Agora MT Mato Grosso Procon-MT monitora supermercados para coibir abusos no preço de produtos após enchentes...
FISCALIZAÇÃO

Procon-MT monitora supermercados para coibir abusos no preço de produtos após enchentes no RS

Fiscalização iniciou na terça (14) e deve prosseguir até junho; arroz é o principal produto monitorado

Fonte: SECOM-MT

Imagem: arroz procon Procon-MT monitora supermercados para coibir abusos no preço de produtos após enchentes no RS
Consumidor pode denunciar aumento injustificado de preços ao Procon-MT – Foto: Guilherme Aires/Setasc-MT

Com o objetivo de coibir abusos e aumentos injustificados, a Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT), vinculada à Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), está monitorando o preço do arroz e de outros produtos, após as enchentes que afetaram o Rio Grande do Sul na última semana.

Segundo o coordenador de Fiscalização, Controle e Monitoramento de Mercado do Procon Estadual, Ivo Vinícius Firmo, o acompanhamento dos preços iniciou na terça-feira (14), com base em informações do aplicativo Nota MT, da Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Inicialmente, foram coletados os preços do arroz, cobrados nos últimos dias em estabelecimentos de Mato Grosso, especialmente de Cuiabá. A partir desta quarta-feira (15), o Procon Estadual inicia a coleta de preços nas gôndolas de mercados e supermercados na Capital.

O monitoramento será realizado em princípio até junho, para verificar a oscilação do preço do arroz e outros produtos. A intenção é construir um banco de dados sobre os valores de venda ao consumidor das principais marcas e apresentações do produto.

“Com a enchente no Rio Grande do Sul, parece que estão sendo divulgadas notícias falsas e fake news, colocando pânico na população. O objetivo do Procon é monitorar para coibir qualquer tipo de abuso por parte de fornecedores que queiram se aproveitar da situação para aumentar de forma injustificada o preço de algum tipo de produto”, informa Ivo Firmo.

O aumento injustificado dos preços dos bens de consumo essenciais, aproveitando-se das enchentes, em qualquer localidade, e dos problemas por elas gerados, é uma prática abusiva, condenada pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). O código, explica o coordenador de Fiscalização, proíbe ao fornecedor exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva ou elevar, sem justa causa, o preço de produtos ou serviços.

A secretária adjunta do Procon-MT, Cristiane Vaz, enfatiza que os produtores e as principais entidades ligadas ao varejo, como a Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), já informaram que não há escassez de arroz e não tem falta do produto no mercado.

“O Procon Estadual estará monitorando os preços e as condutas do mercado de consumo e não permitirá nenhuma prática abusiva, sob o artifício de crise no Sul do país. É inadmissível tentar tirar vantagem da população em um momento como este”, alerta Cristiane.

Denúncias

Caso deseje denunciar aumento injustificado de preços de produtos, o consumidor pode entrar em contato com o Procon Estadual pelo WhatsApp (65) 3613-2100 ou pelo e-mail [email protected].

Relacionadas

Suspeito que fazia ‘delivery’ de drogas em Rondonópolis é preso pela Força Tática

Um homem de 26 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar por tráfico ilícito de drogas, na manhã desta quarta-feira (05), em Rondonópolis-MT....

Pátio e Marchiane ‘trocam farpas’ após prefeito não concordar com posicionamento político da empresária

O posicionamento político declarado pela empresária e presidente da Associação Comercial e Industrial de Rondonópolis (Acir), Marchiane Fritzen (UB), não parece ter agradado muito...

PRF apreende carro furtado recheado com maconha em Rondonópolis

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 716 kg de maconha, durante fiscalização de rotina, na manhã desta segunda-feira (10), na BR-163, em Rondonópolis-MT. A...

Homem é preso após furtar bebidas de conveniência em Rondonópolis

Um homem de 21 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) suspeito de furtar bebidas de uma conveniência, na noite desta segunda-feira (10), no...

Jovem de 18 anos é assassinada a tiros e corpo é encontrado às margens de rio

Uma jovem de 18 anos, identificada como Emilly Ketllen Candido dos Santos, morreu na tarde do último sábado (08) após ser atingida por disparos...

Presidente do Solidariedade e mais 6 são alvos da PF por suposto desvio de R$ 36 milhões

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quarta-feira (12) contra o presidente nacional do partido Solidariedade, Eurípedes Júnior, por suspeita de desvio...

Cesta básica inicia junho com forte alta no preço

O Balanço Semanal da Cesta Básica, realizado pelo Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), divulgou o índice do mantimento para...

Defesa Civil promove cursos de voluntário e radiocomunicação em desastres em Rondonópolis

A Defesa Civil de Mato Grosso promove, nos dias 18 e 20 de junho, os cursos de radiocomunicação em desastres e de voluntário de...

Prefeito decreta luto oficial pela morte do jornalista Mário Marques de Almeida

O prefeito José Carlos do Pátio e a primeira dama, Neuma de Moraes, bastante consternados com a triste notícia da morte do veterano jornalista...

Especiais

Últimas

Editoriais

Siga-nos

Mais Lidas