Agora MT Brasil Julgamento da cassação do mandato de Moro começa nesta quinta no TSE
PROCESSOS

Julgamento da cassação do mandato de Moro começa nesta quinta no TSE

Processos apontam abuso de poder econômico, uso de caixa dois e utilização indevida de meios de comunicação em pré-campanha

Fonte: R7

Imagem: sergio moro Julgamento da cassação do mandato de Moro começa nesta quinta no TSE
Sergio Moro – Foto: Reprodução

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) começa a julgar nesta quinta-feira (16) ações que pedem a cassação do senador Sergio Moro (União Brasil-PR). O tribunal também reservou mais um dia para a conclusão do julgamento de Moro, em 21 de maio. Os processos, analisados em conjunto, apontam abuso de poder econômico, uso de caixa dois e utilização indevida de meios de comunicação durante a pré-campanha eleitoral de 2022.

Na prática, o julgamento iniciará com a leitura do relatório. Depois, as defesas de Moro e de acusação se manifestam. Na sequência, o Ministério Público Federal apresenta parecer e o julgamento prossegue com o voto do relator. Em seguida votam os demais ministros.

O julgamento de Moro no TSE abrirá precedente sobre a atuação da Justiça Eleitoral quando houver gastos de candidatos no período anterior à campanha eleitoral.

Na semana passada, o relator, ministro Floriano Marques, liberou para julgamento os recursos apresentados contra a decisão do TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná) que rejeitou a cassação do mandato do senador no último dia 9 de abril.

Um dos recursos contra a decisão do TRE-PR foi apresentado pela Federação Brasil da Esperança (formada pelo PT, PV e PCdoB) e aponta equívocos cometidos na análise das provas dos autos pelo desembargador Luciano Falavinha. A federação diz que a corrida eleitoral de Moro foi impulsionada com abuso de poder econômico.

O advogado da federação, Luiz Eduardo Peccinin, diz que a decisão do TRE-PR toma premissas equivocadas para desconsiderar quase integralmente o dinheiro gasto por Moro. “Mais, divide a pré-campanha de Moro ignorando que o próprio senador confessou publicamente que empreendia um ‘projeto nacional’ que naufragou e, portanto, assumiu os riscos de gastar como um candidato a presidente e violar a paridade de armas eleitoral”.

No dia 7 de maio, a Procuradoria-Geral Eleitoral defendeu a rejeição dos recursos. O documento tem 72 páginas e é assinado pelo vice-procurador-geral Eleitoral, Alexandre Espinosa Bravo Barbosa.

No texto, Barbosa afirma que as condutas de Moro estão amparadas na Lei das Eleições, que possibilita a antecipação do debate político, mesmo fora do período eleitoral. O procurador também aponta uma ausência de provas para comprovar suposta conduta ilícita do senador.

 

Relacionadas

Homens presos por entregarem doces que causaram intoxicação pegaram os produtos no descarte de uma loja

Dois homens responsáveis por entregar guloseimas fora de condições de consumo e que resultaram na intoxicação de cerca de 15 crianças no município de...

TCU analisa contas de Lula referentes a 2023 em 12 de junho

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai apreciar, na sessão da próxima quarta-feira (12), às 10h, as contas do presidente da República, Luiz...

Dívidas de famílias chegam a 78,8% e atingem maior nível desde novembro de 2022

O percentual de famílias endividadas no Brasil subiu pelo terceiro mês consecutivo e atingiu 78,8% em maio deste ano. Em abril, a taxa era...

Motorista é preso em flagrante por transportar 210 tabletes de maconha em veículo na MT-010

Policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizada (GCCO) apreenderam na manhã deste sábado (08), em Cuiabá-MT, 210 tabletes de maconha que estavam sendo...

Maíra Cardi revela ter feito “limpa” no Instagram de Thiago Nigro

A influenciadora digital Maíra Cardi, revelou em entrevista ao PodCats que fez uma “limpa”, no Instagram de Thiago Nigro, seu marido. De acordo com a...

Alunos são hospitalizados com intoxicação após aceitarem doces em ponto de ônibus em MT

Cerca de 16 alunos de uma escola municipal foram intoxicados após aceitarem doces de dois casais, em um ponto de ônibus, nesta quinta-feira (6),...

Operação de combate à exploração sexual infantojuvenil apurou 250 denúncias e efetuou 146 prisões em MT

A Operação Nacional Caminhos Seguros, deflagrada no mês de maio em Mato Grosso, alcançou 29 mil pessoas com ações orientativas no combate à exploração...

Homem de 52 anos é encontrado morto ao lado de motocicleta no bairro Novo Horizonte

Um homem de 52 anos, identificado como Estevão Inácio Gomes, foi encontrado morto ao lado de uma motocicleta na noite da última sexta-feira (07),...

Sábado é Dia D de vacinação contra poliomielite para menores de 5 anos

Crianças menores de 5 anos devem comparecer aos postos de saúde de todo o país neste sábado (8) para o Dia D de vacinação...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas