de doações que saíram de Rondonópolis na última sexta-feira (10) acabam de chegar à central de recebimento de doações em...

Interessados em promover atividades educativas e culturais na ‘Viradinha Sustentável’ podem se inscrever até 23 de maio

Organizações da sociedade civil, instituições educacionais, redes de cooperação e grupos artísticos podem se inscrever, até o dia 23 de maio, para participar da...

Senado adia votação de projeto que prevê adaptação do país às mudanças climáticas

O plenário do Senado adiou a votação do projeto de lei que determina regras para a formulação de planos de adaptação às mudanças climáticas,...

Lago Guaíba pode chegar ao nível mais alto da história nesta terça, e temperatura cai 7°C no RS

O nível do lago Guaíba, principal curso d’água da Grande Porto Alegre, pode passar de 5,4 metros nesta terça-feira (14). O recorde é de...

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Os devedores de até R$ 20 mil que ganhem até dois salários mínimos ou sejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo...

Presidente de Sindicato destaca conquista de agentes comunitários de saúde com Marco Regulatório

O presidente do Sindicato Regional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate à Endemias da Região Leste de Mato Grosso (SINDACSE-MT),...

Jovem rouba ventilador de loja no Centro da cidade e ameaça funcionários com pedra

Um jovem de 26 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (16) após roubar um ventilador de uma loja, no Centro de Rondonópolis-MT, e...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas