Agora MT Destaques Polícia Civil prende casal alvo de denúncia de venda de carteiras de...
CRIME DE ESTELIONATO

Polícia Civil prende casal alvo de denúncia de venda de carteiras de estudantes falsas

Suspeitos foram flagrados em frente a uma escola no momento em que comercializavam os documentos

Fonte: PJC-MT

Imagem: POLICIA CIVIL Polícia Civil prende casal alvo de denúncia de venda de carteiras de estudantes falsas
Polícia Civil – Foto: Reprodução/PJC

Um casal foi preso em flagrante pela Polícia Civil ao vender carteiras de estudante falsas, na última sexta-feira (05), em ação realizada pela equipe policial da 1ª Delegacia de Polícia de Sinop-MT. A mulher de 24 anos e o homem de 46 anos foram detidos em frente a uma escola da cidade, no momento em que realizavam a venda das carteiras falsas e foram autuados em flagrante por crime de estelionato.

As diligências iniciaram após a equipe da 1ª Delegacia de Polícia receber denúncias de que uma mulher estava no interior da escola, fazendo o cadastro de alunos e recebendo valores dos estudantes.

Ao ser abordado pelos policiais, o suspeito se apresentou como coordenador do Diretório Nacional dos Estudantes e se recusou a acompanhar os policiais até a delegacia para prestar esclarecimentos de forma espontânea. Após situação de resistência, ameaça e desacato, foi necessário conter o casal, que foi algemado e conduzido à Central de Flagrantes.

Com eles, foi apreendida uma máquina de impressão de cartões utilizada para a confecção das supostas carteirinhas estudantis. Após interrogatório, foi lavrado o flagrante contra os suspeitos por crime de estelionato.

O delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia de Sinop, Ugo Mendonça Reck, que está à frente das investigações, destacou que um esquema semelhante já foi alvo de investigação anterior da Polícia Civil, nos municípios de Cáceres e Sinop. “O suspeito já foi alvo de investigação solicitada pelo Ministério Público e a partir de agora vamos dar continuidade à apuração dos fatos”, disse.

Após lavrado o flagrante, o casal foi encaminhado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Relacionadas

Homem é preso após invadir e furtar loja de roupas em Rondonópolis

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM) suspeito de invadir e furtar uma loja de roupas, na avenida Dom Pedro 2, bairro Jardim...

SES realiza Semana Mato-Grossense de Doação, Proteção e Sensibilização da Amamentação

Em maio é celebrado o dia mundial de sensibilização do método ‘canguru’, de doação de leite humano e da proteção à amamentação. Para celebrar...

Sortudos de Rondonópolis faturam quase R$ 5 milhões na Dupla Sena

Quatro apostadores sortudos faturaram R$ 4,8 milhões no prêmio principal da Dupla Sena em um bolão feito em uma lotérica no bairro Pedra 90,...

Operação Lei Seca prende 12 condutores por embriaguez ao volante

A Operação Lei Seca realizada em Cuiabá, na madrugada deste domingo (19), prendeu 12 condutores por embriaguez ao volante. Em uma das prisões, um...

Governo suspende leilão para compra de 104 mil toneladas de arroz

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) suspendeu o leilão de compra de 104 mil toneladas de arroz beneficiado polido, previsto para ocorrer nesta terça-feira...

Corpo de jovem desaparecido é encontrado com marcas de tiros nas costas na BR-364

O corpo de um homem identificado como Allerandro Gomes de Lima, 20 anos, foi encontrado na tarde deste sábado (25), no KM-187, na BR-364,...

Por unanimidade, TSE absolve Moro e não cassa mandato do senador

De forma unânime, os sete ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiram absolver e não cassar o mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR)....

Câmara Municipal deve votar Plano Diretor de Rondonópolis em junho

A Câmara Municipal de Rondonópolis deve retomar no próximo mês de junho as discussões referentes ao Plano Diretor. De acordo com o presidente Júnior Mendonça...

Em 11 anos, governo investe R$ 9,5 bi contra desastres naturais, mas perdas chegam a R$ 639 bi

Os desastres naturais que aconteceram no Brasil entre 2013 e 2023 causaram prejuízos de R$ 639,4 bilhões às cidades brasileiras, segundo o presidente da...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas