Agora MT Brasil Remédios devem ficar 4,5% mais caros a partir de abril
REAJUSTE ANUAL

Remédios devem ficar 4,5% mais caros a partir de abril

A estimativa é do Sindusfarma e se baseia no cálculo definido todos os anos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos

Fonte: R7

Imagem: Medicamentos Remédios devem ficar 4,5% mais caros a partir de abril
Remédios terão reajuste de 4,5% – Foto: Reprodução

O preço dos remédios deve ficar 4,5% mais caros a partir de abril. O reajuste anual dos medicamentos deve repor a inflação, segundo estimativa da Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos). O cálculo é baseado no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), a inflação oficial, do período de março de 2023 a fevereiro de 2024.

O índice de reajuste anual dos medicamentos se baseia na fórmula de cálculo elaborada pela CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos), ligada à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O governo federal ainda dará o aval ao índice de reajuste até o fim desta semana. O aumento atinge 13 mil produtos.

O setor farmacêutico é submetido ao controle de preços. Somente uma vez por ano as indústrias farmacêuticas estão autorizadas a reajustar os preços de seus produtos, para compensar os aumentos de custo de produção acumulados nos 12 meses anteriores.

De 2014 a 2024, a inflação geral (IPCA) somou 77,5% ante uma variação de preços dos medicamentos de 72,7%.

“Os medicamentos têm um dos mais previsíveis e estáveis comportamentos de preço da economia brasileira”, afirma Nelson Mussolini, presidente executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos.

“Num ambiente altamente competitivo, a concorrência regula os preços; por isso, os produtos das classes terapêuticas com grande diversidade de marcas poderiam ser liberados do controle de preços, como já acontece com os medicamentos isentos de prescrição”, acrescenta.

Relacionadas

Polícia Civil prende autor de homicídio de vítima morta na frente dos filhos

Policiais da Delegacia de Diamantino cumpriram nesta quinta-feira (18) um mandado de prisão temporária contra o autor de um homicídio ocorrido em novembro passado,...

Governo cria sistema de emissão de carteira nacional da pessoa com TEA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, nesta quarta-feira (17), decreto que cria o Sistema Nacional de Cadastro da Pessoa com Transtorno do...

“Figurinha carimbada” é preso após invadir loja, ameaçar proprietário e mostrar órgão genital para funcionárias e clientes

Um homem de 37 anos foi preso pelo Grupo de Apoio (GAP) da Polícia Militar (PM), pelo crime de importunação sexual, nesta terça-feira (16),...

Justiça condena empresa a pagar R$ 10 mil por adiar show de Taylor Swift minutos antes

O 4º Juizado Especial Cível de Brasília condenou a T4F Entretenimento S/A, responsável por organizar os shows da Taylor Swift no país, a indenizar...

Mercado de cassino online brasileiro amadurece

Há 5 anos que os brasileiros se acostumaram a jogar nas plataformas de cassino online. Aos poucos, o mercado de iGaming brasileiro vem se...

Mato Grosso tem mais de 3,4 mil vagas de emprego disponíveis nesta semana

Auxiliar de linha de produção, engenheiro civil, engenheiro eletricista, babá, desossador, operador de caixa, técnico em edificações, torneiro mecânico e editor de imagem são...

Polícia Militar apreende mais de 1,2 tonelada de drogas em Mato Grosso em 15 dias

A Polícia Militar de Mato Grosso retirou de circulação mais de 1,2 tonelada de entorpecentes nos últimos 15 dias em todo o estado. As...

‘Eles que elejam o presidente que quiserem’, afirma Lula sobre eleições na Venezuela

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta sexta-feira (19), que não vê motivos para brigar com a Venezuela, com a Nicarágua e...

Homem é preso suspeito de mostrar órgão genital para moradores do bairro Santo Antônio

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM), suspeito de mostrar o órgão genital para moradores, na rua Bartira, no bairro Santo Antônio, na...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas